Google+ Estórias Do Mundo: Te Quero

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Te Quero

, em Natal - RN, Brasil


Eu te quero. Eu realmente te quero. Eu te quero no cinema assistindo filmes franceses ou comédias pastelão, no teatro rindo de Shakespeare ou surpreendido por Jabor, no restaurante comendo comida chinesa ou feijão com arroz, no parque exposto ao sol ou procurando uma sombra, no bar tomando água ou absinto e no meu quarto folheando meus livros ou deitado na cama.
Eu te quero e como te quero. Eu te quero na minha cama com o pau em riste ou dormindo abraçado ao meu travesseiro, no meu abraço deitado no meu peito ou caminhando ao meu lado, entre meus amigos, conversando com eles, ou mesmo em um silêncio antipático. Eu te quero num almoço no intervalo do trabalho ou numa casa de praia, numa livraria ou numa banca de jornal, te quero nos meus dias e nas minhas fantasias.
Eu te quero, eu realmente te quero. E te quero no cheiro da minha pele ou tomando banho comigo, no meu sonho na noite escura ou numa praia em um dia ensolarado, te quero na nota e no contratempo, na xanana e na açucena, te quero de ônibus e no teu carro, quando te vejo sorrir ou quando você ficar sério, te quero preocupado ou infantil. Eu te quero gordo, musculoso, magrelo ou esbelto, eu realmente te quero, menino bonito.

29 comentários:

  1. Eu te quero escrevendo assim sempre!
    E, se possível, vivendo também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AI que lindo esse comentário do Edu... Resume tudo na vida!!!

      Excluir
    2. É tão bom saber que vocês torcem tanto por mim. Realmente me ajuda a continuar.

      Excluir
  2. Lindo. Concordo com o comentário acima, que possamos ler muito esse sentimento aqui.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Que texto mais lindo! Será que algum dia eu conseguirei me expressar desse jeito? Melhor ainda que a tag anda pela realidade, né! Pra ser perfeito só a pessoa a quem foi dedicado pensar exatamente assim. Faço fé!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, Adriano, este sentimento é totalmente unilateral. Não existe possibilidade, nem existirá, de que ele possa ser correspondido. Infelizmente não é possível.
      =(

      Excluir
  4. Gosto gosto gosto. Mas fiquei triste por saber, através do comentário acima, que o sentimento é unilateral =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, ele gosta de outra pessoa, eu gosto dele, e a quadrilha de Drummond continua...

      Excluir
  5. Uau. Sumo por umas semanas e encontro isto! Unilateral ou não, alimenta a nossa alma.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita coisa tem acontecido, meu querido, muita mesmo, não suma de novo não que vc vai chegar aqui e se surpreender...
      =)

      Excluir
  6. Realmente são palavras apaixonantes...

    Na mesma torcida que o Gato e o Edu! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eita, voltou? ou resolveu só comentar?

      brigado pela torcida, meu querido amigo.

      Excluir
  7. Vou tomar as palavras do Eduardo (acima), mesmo sem pedir licença:
    "Eu te quero escrevendo assim sempre!
    E, se possível, vivendo também."

    Um querer intenso, mesmo que seja unilateral e jamais consubstanciado em algo real, nos faz maiores e melhores. Ainda que possa nos fazer sofrer um pouco.
    É a vida que pulsa!

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sofro, Alex, pra mim só me faz bem, adoraria que pudesse ser correspondido e eu pudesse ter uma estória de verdade, finalmente, mas isto é impossível, então eu aproveito o que posso ter, o sentimento que surge dentro de mim e por um instante me torna maior e melhor.

      Excluir
  8. belas palavras e belo sentimento.
    tudo de bom pra você!

    ResponderExcluir
  9. Você se dá conta? do quão grandioso e belo é esse seu pensamento:
    “então eu aproveito o que posso ter, o sentimento que surge dentro de mim e por um instante me torna maior e melhor.”
    Isso é a vida na plenitude, sem questionar o que poderia ser, mas sentindo o que é, o que sou. Aqui, agora, sempre.
    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Alex, me dou conta, e é como eu vivo, quando há algo o que viver.

      Excluir
  10. Aí é o mais completo "vem ni mim, gostoso". kkkk

    Mostra esse texto pro candidato que ele cai na rede antes de chegar na última linha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem certeza, Caio? Eu tive vontade de mostrar, mas fiquei com medo dele correr léguas de distância antes de terminar o primeiro parágrafo... não acha possível?

      Excluir
  11. Adoro seus textos e os comentários... Acho lindo as pessoas ficarem do seu lado porém por outro lado fico pensando como você deve se sentir porque afinal o apoio aqui é virtual por mais que massageei a sua alma e te de combustível ele nao é duradouro e muitas vezes agente esquece dele e quando volta reavive. Poderia até usar aquela frase "querer não é poder" porém não vou fazer uso dela afinal não tem nada haver... talvez pela minha interpretação isso que voce sente é o que eu chamo de amor sublime aquele que você ama sem perceber , gosta porque sente e se eu puder e você me ouvir recomendo um filme que talvez lhe ajude (Acho que ninguém nunca indico um filme ) embora o livro seja melhor veja o filme One day (um dia ) Link do trailler se interessar http://www.youtube.com/watch?v=Noshw3upFw4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado pela dica, Thomas, vou procurar o filme para vê-lo, ou talvez o livro...
      e, não, eu não amo sem perceber, eu percebo, ele tb percebe, tenho certeza; mas ele ama outro...

      Excluir
  12. Também te quero, Foxx... hhahahahahaha! Adorei a vibe! Que perdure!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk
      quem acredita no que dizem os homens bonitos que os comprem...
      kkkkkkkk

      Excluir
  13. Foxx:

    Lindo ver surgir algo tão poético e com tanto sentimento.

    Linda semana. Amei o texto, quero mtooo esta felicidade pra vc.

    Beijo seufofo.

    ResponderExcluir
  14. gente, eu fiquei um tempo ausente e entro e vejo isso de cara... sorte ter começado de baixo.. agora vou subindo..

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway