Google+ Estórias Do Mundo: O Que Me Cabe Fazer?

sexta-feira, 25 de maio de 2012

O Que Me Cabe Fazer?

, em Natal - RN, Brasil
"eu me afastei de você porque eu não aguentava mais você reclamando de sua vida"

Ouvi isso de um "amigo" no MSN. E gostei de tê-lo ouvido, admito, gosto da sinceridade. Mas isso me fez fazer uma série de perguntas a mim mesmo, sobre este blog, sobre como lido com meus problemas. Sou uma pessoa sincera, que fala o que sente, que costuma dizer a verdade as pessoas, não que eu faça isso doa a quem doer, porém tenho como princípio ser verdadeiro. Isto quer dizer que eu não costumo inventar estórias, ou floreá-las para parecerem mais interessantes ou para que criem uma imagem positiva da minha pessoa. Acho que eu fico mesmo diferente, quando eu falo tudo o que penso realmente. Mostro a todo mundo que eu não sei quem sou, eu uso as palavras de um perdedor. Esta música do Pato fu está se repetindo dentro da minha cabeça agora over and over again. Por isso mesmo, como eu estou mal, muito mal, inclusive, no nível de quem pensa em suicídio pelo menos uma vez por semana, quando não mais, e alguém me cumprimenta na rua, um conhecido, alguém que eu não tenho muita intimidade, e diz: "Como vai?", eu respondo "Tudo bem!". Ai abro um parêntese, antes de continuar: ao contrário do que me acusam aqui, eu não saio contando sobre meus problemas para alguém que me diz bom dia na rua, e fecho o parêntese, porém eu me sinto profundamente mal por estar mentindo. Por que para mim é uma mentira do mesmo naipe daquela que você conta a seu namorado quando o trai ou quando precisa arranjar uma desculpa quando é pego roubando. Aos amigos, pelo menos aqueles que eu considero amigos, eu digo a verdade, acho que posso me dar ao luxo de falar com eles a verdade, de ser sincero com eles, de algumas vezes simplesmente desabafar, mas na maioria das vezes só falar a verdade per si, todavia é um destes amigos que me diz isso, e o que me cabe fazer? Era esta a minha grande pergunta.
Minha dúvida começa em que tipo de mundo é este que aquele que é verdadeiro e sincero é punido e proibido de fazer o que é certo. Sobretudo, o que eu considero que é certo. Não entendo um mundo que é contra o roubo, a traição e a corrupção, mas fica ofendido com a verdade. Diria Cazuza: Migalhas dormidas do teu pão, raspas e restos me interessam. Pequenas porções de ilusão, mentiras sinceras me interessam. Minha outra dúvida relaciona-se com que tipo de amizade é essa. Eu não sou esse tipo de amigo que vira as costas para o outro que sofre, que não está disponível nos momentos ruins, apenas nos bons, este não é o comportamento de um amigo, então, penso, que este amigo deve, no mínimo, ser colocado na prateleira de conhecidos. Que, se ele não se sente bem comigo dividindo meus problemas, só posso evitar fazê-lo este mal. Tratá-lo como um qualquer conhecido, como uma pessoa com a qual eu não tenho nenhum intimidade. Penso em, não evitá-lo, mas evitar contar-lhe pelo que passo. Vou contar-lhe apenas as coisas boas que me acontecem, e como nada bom acontece, acabo por não ter o que falar com essa pessoa.  Eu posso simplesmente omitir qualquer informação da minha vida.
Ou. Eu poderia admitir que estou errado simplesmente, e parar de dizer a verdade a qualquer um. Eu poderia simplesmente calar sobre o meu desejo de todas as noites que Deus tenha piedade de mim e encerre minha vida enquanto durmo, que Ele permita que eu simplesmente não acorde nunca. Imagino isto sobre o blog também, cujo qual é o espaço em que meus desabafos são criticados, porque basicamente eles são feitos aqui. Seria tão mais fácil eu começar a falar mentiras para todos na internet. Podia inventar um namorado lindo e um relacionamento perfeito agora mesmo, no lugar deste texto, podia contar viagens perfeitas e vitórias profissionais inacreditáveis. Isto aqui ainda é a internet, vocês nunca perceberiam, convenhamos! Eu poderia sim construir uma mentira intrincada, sou um escritor bom o bastante para criar esta ficção perfeita. Eu podia simplesmente desistir de contar a minha vida e contar uma mais agradável a vossos ouvidos. Eu podia, eu posso! Mas eu devo? Eu ainda não sei essa resposta, mas pelo menos eu sei porque tenho tão poucos amigos hoje em dia. Uma pena! Uma pena!

61 comentários:

  1. Bom dia
    Ouvi o teu grito e vim dizer-te que também já passei por aí. Este é um período em que nos queremos afirmar, querendo ser sinceros e claros.

    Cada um de nós terá de fazer as suas próprias opções e aceitar as vantagens e desvantagens.
    A vida é uma prenda que Deus nos oferece gratuitamente, não a termines sem a viver.

    Alguns dias também desanimei, mas felizmente tudo isso passou e depois um dia aconteceu o milagre da vida - a minha família, os meus filhos, a minha mulher.

    Agora queria não morrer. Queria ter tempo para viver. Queria ver as minhas flores se reproduzindo e saborear as cores das suas vidas.

    Cada um recebeu um guião na vida e tem de segui-lo com amor e muita dedicação. Representado ao mundo uma vida com dignidade e muito respeito.
    Nem preciso de ser igual a ninguém.
    Preciso de ser eu e recriar esse guião de maneira que seja feliz.

    Por vezes o nosso erro não está na nossa verdade mas nas mentiras como os restantes vivem a vida.
    Tantos que fazem de conta que são felizes...
    Tantos que apenas nos contam as coisas boas...
    Tantos que nunca dizem a sua dor...

    Este artigo é um momento para rever as minhas posições e melhorá-las, mas nunca acabar só porque me sinto só.

    Um abraço amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "A vida é uma prenda que Deus nos oferece gratuitamente, não a termines sem a viver". Eu tenho uma pergunta antes de mais nada: o que significa viver pra vc? é simplesmente estar desperto?

      Excluir
  2. Cara, voce ja terminou seu doutorado?
    tem uma universidade publica chamada UEPG aqui no paraná que está em expansão, abrem vários concursos públicos, numa dessas tem alguma vaga na sua área. Quase todos são para pessoas com doutorado.
    Da uma olhada no site deles para ver se saiu algum edital.
    Tenho certeza que se sua vida profissional melhorar voce vai se sentir pelo menos um pouco melhor.
    esse é o site:
    http://portal.uepg.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado pela dica, e sim, melhorando este aspecto as coisas vão ficar bem melhores.

      Excluir
    2. e na UEPG vai conhecer gente muito legal, como o escritor/professor Miguel Sanches (do blog Herdando uma biblioteca).

      Excluir
  3. Você tem todo o direito de ser honesto, principalmente aqui no SEU blog. E sim, com seus amigos. A questão é justamente essa, a de saber quem são os amigos de verdade e quem são os "conhecidos". Amigos, todos temos 1 ou 2 apenas.

    ---
    off-topic: já pensou em reunir esses textos "lgbt egípicio/índio/grego/etc" e mandar pra Editora Escândalo, onde o Melo será re-publicado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, já pensei em reunir os textos históricos sim, estou esperando ter um conjunto razoável para pensar em publica-los.

      Excluir
  4. Foxx, querido, eu sei como se sente. Talvez eu não saiba exatamente, pois não tenho consciência exata dos seus problemas e, também, por eu ter um complexo de Polliana que ja tente me livrar, mas não consegui. Digo isso, porque só a gente mesmo pra saber o tamanho da dor que existe dentro da gente. Eu sou desses de mascarar, de dizer que está tudo bem, mesmo quando não está, mas felizmente os amigos mais próximos sabem me ler de vez em quando e não me sinto tão sozinho, mas também é somente as vezes.

    Mas as coisas hão de melhorar, acredite. Não deixe a apatia e o desânimo abater sobre você. Eu não sou uma pessoa religiosa, mas tenho muita fé e ouvi uma frase de um amigo meu que é muito menos religioso do que eu que mudou a minha vida e a cito bastante. "O relógio de Deus corre diferente do nosso", as coisas acontecem no tempo que tem que ser, o importante é não ficarmos de braços cruzados e eu sei que você não está.

    Quanto ao "amigo" que se afastou por você por não aguentar mais ouvir seus problemas, que triste ele é. Quão sozinho ele é nesse mundo, pois não tem a capacidade de entender a dor do próximo.

    Embora você esteja triste e amargurado, não desista. Sei que minhas palavras podem parecer coisas de um otimista, mas acredite que as coisas vão melhorar, são os bons pensamentos que fazem fluir e influir as boas energias.

    um beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado pelas palavras, querido, e eu concordo: o relógio de Deus corre diferente do nosso, mas também acredito que nem sempre o que desejamos é a vontade de Deus, e as vezes, por mais que vc queira, Deus te quer em outro lugar e vc não conseguirá, pq convenhamos "se Deus é por mim, quem será contra mim", mas a dúvida é: e quando Deus é contra vc? ai vc provavelmente vai argumentar que Deus nunca é contra a gente, mas se eu quero um tipo de vida - com amor, fama e fortuna - mas Deus quer que eu fique na casa dos meus pais cuidando deles por toda a vida, e por mais q eu lute pra sair de casa sou sempre empurrado de volta? Ele estaria sendo contra mim, não seria?

      Excluir
    2. você sabe que eu gosto de interpretar sinais e embora o meu DNA seja católico, eu sigo muito os ensinamentos kardecistas. Nós temos a vida que temos hoje pq escolhemos passar pelas dificuldade e viver as alegrias dela, faz parte da concepção de "pagar" nossas dívidas (karma). Veja se ao planejar sua vida agora, você tem como conciliar sua vida independente e a relação com seus pais. Pode ser que realmente as coisas aconteçam para que você cuide deles, sei lá. Mas se vc planejar sua vida de sair de casa, mas sei lá, querer morar perto e mesmo tendo sua vida independente fazer parte da sua rotina estar/cuidar deles, as energias podem fluir para que você tenha o que deseja, mas que não se desobrigue da responsabilidade.
      Pense nisso, mature a idéia, pensamentos modificam a energia ao nosso redor. Dê o pulo do gato no destino. me adicione no msn que a gente filosofa melhor! bjao

      Excluir
    3. te adicionei com meu de verdade, viu? rsrs

      Excluir
  5. Fox, uma coisa que se deve perceber da verdade é que o que ela causa e gera nas pessoas. Seu amigo foi apenas verdadeiro com você, e pelo pouco de que te conheço de blogosfera e de papos no msn, já joguei a toalha a tempos em tentar tecer comentários que te fizessem bem ou então conselhos que pudessem ser úteis, pelo simples fato de você também ter jogado a tolha e achar a sua vida um buraco de merda fundíssimo que você não pode sair. Seus amigos e muita gente da blogosfera confia em você e em suas qualidades, menos você ! O que dá mesmo a impressão de que você só reclama da vida mas no fim não tem coragem de arriscar uma ação para melhora-la. Por mais amigo que seja, ninguém aqui quer ficar esperando uma carta de suicídio sua como as vezes soa iminente aqui no blog, numa situação com uma perspectiva assim, ajudamos e intervimos até onde der, mas depois de um tempo, sem sucesso, o jeito é recolher as armas e cortar laços, assim no caso de uma noticia ruim, a dor ser um pouco menor.

    Bom, essa é minha impressão. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu concordo que meu "amigo" foi apenas verdadeiro, mas o que me magoa nesse momento é que ele não disse NA HORA, como vc tambem nunca disse, e nenhuma outra pessoa aqui do blog disse, somente o Serginho Tavares, isso é um fato, que o fato de eu reclamar da minha vida incomodava. o que eu vi, e também aconteceu com vc, Ma, foi uma pessoa querida me abandonar sozinho quando eu precisava de ajuda, o que faltou, nele, em vc, e em várias outras pessoas foi a delicadeza de me dizer que precisava se afastar. mas normal. eu entendo de qualquer forma. ninguém tem o dever de ficar ao meu lado.

      Excluir
  6. Desculpa mas o problema não é vc reclamar da vida, o problema é q vc não faz nada pra tentar mudar. É acomodado, por mais que queira dizer que não é, vc é! O grande problema é qto mais velho vc ficar maiores serão as cobranças internas e externas, bem-vindo ao mundo real! E outras, as pessoas tbm tem seus problemas, vc não é o único. O chato é q vc se resume aos seus problemas, que são gerados POR VC MESMO. Vc é o responsável pela situação em que está. Portanto, pare de colocar a culpa no mundo, nas coisas, nos outros, por exemplo, nivelando seus pais e seu irmão aqui no blog. Rídiculo aquele post ond evc diz q não conseguia ver uma qualidade no seu pai. Se vc ainda é alguma coisa, vc deve a eles. Pq só pai e mãe mesmo pra sustentar um ser humano com mais de 25 anos nas costas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gosto de gente que acha q eu não faço nada... desculpe, Sílvio, mas vc lê mesmo este blog? ou vc lê apenas algumas palavras soltas no texto.
      sobre meu pai, eu fico mto feliz em saber que seu pai é diferente do meu, mas, meu querido, entenda uma coisa: NINGUÉM TEM UMA FAMÍLIA IGUAL. se vc perguntar ao meu pai o nome completo de qualquer filho dele, ele não saberá nem o nome do filho que tem o nome dele. meu pai é o tipo de pessoa que NUNCA ajuda os filhos dele, nunca fala com os filhos, eu morei por 4 anos em BH e eu falei com ele 2 vezes pq minha mãe o obrigou a falar comigo. se vc ler o texto que eu falei sobre minha mãe, eu agradeci a ela por tudo que tenho, obviamente, pq se minha mãe não existisse, meu pai não teria dado o mínimo de ajuda para mim. vc fala do meu pai, mas não sabe por exemplo que eu tenho um irmão que mora em SP, q eu nunca conheci, e que ele abandonou aos 14 anos. ele abandonou esse filho, pq vc acha que agora ele é um grande pai para mim?

      Excluir
    2. FUJA Foxx, CORRA!!! Afaste-se desta pessoa que te faz tanto mal. Já esta na sua hora [quase passando!!!]. Ele não precisa de você e nem você precisa dele. E se 'virar' sozinho é fácil, eu estou fora de casa desde os 13, você aprende rapidinho... (Sugestão: divida um AP, quitinete ou vai morar numa republica, muitas vezes dá certo para recomeçar a vida).

      Excluir
    3. o problema é conseguir um emprego antes disso, né Mark?

      Excluir
  7. Vou falar uma coisa que já falei: eu te entendo! Não basta, é óbvio. Muitos dizem isso pra mim também. Eu, diferente de você, não sou tão sincero e honesto com as pessoas. Se eu estou mal, querendo me matar, eu fico com isso só comigo, afinal ninguém (fora eu) tem nada a fazer que possa me ajudar. O que eu acredito, novamente comparando nossos momentos de vida atual (sem perspectiva, com uma mente trabalhando a mil) é que apenas uma coisa resolveria: ter um trabalho. Fora isso, não existem palavras de conforto, amizade, fé, carinho, nada que resolva. E como eu não acredito em milagres, fica por conta do acaso e de um pouco de força de vontade que nos reste.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, com certeza, um trabalho resolveria muita coisa...

      Excluir
  8. Querido a minha opinião sobre o tema vc já conhece! Qto ao seu direito de ser verdadeiro em todos os espaços q lhes são pertinentes é um direito inalienável ... quem não gostar ou se cansar q fique na dele tb ... mas concordo tb com o Lucas ... nem tanto por causa dos outros, mas por conta de nós mesmos ... independente do problema q temos eles são nossos e não dos outros ... palavra nenhuma dos outros irá resolvê-los ... a solução deles é exclusivamente nossa ... remoer e remoer problemas não é uma atitude saudável ... o tempo e a energia gasta neste processo deve ser direcionada para a solução dos mesmos ... tb acho q problemas q julgamos q não têm solução eles, por si, já estão solucionados com o tradicional não têm solução ... eu já coloquei vários destes problemas nesta gaveta dos q não posso resolvê-los mais, e tranquei bem trancado ... sofrer por eles eternamente é q não dá ... vamos nos ater aos q podemos solucionar com nossas próprias escolhas e atitudes e tocar a vida ... por pior e mais complicada q ela seja, ela sempre vale a pena e possui coisas boas e agradáveis ... cabe a nós mesmos nos apercebermo-nos disto e viver ...

    bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sua opinião eu já conheço? não, paulo, não conheço. vc nunca falou sua opinião sobre isso comigo. muito pelo contrário, vc me evita o máximo possível. pelo que eu posso ver, pela sua ausência, é que vc concorda com o amigo que se afastou porque eu era um chato. é o máximo que eu consigo IMAGINAR da sua opinião.

      Excluir
  9. Vamos jogar menos tinta nesse quadro???? Acho que a vida já tah dura demais pra gente ficar dando tanta repercussão a bobagens...

    Bem.. Eu n sei que título a gente pode dar ai ao colega, se dentro da sua concepção ele a partir de agora se torna um amigo, colega ou sei lá o que.. Mas assim.. De forma prática e concreta ele simplesmente é alguém que já sinalizou que não tem muito saco pra estar ouvindo problemas e tals e esse é um assunto a ser evitado com ele... É o famoso amigo de mesa de bar, aquele que a gente só senta pra falar bobagem e dar risada e tals... Tem gente muito boa disso!!! Claro que de fato n é akeeeela, amizade, mas é o que tem pra hj... De mais a mais, num é todo mundo que é pra ser akeeeela amizade mesmo. E outra aideia de que vc acha sua vida ruim e por isso vc só tem assuntos desagradáveis é completamente arbitrária e acho q realmente vai muito da relação q vc estabelece com cada um mesmo...

    Digo isso, pk eu mesmo, tenho diversos amigos que sou O CARA Q OUVE PROBLEMAS, outros q sou o amigo de mesa de bar e uma pá de gente que a coisa é meio q mista, o que me parece ideal, mas nem sempre rola.

    Comigo vc nem é esse cara com toda essa caraga negativa toda, me liga pra falar do goku, pra contar fofoca, pra conversar a toa e ai falamos dos mais diversos assuntos, inclusive das sua frustrações... Não me soa pesado, tudo tah dentro de uma naturalidade e vc n me parece estar mentindo ou forçando qq coisa, se faz tah fazendo muito bem...

    Então gato.... Não aumenta a dosagem não, deixa o coleguinha lá, se tira da pauta dos assuntos e o problema tá resolvido...

    Vale ainda fazer duas importantes ressalvas sobre esse texto:

    1 - Acontecem coisas boas na sua vida sim... Vc publicou um livro e tirou carteira de motorista nas últimas duas semanas. Vc que não da valor a esses episódios.

    2 - Responder "bem" qdo se pergunta se tá tudo bem é apenas uma formalidade.. Como o "saúde" após o espirro, não pira nessa onda da falta de sinceridade, é só um cumprimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo plenamente, Gato, mas tenho algo a acrescentar. Tenho uma explicação: esse texto foi escrito antes do lançamento do livro, entende? então a ausência da relação com ele e da carteira de motorista (que eu não tirei, fui reprovado, mas normal...) é por causa desse descompasso que o fato de eu programar as postagens históricas faz com os outros textos.

      Excluir
  10. Querido Foxx:

    Não se desespere e nem desanime. Realmente algumas pessoas não gostam de ourvir problemas e reclamações (apenas querem o nosso melhor) mas vc tem todo direito de desabafar com seus AMIGOS. Quem não tem tempo e disponibilidade emocional não tem condições de nos ajudar (seja mesmo que escutando ou lendo algo que tenhamos escrito). Fica bem e qq coisa tô aqui, ok? Abraço grande. Fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade, mas me incomoda o fato desses amigos não se importarem ao nível de simplesmente sumirem, ninguém para e se explica, simplesmente somem.

      Excluir
  11. Foxx, acho que te entendo. E desculpe-me se vou escrever um texto clichê metido a autoajuda. É fácil, é só deletar. Aqui é tão simples resolver tudo...

    Toda pessoa sincera e normal que conheço já passou por fases negras. Uns mais, outros menos, mas quem diz que não, ou é louco ou mentiroso. E, por falar em mentiras, a Internet, essas comunidades todas, facebooks e não sei mais o quê, se transformaram, ou sempre foram, um espaço de mentiras, onde quase todos são felizes, onde as pessoas competem para ver quem é mais feliz, mais lindo, mais deslumbrante... Nada contra, mas a vida real não é bem assim. A que eu conheço, pelo menos.

    O melhor caminho para a felicidade é ser o que se é, como se é, como se consegue ser. Não como os outros gostariam que a gente fosse. Fodam-se, nesse sentido, os outros, suas vontades, sua ditadura da felicidade. Felicidade faz parte da vida, como tristeza faz parte da vida, como depressão faz parte da vida, como tudo faz parte dessa coisa misteriosa, e por isso sempre bela, que chamamos vida. Que tem a coisa mais linda que existe que é a possibilidades de surpresas, mudanças, mesmo quando não acreditamos. Por isso devemos continuar navegando, navegando, que logo ali, antes da Páscoa, podemos encontrar terra à vista. E na terra nova encontrarmos muita fartura, muitos índios bonitos, uma natureza bela, e talvez possamos também andar nus, felizes, comendo banana ...

    Não perca seu tempo com a opinião alheia. Ela é apenas isso, opinião. Como a minha, como a sua, como todas, de todo mundo. Tem valor relativo, para ensinar, acrescentar, jamais para determinar. Nesse sentido é que digo: foda-se a opinião alheia. Se vc não puder ser verdadeiro nem aqui, em que mundo nós vamos viver?

    Claro, vc também pode viver uma fantasia, representar uma personagem tipo alice-maravilhosa-imensamente-feliz. Cada um na sua. O espaço aqui permite conhecer gente verdadeira, mas permite também selecionar mais facilmente a convivência, para o bem e para o mal. Como talvez seu ex-amigo tenha feito. E como vc deve fazer. Comigo, com ele, com todos os outros. O que importa, aqui, é o exercício virtual para a vida real, que esta é a que importa!

    Avante, meu caro. Eu, e muitos outros, embora possamos não concordar com algumas coisas, gostamos de você. Porque sabemos que, por trás da virtualidade de suas palavras, existe um coração de verdade pulsando, vivendo, sofrendo, pedindo para viver e ser feliz, e que muito ainda tem a nos ensinar, a aprender. Nem tanto aqui, mas lá fora, no mundo real.

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  12. Vou ser bem verdadeiro em dizer o que penso. Foxx, as vezes as pessoas cansam de ficar perto de pessoas negativas, a gente acaba pegando uma certa onda negativa da pessoa e isso nos faz mal, enquanto ficar com alguém leve, divertido e tudo mais nos faz bem.

    Falo isso de carteirinha, somos muito parecidos e hj em dia sao poucos os amigos que tenho e ainda assim quase nao os vejo.

    Acabo achando que para ser leve e divertido temos de ser irresponsáveis, usar drogas, ficar bebados, nao ver o que acontece ao redor, nao ficar indignado e prefiro ser o chato sem amigos que o cool sem senso crítico, espero que vc pense um pouco assim ou pelo menos pense no que eu disse.

    Beijao, melhoras!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem, eu não acredito que as pessoas sintam ondas negativas q ninguém é tão sensível assim, porque se fosse verdade, vc emanaria essa energia negativa mesmo se fingisse estar feliz, mas a verdade é que as pessoas preferem bêbados irresponsáveis que não tem menor profundidade, e elas fazem isso pq elas não querem ajudar, são egoístas e não querem se doar a outra pessoa... minha dúvida é quem tá certo: o kra que se afasta por egoísmo, pq é egoismo sim... ou o que demonstrar estar infeliz. QUEM É O CERTO?

      Excluir
  13. Na boa, vc pode falar sobre sua vida aqui, na sua vida pessoal ou em qualquer espaço que lhe convém e se fulano tá incomodado, primeiramente não é seu amigo, em 2º, manda ele tomar naquele lugar. Simples assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tb acho isso, mas as vezes, sabe, fico em dúvida se estou fazendo o certo...

