Google+ Estórias Do Mundo: Rumour Has It!

terça-feira, 15 de maio de 2012

Rumour Has It!

, em Natal - RN, Brasil


Eu caminhava para minha aula de pilotagem de moto. Atravessara a avenida Lima e Silva e na calçada de uma igreja batista, Adele começou a cantar aos meus ouvidos. She, she ain't real, she ain't gonna be able to love you like I will. She is a stranger, you and I have history, or don't you remember? Eu cantava junto quando levantei a cabeça e vi um grupo de garotos se aproximando. Eram crianças, pré-adolescentes no máximo. Sure, she's got it all, but, baby, is that really what you want? Eles caminhavam em minha direção rindo e rebolando. Eles rebolavam me imitando e rindo de mim. Bless your soul, you've got you're head in the clouds, she made a fool out of you, and, boy, she's bringing you down. Eu tenho uma má formação, minhas pernas são mais juntas do que o normal, então eu ando como uma modelo na passarela, e quando eu apresso mais o passo, mais isso fica óbvio. Esta má formação nunca foi tratada, só descobri dela adulto por causa de um amigo médico. She made your heart melt, but you're cold to the core, now rumour has it she ain't got your love anymore. Na ignorância dos meus pais, eu apanhava por andar rebolando, no lugar de usar uma bota ortopédica que teria resolvido o problema. Rumour has it, ooh! Rumour has it, ooh! Aquelas crianças passaram então rebolando e rindo, claramente tentando me humilhar, porque para eles, o jeito que eu ando, denuncia minha sexualidade. Eu quis reagir. She is half your age, but I'm guessing that's the reason that you strayed, I heard you've been missing me. Mas eram crianças, eu não podia discutir com elas, simplesmente. Mas eu parei e me virei. Tirei meus óculos escuros e os olhei com o olhar mais reprovador que minha experiência como professor me permitiu. Os risos pararam imediatamente e eles aceleraram seus passos, nervosos. You've been telling people things that you shouldn't be, like when we creep out and she ain't around, haven't you heard the rumours? Foi quando me virei para continuar o caminho. Dois senhores estavam mais distantes, eles teriam observado tudo da porta de suas casas. Eu esperei um comentário. E ouvi. Um deles, sem vergonha nenhuma disse: "Viado tem que ser tratado assim mesmo! All of these words whispered in my ear. Tell a story that I cannot bear to hear, just 'cause I said it, it don't mean that I meant it! People say crazy things, just 'cause I said it, don't mean that I meant it, just 'cause you heard it. Rumour has it!

46 comentários:

  1. Cara, que fase...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, tow na merda ou não tow?

      Excluir
  2. Ah não! Isso é mentira, né?
    Diz que é, por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não, é tudo mto verdade. infelizmente.

      Excluir
  3. Em pensar que muitos desses já se deitou com outro homem quando adolescente, não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não é? pior que muitos se deitaram mesmo, mas mesmo assim agem desse jeito.

      Excluir
  4. Amigo, a imagem que você nos passa desse povo aí de Natal é a pior possível, sabia? É um horror!

    Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e esse povo de Natal é um horror, Lucas, só piora.

      Excluir
  5. Mas isto não acontece só aí não ... aí vem a velha história ... temos q ter mais ação nestas horas ... e o mesmo tratamento dado aos adolescentes deveria ter sido dado tb aos velhos imbecis ... precisamos ter mais ação para sermos mais respeitados ... #fato ... aprendi na vida: "Todo macho vira uma franga sempre q se depara com um macho mais macho q ele ..." Nós, viados, precisamos aprender a ser machos ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente, Paulo, mas às vezes um silêncio superior é a melhor resposta.

      Excluir
  6. Liga não!
    Reagiu bem!
    É mesmo difícil lidar com a crueldade humana. Melhor se blindar e dar um foda-se.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, às vezes, é melhor ligar o foda-se mesmo. mas eu demorei a descobrir esse foda-se. fiquei muito tempo me escondendo dentro de casa por ainda não ter escudos fortes o suficiente.

      Excluir
    2. Sei que muitos pensam de modo diferente, me chamarão convarde, mas eu penso assim: exposição e enfrentamento exigem força e conhecimento suficientes para enfrentar as situações.
      Não adianta querer comprar uma "briga" maior do que podemos enfrentar...

      Excluir
    3. bem, eu acho q não adianta comprar briga q não podemos vencer, discutir com crianças e com idosos, por exemplo, são brigas inúteis pq uns são jovens demais, outros velhos demais... argumentar com estes é impossível.

      Excluir
  7. tdo mundo aqui já deve ter passado por isso.

    ResponderExcluir
  8. Nessas horas e dependendo da idade dos "idosos" era a hora de eu descer o braço neles! Eu acredito na convivência pacífica "até certo ponto". Se eu pudesse eu te daria muito carinho nesse momento!

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se vc pudesse me dar carinho, eu aceitaria.
      =)

      Excluir
  9. Fico Puto! Ou Mais do que o normal, quando leio coisas assim, Ou quando passo por coisas similares, Nunca fui de levantar bandeiras, e aaté hoje acredito nunca ter incomodado ngm, e muito menos negado nada!

    1 ùnica vez que vi dois ambulantes, rindo quando eu passei e soltando chacotinhas, me pegaram em um dia mal, e minha única atitude, foi de parar, voltar, e começar a gritar falando que a pobreza de espirito deles me dava pena, e que se aquilo fizesse a merda do dia deles ser mais feliz, eu realmente estava colaborando para infelicidade que eles chamavam de vida. Isto tudo na esqueina do maior mercado da cidade, onde muitos pararam pra entender o barraco..

    Juro que depois minha única atitude era rir, gargalhar ao lembrar deles se encolhendo, com o estardalhaço que eu estava armando.

    Amigo, Brian de QAF, já dizia nada melhor do que ser melhor que um HÈTERO, preconceituoso, Nunca tirei isso da minha cabeça, Sem desmereçer os pobres coitados do incidente comigo, mais eles estavam ali, vendendo óculos piratas, sendo expostos pra sociedade como pessoas falidas que deram errado, um só lamento pra eles,

    e gatinho.. as férias forão confirmadas pra Agosto mesmo.. huhuhul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, eu já armei barracos assim tb. mas temos q escolher os barracos q valem a pena, e os q não valem.

      Excluir
    2. Tenho de Concordar! Mais Rodar a Baiana As vezes é Necessário Sim..

      Excluir
  10. Oi Foxx, tudo bem?
    Menino, eu tenho uma raiva desse tipo de gente, acho-as tão baixas, pessoas ignorantes, pobres de espírito. Merecia um gesto obceno e um palavrão daqueles cabeludos, kkkkk
    Tá me empolguei agora, mas que mereciam, isso mereciam. Tá eu ñ teria coragem de fazer isso, mas sempre tem alguém que tem né?
    Bjo menino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. calma, Dil, calma. às vezes o silêncio é a melhor opção.

      Excluir
  11. putz, sério isso? e por que também não devolveu o mesmo olhar reprovador pra eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu fiquei um tanto paralisado com a reação dos velhos e acabei só continuando meu passo... qndo eu sou pego de surpresa eu normalmente fico sem ação, sabe?

      Excluir
  12. A forma como você escreveu o texto ficou muito bom... Quanto ao fato narrado se as crianças você lançou um olhar reprovador aos 2 senhores você deveria ter dado uma respostas a altura... Não levaria esse desaforo pra casa... Comigo agora é tomou levou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tb concordo q devia, amigo...

      Excluir
  13. triste isso porque enquanto tem gente realmente lutando por uma sociedade melhor para nós gueis, gente séria e que não está só atrás do $$$ do governo, de onde se deveria sair a base disso tudo, onde se deveria ensinar o que estamos lutando tanto e, fosse assim, não precisaríamos estar dando tanto murro em ponta de facas, sai isso...
    merda de futuro à nossa frente e não só a nossa mas a frente de outras 'minorias' pois essas bestas serão os homens de amanhã, medo, muito medo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, isso tudo é culpa da educação...

      Excluir
  14. não sei se um silêncio superior resolve, neste caso não resolveu. concordo com o Bratz, os velhos deveriam ter sido tratados da mesma forma que os adolescentes

    ResponderExcluir
  15. Me revolta muito mais o comentário do velho que a atitude das crianças. Se bem que, se o mundo não fizer essas crianças mudarem o comportamento, vão se tornar do tipo do velho.
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. exatamente, são apenas o mesmo tipo de pessoa q cresceu, personagens planos eu poderia dizer.

      Excluir
    2. lhe respondi la no meu blog. :)

      Excluir
  16. Oi ... Acho que sua reação foi bacana apesar de eu não arriscar enfrentamentos. Agora o que muito me espanta, ainda, é o comentário como o feito pelos senhores. Pelo visto, apesar da idade, ainda não aprenderam nada. Continuam ignorantes, na insignificância. O que me entristece é saber que eles não são os únicos. Abraços e se cuida por aí ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, tb me chocou mto. as crianças é normal, elas precisam ser educadas afinal de contas. mas os adultos. sempre choca mais.

      Excluir
  17. Amigoooo Pega ou não Pega? hahaha

    ResponderExcluir
  18. pessoas ignorantes desde crianças, lamentável!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. toda criança é ignorante, depende da educação q nós damos, colega.

      Excluir
  19. Sabe: eu não sei o q é mais triste:
    i) as crianças/jovens acreditarem q é bacana esse tipo de atitude. Ou melhor: q é normal;
    ii) esses dois senhores BABACAS q acham q o desrespeito é algo q é correto e q por ser 'homo' a pessoa deve ser tratada como lixo;
    iii) o fato de q tudo isso parece estranhamente natural.

    Muito triste, além de chocante.
    Cada dia mais tenho preguiça desse mundo, sabe?

    Preguiça de ver gente do bem sendo tratada como lixo pq um bando de ignorantes acha q é normal tratar o outro de forma A ou B pq o outro é diferente.

    Na boa: quero q essa gente alma pequena se FODA, mas se FODA com força!

    ResponderExcluir
  20. E esqueci: foda como a ignorância dos outros nos afeta, né?
    Tipo: dessas meninas, senhores e dos teus pais q achavam q 'curariam' tua forma de andar com surras, sendo q vc precisava era de um par de botas ortopédicas.

    Complicado.

    ResponderExcluir
  21. Diferentes gerações. Os senhores com tantas experiências, as crianças com quase nenhuma, mas os preconceitos são tão parecidos, né?
    O cenário é desolador.

    ResponderExcluir
  22. falta de respeito, mas o piro de tudo são os adultos que apoiam e tiram o pouco de educação que essa crianças tem!
    vinicius

    ResponderExcluir
  23. Ah, eu armava um barraco com os senhores sim. Não pensando se valeria a pena, se eles mudariam ou não. Mas pra servir de exemplo, caso houvesse outros observadores da cena que eu não tivesse me dado conta...

    ResponderExcluir
  24. Como passo por coisas parecidas só pelo jeito que me visto... idignação em cristo... Mas né... segundo essas mesmas pessoas "temos de nos acostumar" pois "vamos ser sempre uma minoria"...
    #SORR....NO!!

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway