Google+ Estórias Do Mundo

terça-feira, 28 de junho de 2016

Mudanças Totais e Completas

, em Natal, RN, Brasil
Três meses sem nenhuma postagem. Três meses sem ter o que falar.
Acho que isso passa pela cabeça de todo blogayro quando a gente fica meses em nem aparecer no blog: será hora de fechar? Será hora de apagar todos estes textos, todas estas estórias, todas esses momentos divididos com vocês? Será? Ou é hora de transformar-se? De renascer como a Fênix, mais forte, e melhor?
Decidi renascer, por enquanto. E de outra forma. Meu mundo, que era o foco deste blog, não é tão interessante para que valha a pena falar sobre ele. Meu mundo continua o mesmo de dez anos atrás quando eu comecei o blog. Porém é hora de falar sobre esse mundão vasto de meu Deus, que é muito mais interessante! Falaremos a partir de agora sobre história e, principalmente, história LGBT. É o novo foco deste blog. Não que de vez em quando eu não fale sobre minha pessoa, ou apresente a vocês um pequeno conto, pode vir a acontecer, não se surpreendam, mas o foco, agora, é a História.
Por quê? Você deve se perguntar. Eu sempre me perguntei como eu poderia ajudar a nossa comunidade gay a se tornar melhor, a estar mais preparada para combater o preconceito, a ajudar o planeta a se tornar um lugar melhor para crianças gays, lésbicas e transexuais, não sou o ativista mais politizado, também não tenho contatos com as pessoas certas para fazer o mundo se mover, mas eu conheço História e se uma coisa que sabemos sobre o mundo é que quem conhece o passado é capaz de moldar o futuro. Por isso, ajudarei como posso. Ensinando História. E vocês podem ajudar também. Estarei publicando livros e divulgando aqui pelo blog. Comprem os livros que vocês estarão ajudando este trabalho a se manter.
Por enquanto é só pessoal, semana que vem mais mudanças vão acontecer. É só aguardar.  

domingo, 20 de março de 2016

Manicure

Estou no ônibus, acompanhado com dois amigos, um casal de namorados, eles estão sentados na cadeira a frente, eu sentei atrás, uma senhora de aparência indígena, de cabelos muito negros, mas com fios brancos, que parecia ter por volta de sessenta anos. Em determinado momento da nossa conversa, a senhora pediu licença.
- Boa tarde, moço, espero não estar atrapalhando.
Fiquei surpreso com a interferência dela.
- Não quero ser intrometida, mas eu queria fazer uma pergunta pessoal...
- Fique a vontade. 
Respondi, mas com medo do que vinha naquela pergunta...
- O que o senhor usa nas suas mãos, elas são tão bonitas. Tão macias.
Tomei um susto.
- As minhas estão tão desidratadas, feias, cheias de rugas...
E mostrou as próprias mãos.
- Nada demais, apenas passo um hidratante sempre.
Respondi.
Ela olhou minhas mãos novamente e agradeceu.
Meus amigos me olhava estupefatos com a situação. E eu pensei: será que ela acha que eu tenho a mesma idade dela?

domingo, 13 de março de 2016

Teenage Dream

, em Natal, Natal - RN, Brasil
- Eu só me apaixono por quem não gosta de mim.
- Amigo, então porque você se apaixona por essas pessoas?
- Ah, Foxx, não sou eu que escolho.
- Querido, você não tem mais idade para acreditar que o seu coração é terra de ninguém. Você não é um garotinho adolescente que ainda não desenvolveu a habilidade de controlar seu coração.
- Mas...
- Tem "mas" não... você não tem mais idade para isso.

domingo, 6 de março de 2016

Bubble

, em Natal, Natal - RN, Brasil
- Minha bunda fica linda depois do ioga. Fica bem redondinha.
- Haha, sua bunda é redondinha sempre! Mas se esse é um dos benefícios, portanto, continue firme na ioga!!
- Ah não é não. Minha bunda é em gota. A sua que é redondinha, ela é em bolha.
- Não sei de onde que vc tira que sua bunda não é naturalmente redondinha, amigo. Seu bumbum é um dos mais lindos que eu já vi. E, Kkkkk, só vc mesmo, em bolha?
- Eu não disse que era feia. Só que não é redonda.
- Não vejo problema no formato de sua bunda, adoro ela.
- E é a descrição é de desenhista, meu amô. Minha percepção de beleza é de quem desenha.
- E já fiquei com muito boy que tinha uma bunda feia, não é o seu caso. E como desenhista o senhor deveria se importar pouco com as formas reais dos corpos, já que perfeição a gente só consegue quando desenha.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Mr. Cellophane

- Sabe Foxx, eu vivia dizendo que você iria encontrar alguém e tal era só sair mais e tals. Mas daí eu comecei a te visitar em Natal, a gente começou a sair e eu vi que não era bem como eu pensava...
- E como você pensava?
- Eu pensava que era meio exagero seu, pra ser sincero. Mas né que é verdade. Pelo menos quando a gente sai.
- O que era exagero?
- A estória de, ninguém olha pra mim, ninguém chega e tal.
- Que bom que você viu, amigo, que eu não minto.
- Eu pensava: "gente, é exagero, as pessoas olham ele que tá olhando pro lado errado".
- Mas você viu que sou invisível, né?
- Sim.
- Que bom, assim sei que não sou louco!

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Back Chat

- E a gente é abordado assim aqui em Natal no Grindr... TEM TRANSPORTE?
- Aqui em Juiz de Fora é a mesma coisa. Ja fui abordado várias vezes com "tem local "
- "Tem local" eu até entendo... muitos anos morando na casa dos pais... mas a primeira frase é me perguntar se tenho carro é difícil viu?
- Acho tão bizarro quanto. A primeira frase tem que ser no minimo oi. Acho que por mais desesperado e desinteressado que a pessoa seja/esteja, temos que ter, no mínimo, 3 frases de introdução. E olha que eu sou a personificação da praticidade quanto se trata de sexo hein?
- Verdade. E dá pra colocar tudo na primeira mensagem:  "Oi, boa noite, como vai?"
Tem transporte? Custa nada um pouquinho de civilidade né?

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Beautiful

- Você sabe que nenhum desses caras musculosos que você curte ai são ursos de verdade né?
- Ah não me vem com essa de que ursos só são aqueles caras gor...
- Ah, viado, não me venha você com sua tentativa de apagar um movimento dos gordos sim! Não venha roubar o protagonismo dos gordos em nome de sua inabilidade de criticar o padrão de beleza vigente! Não venha você com sua ignorância negar tudo o que o orgulho urso defende!