      Excluir
  14. Pode reclamar o quanto quiser que eu continuo aqui. Acho até que isso agrega charme a vossa pessoa... hehehe! E tu é über X-Men mesmo! Hugzones!

    ResponderExcluir
  15. Acima de tudo temos que estar bem connosco próprios, não nos preocupando com o que os outros pensam.
    O blog é teu e nele deve estar a tua maneira de sentir, ver e viver as coisas,
    Os amigos, aqueles que o são realmente, aceitam-te por inteiro e não por isto ou por aquilo; esses pouco interessarão...

    ResponderExcluir
  16. Olha, Foxx. Eu creio que muito pouco do que existe nessa vida se encaixa nessa dicotomia "o certo e o errado". Se você foi sincero em demonstrar a sua infelicidade, ele foi sincero em dizer que isso o atinge negativamente. Se ele foi egoísta por pensar no próprio benefício, você foi egoísta ao querer que ele ficasse ao seu lado, mesmo ele dizendo que era algo que ele não dá conta e acha maior do que ele pode suportar. Como dizer que há um lado certo e um errado? Como classificar a vítima e o algoz? Você esperava ajuda e ele não tinha condições de ajudar. Ao meu ver, foi um desencontro de expectativas, só isso... Infelizmente a gente vive numa cultura que vilaniza, que procura inimigos a se vencer, que quer classificar o bem e o mal e que muito pouco valoriza o relativo da vida. Não tem o lado certo e o lado errado, ao meu ver. Temos duas pessoas com necessidades diferentes. No final, você, ele, eu e (por que não?) todos nós somos vítimas, mas com o potencial de saber aproveitar o momento em que o vento sopre a favor e avançar em nosso percurso. E é só isso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas o problema é q ele não foi sincero, Cara Comum, o que aconteceu é que ele simplesmente sumiu, me abandonou e tempos depois retornou dizendo q não aguentou, o que me magoa é o fato dele não ter tido coragem de falar, mesmo achando q um bom amigo sabe o momento de ajudar de qualquer forma, e que eu deixo de ser egoista no momento que ele tb precisou de mim, e apesar de todos os meus problemas, eu nunca disse que não o ajudaria.

      Excluir
  17. Primeiro eu queria pedir desculpas por não estar presente, ainda que há muito tempo você já tenha desistido de mim, para ouvir os seus desabafos.

    Claro que eu não gosto de ouvir você se lamentando porque eu não quero que você sofra as coisas que você sofre, mas eu entendo você e sei como algumas coisas que outras pessoas acham que devem ser superadas engolindo são simplesmente difíceis de sere superadas ou até mesmo engolidas.

    Queria poder estar mais próximo para ouvir você porque eu sei que isso te faria bem. Queria mesmo. Queria porque no fundo eu também acho um bocado interessante alguém como você ter tantas frustrações e sonhos não realizados.

    Mais do que tudo, eu queria poder estar próximo pra te ouvir porque eu sei, e isso é por experiência própria, que esse parágrafo seu sobre o seu jeito de ser amigo é a coisa mais real que existe. Eu sei que, não importa quanto tempo eu passe sendo um amigo distante e desnaturado, quando eu precisar de palavras de encorajamento e de um choque de realidade, você vai separar um pouco do seu tempo para mim.

    Como tantos outros textos seus, eu leio e tenho uma vontade imensa de te abraçar. Às vezes essa vontade está junto de um tipo de pena e carinho. Não gosto quando acontece assim. Agora, nesse momento, queria te abraçar forte, como talvez eu nunca tenha te abraçado, mas pra agradecer, pra me desculpar.

    Espero que essas minhas palavras tenham servido, nem que seja de longe, como um terço do abraço que estou te devendo.

    Beijos e força.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa! uau! esse foi o comentário mais incrível de todos os tempos! nossa! uau! de novo.

      Excluir
  18. Ei Foxx... não somos amigos, mas meros conhecidos. Então.. assim, prefiro pensar que essa fase ruim na sua vida vai passar logo. E nós, que frequentamos seu blog, esperamos que daqui a um tempo(curto, se Deus quiser) você nos diga que tudo está bem, que vc está satisfeito e que isso seja sobretudo...verdade. Assim como ficamos felizes com seu livro, ficaremos felizes quando a sua fase ruim passar, porque tenha certeza Foxx...ela vai passar!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. desculpa, mas o que te faz ter essa certeza de q vai passar? não q eu não deseje que passe, mas, e meu problema é esse: o que te fazer ter fé que vai passar?

      Excluir
    2. O correr da vida Foxx. Olhe pra trás e veja que você já passou por fases boas e ruins. Nossa vida é de altos e baixos, mas olhar pra cima sempre... é essencial.
      Até mais e obrigada por acrescentar meu blog à sua lista de preferências. Foi... inesperado!
      abraços

      Excluir
    3. mas, Margot, se eu olhar pra MINHA VIDA eu não passei por fases boas e ruins, eu estava tentando melhorar a minha vida o tempo todo e finalmente fui derrotado. não é altos e baixos, é uma linha reta que chega a este cume. é uma linha reta que chegou a hora em que explodiu. me entende?

      Excluir
    4. Rapaz... se o "alto de sua derrota" é escrever e publicar um livro, tirar carteira de moto(que eu não consegui,rsr), terminar uma tese de doutorado(que não é pra muitos) e ainda ter um blog "lotado" de amigos para te incentivar e torcer por voce?... Sinceramente Foxx, eu que também cuido de minha mãe (com alzheimer e tudo), quero me sentir derrotada assim.
      Pense melhor querido e olhe pra trás de você... isso faz um bem danado. Na nossa frente tem muitos, mas atrás...tem o dobro.
      abraços

      Excluir
    5. Margot, vamos por partes: 1) escrever e publicar um livro realmente foi um grande feito, sim, mas eu investi dinheiro do meu bolso pra fazer isso e eu ainda não tive nenhum lucro com isso, então, até agora eu prefiro não avaliar se isso é uma vitória ou derrota... é cedo. publicar o livro não é uma conquista, vê-lo fazendo sucesso é.
      2) eu não tirei carteira de moto, eu fiz aulas de moto, é muito diferente, eu não passei no exame...
      3) a tese de doutorado também não é uma conquista, é uma ferramenta. ter doutorado PER SI não me serve de nada, é apenas um título. não me ajuda em nada, muito pelo contrário, em seleções de emprego eu sou preterido porque tenho doutorado, eu escuto os selecionadores falando que não podem me pagar o que eu mereço com minha formação. ter estudado tanto para ter uma vida melhor e agora ao concluir a tese ter que ser sustentado pela minha mãe, isso é o que eu considero uma derrota.
      4) eu penso, querida Margot, mas vc acha que as coisas que eu tenho são conquistas, eu as vejo como meios para chegar a algum lugar, e como eu não consegui chegar a esse lugar, eu me sinto derrotado. me sinto derrotado pq meu doutorado, por ex, não me tornou um professor universitário e nem vai, pelo menos não tão cedo, então até eu estar ganhando mais de 1.008,00 reais que foi meu último contra-cheque quando eu trabalhava, eu vou me considerar um derrotado.

      Excluir
  19. Foxx, o que me deu vontade de escrever sobre tudo o que li é que, apesar de algumas restrições, a cada dia eu gosto mais de vc.
    Hoje, penso, vc é o tipo de pessoa que precisa desse tempo para ser melhor compreendido ou gostado. Nem todos se dão a oportunidade e vão embora com (pre)conceitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ow gente... tb gosto mto de vc, Junnior, obrigado!

      Excluir
  20. Oi ... Quem me dera estar em condições de responder a sua pergunta mas abro uma aspas porque acho pertinente. Admiro muito os meus amigos quando falam a verdade nua e crua, mesmo que doa.
    Me sinto um estranho no ninho quando leio que tudo anda as mil maravilhas, como se vivessemos no "Éden". Sabe-se que não é assim. Então porque mentir, tapar o sol com a peneira. Devemos sim desabafar quando achamos necessário, largar a botina sem pena. Nossa vida não é uma HQ que sempre termina feliz, com todos sorridentes. Oxalá se fosse assim. Quem dera.
    Continue nos contando as alegrias e os percalços também. Faça isso sempre que isso lhe fizer bem e achar necessário. Abraços !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tb acho estranho, meu caro, acho q as coisas não podem ser reais se são sempre boas.

      Excluir
  21. Vamos a alguns fatos, vc pensa em suicídio 1 vez por semana, segundo a psicanalise, quem quer se suicidar se mata logo, que só fala em suicidar apenas quer ajuda ... neste momento vc deve dizer se isso é verdade :)Se for ajuda não tenho muito que falar não tenho saco para isso , agora se for suicídio conheço um monte de jeito infalível de se suicidar .... :)
    Acho que problemas todos tem,agora me diga já não basta os problemas pessoais e ainda tem que aguentar amigos que só tem problema, no caso vc .. ainda acho que vc;0 deveria levantar a mão para o ceu e agradecer o pouco tempo de amizade com ele , eu por muito menos corto amizades..
    Foxx nada dá certo para vc segundo vc mesmo, mas a vida são escolhas de caminhos que fazemos, reveja suas escolhas acho impossível ninguém gostar de viver .... desculpe minha sinceridade mas odeio pessoas que gostam de possar de coitadinhos e vc me parece isso, se não é prove o contrario .. abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, eu só não entendo pq falar a verdade é posar de coitadinho... mas tudo bem... pq deve ser isso, eu tento fazer coisas, por ex, procuro emprego, faço concursos, estudo pra caralho, ai quando eu venho aqui e reclamo que apesar de todos os meus esforços eu não consegui nada, ai eu tow posando de coitadinho? não entendo.
      sobre o suicidio, eu não quero me suicidar, eu quero morrer, será que vc entende a diferença?, por isso eu não me suicidei ainda.

      Excluir
  22. Honey, no blog você pode contar o que quiser. Amigo de felicidade é lacuna. E porque se preocupar tanto? Afinal quem não tiver afim de ler ou ouvir: que se foda (não vale a pena).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. me preocupa saber se sou eu q estou errado ou eles, entende?

      Excluir
  23. Você deu tiro em todo mundo que entrou na contra-mão da sua postagem.
    Entendo o que você diz, mas menos animosidade com alguns aê dos comentários, amigo.

    Te amo,
    vamos beber uma cervejinha quinta cmg na Cantareira.
    Bju

    ResponderExcluir
  24. Se eu fosse responder à pergunta/título do seu post eu diria o que já disse algumas vezes: tente encontrar um ponto de equilíbrio em você (apenas um) e siga em frente. Você tem tudo pra ser feliz. O que não pode é insistir num círculo vicioso. Se a pessoa diz o que essa disse, que importa pra você? Ou você não é maior do que qualquer um possa pensar ou acreditar que você seja?

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. importa para mim pq eu considerava essa pessoa um amigo e eu nunca abandonaria um amigo q está precisando de mim, eu nunca lavaria as mãos como Pilatos, eu o ajudaria a carregar sua cruz pelo tempo q fosse necessário, não importa o sofrimento q isso me trouxesse...
      e não, eu não sou maior do que qualquer um possa pensar, se fosse, não acordaria todos os dias implorando a Deus q minha vida mudasse...

      Excluir
  25. Oi Foxx, tudo bem?
    Eu gosto da sua sinceridade. E amigo que realmente é amigo, está em todos os momentos, sejam bons ou não, mesmo que seja pra dar um tapa na cara pra vc acordar ou mesmo aquele abraço bem apertado e deixar vc chorar, pra aliviar a dor que esteja sentindo. E para de pensar besteira, eu já te falei isso né?
    E deixa de ser egoísta, eu detesto gente egoísta, principalmente quando o alvo é Caio, kkkkkkkkkkk
    Ele tbm escreve pra mim muita coisa tá?
    kkkkkkkkkkkkk
    Um bjo menino, se cuida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe, a naum, o caio é só meu, nem adianta.

      Excluir
  26. Mundo mundo vasto mundo...

    Sinceridade, nossa, é o meu MAIOR defeito. Ser sincero não é qualidade para ninguém, é um defeito que destrói não só a quem ouve, como quem diz.

    Dizer a verdade para alguém é o mesmo de você querer matar alguém (dependendo da verdade). Muitos perguntam algo querendo ouvir aquilo que acham ser verdade, e quando infringimos essa máxima... HECATOMBE.

    Passo pelos mesmo problemas que você, e alguns bem piores (só olhar no meu blog que tem coisas exatamente assim), o que eu lhe digo é: bola pra frente, siga em frente. Voltar não dá mais e ficar parado não pode.

    ResponderExcluir
  27. O blogue é seu. Tens todo o direito de escrever sobre o que quiser. Eu sinceramente gostaria de te dizer o que deverias fazer, como proceder. Mas eu não sei. Acho que te faltam amigos reais próximos a você, acho que você dá menos valor as coisas boas que te acontecem e acho que você se espelha muito no que os outros vivem. Querido, todas as pessoas tem problemas e se todos resolvessem se matar não existira mais ninguém na face da Terra!

    Beijos e sabes que pode contar sempre comigo!

    ResponderExcluir
  28. Perdido na nuvem de naftalina e saudosismo... help-me Foxx... hahahahaha! Hugzones!

    ResponderExcluir
  29. às vezes é bom a gente ouvir coisas sinceras pra dar uma chacoalhada mesmo, mas no caso de amigos, o melhor seria dizer essas coisas e continuar do lado, pra ajudar a gente nas mudanças.

    ResponderExcluir
  30. Os amigs verdadeiros estão lá sempre, seja nos momentos bons e nos momentos menos bons. Mas também é verdade que ninguém tem muita paciência para pessoas que estão sempre tristes e deprimidas, não é mesmo? É bom sermos verdadeiros com nós próprios e com os outros. Tu escreves o blog do teu jeito, porque tua vida é mesmo assim. Se tivesses uma vida melhor, às tantas não te darias ao trabalho de partilhar a tua vida com os outros, não é mesmo? O mais importante é quando temos problemas sabermos pedir ajuda, sabermos aceitar a ajuda que nos for dada, pois nem sempre é possível darem-nos a ajuda que necessitamos. Mas pelo menos os amigos podem tentar. Sejam os reais ou os virtuais, que apesar de estarem do outro lado de um monitor, por certo se preocupam muito mais com a gente de que certos caras que pensamos serem nossos amigos na vida real. Força nisso meu amigo! ^^

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway