Google+ Estórias Do Mundo: Pérsia: Bagoas, o Príncipe dos Eunucos

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Pérsia: Bagoas, o Príncipe dos Eunucos

, em Natal - RN, Brasil


Bagoas, ou Bagoi (em persa), é o nome do eunuco mais famoso da história da Humanidade. Ele não era, no entanto, muito conhecido até o lançamento do famoso romance, O Menino Persa, de Mary Renault, que rapidamente atingiu as listas de best sellers. Referências ao eunuco nos documentos da Antiguidade são poucas. Na verdade, há apenas três, confinadas nos escritos dos historiógrafos romanos Quinto Cúrcio e Plutarco, e o general grego Ptolomeu.
A referência mais antiga é de Quinto Cúrcio e diz: "Entre os presentes estava Bagoas, um eunuco de qualidade singular na flor da juventude, a que Dario estava familiarizado (adsuetus) e logo Alexandre também se familiarizou. Foi principalmente por suas súplicas que Alexandre perdoou Nabarzanes" (CQ 6.5.23). Cúrcio está falando aqui sobre o assassinato de Dario por Nabarzanes, este mata o rei persa, e se prostra de joelhos rendido a Alexandre. O traidor persa oferece então inúmeros presentes ao conquistador grego, inclusive as esposas do rei e seus eunucos, isto é, todo seu harém. Cúrcio deixa claro em outro trecho dos seus dez livros sobre a vida de Alexandre, o Grande, que os haréns persas eram abastecidos de concubinas e de eunucos que, ao contrário do que se costuma dizer nas histórias que chegaram a nós advindas do mundo árabe, não era protetores das mulheres e que não eram castrados para evitar que eles traíssem os sheiks com suas inúmeras esposas, os eunucos persas participavam dos haréns como parte das esposas do imperador. Os reis persas como Dario, Xerxes, Ciro e Artaxerxes, todos, tinham entre suas esposas, isto é, casados de certa forma porque o casamento real era apenas com a primeira esposa, as outras eram concubinas e os homens eram seus eunucos, mas em situação de igualdade com as concubinas.
É importante lembrar, no entanto, que os eunucos persas são castrados na adolescência ainda. Isso impedia a mudança do corpo causada pelos hormônios da adolescência transformando o corpo desses homens numa versão de aparência sempre infantilizada, digamos assim, imberbe e de aparência feminina e delicada. Estes eram educados com esmero. Aprendendo o protocolo e regras da corte persa, uma das mais rígidas do mundo antigo; mas também aprendendo a ler, escrever, matemática, tornando-se normalmente administradores dos bens do rei. Contudo, no caso de Bagoas, ele também era um exímio dançarino. 
É Plutarco quem conta essa parte da história. Cúrcio afirmou que o regicida entregou Bagoas de presente para Alexandre, como dissemos, mas este deixa o seu harém na Hircânia, a beira do mar Cáspio, enquanto parte para tomar a região da Carmênia, uma satrapia já dentro do atual Irã. É na Carmênia, meses depois, que acontece a segunda aparição de Bagoas. Ela acontece quando o exército de Alexandre recebe suprimentos oriundos da Hircânia e eles comemoram as Bacanálias em nome de Dioniso. Plutarco narra o encontro em Vida dos Varões Ilustres: "Diz-se que enquanto estava bêbado, ele (Alexandre) observou o concurso de dança, no qual, em meio ao coro, estava seu amante Bagoas dançando e, depois de ter sido declarado vencedor, voltou do teatro e sentou-se com ele. Vendo isso, os macedônios o aplaudiram e gritaram pedindo um beijo, até que Alexandre, jogando os braços em torno dele o beijou amorosamente". (Alex. 67.8).
Bagoas era o preferido de Dario III. No entanto, ao conhecer Alexandre ele não havia ainda começado uma carreira política na corte persa, como inúmeros outros eunucos haviam feito antes. Seu poder se limitava apenas a receber favores diretos do rei. Este favoritismo, obviamente, despertou inveja, o que fazia com que se dissesse sobre ele, tanto na época de Dario, quanto com Alexandre, que "um eunuco havia governado a Pérsia antes e agora governava outro", em referência a um outro eunuco também chamado Bagoas, que se tornou grão-vizir do imperador Artaxerxes III, por volta do século IV a.C. Cúrcio inclusive conta que chegando Alexandre a capital persa, a Babilônia, o sátrapa Orsines dá ao novo imperador e a todos os seus amigos presentes inimagináveis. "Para Bagoas, o eunuco, que serve Alexandre com seu próprio corpo, nenhuma honra é paga". (QC 10.1.26). Bagoas se sente humilhado. Orsines o chama de prostituto. O eunuco então usa sua influencia e recruta uma série de falsos testemunhos que destroem a reputação do sátrapa e forçam Alexandre a retira-lo da posição que ele tinha, fazendo-o cair em desgraça. 
Discute-se entre os historiadores se os eunucos tinham a mesma situação social de escravos ou se eles estavam equiparados legalmente as mulheres. Questiona-se sobretudo como esses meninos são expostos a esta situação de castração: eles seriam vendidos por sua família? Tais discussões estão sempre atreladas a um preconceito machista de que somente uma família em situação de desespero permitira que um filho homem seu fosse colocado nesta situação de desvirilização. Todavia, não é o que parece. A situação de todos os eunucos que aparecem na história persa é sempre de homens que tinham um excelente status social o que poderia perfeitamente ser desejável para uma família. Seria um excelente forma de, por exemplo, manter-se ativo no ambiente cortesão da capital persa criando seu filho desde muito cedo para ocupar um lugar de destaque como eunuco do imperador ou de um sátrapa de uma cidade ou mesmo de um comerciante rico, por exemplo. 



26 comentários:

  1. Adoro suas crônicas... muito show!

    ResponderExcluir
  2. Quero comentar sobre o post anterior com um link:

    http://delas.ig.com.br/colunistas/questoesdoamor/a-nova-expressao-dos-gays/c1597770401400.html

    Esse link pode explicar o comportamento do tal garoto, mesmo que eu ache que ele não se aplique a todas as pessoas (mas, quem sou eu pra contradizer um psicólogo, tendo em vista o pouco que eu sei sobre essa linha de pesquisa?)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, meu querido amigo, esse artigo está falando da década de 80, desatualizadíssimo de qualquer pesquisa sobre homossexualidade feita nos 30 anos que se seguiram. Desatualizadíssimo! Aonde que gay americanos usam bigodes e roupas de couro ainda? hehehe

      Excluir
  3. Se captei a essência, eunucos eram escravos, ainda que com eventuais privilégios em relação à massa. E não estavam nessa condição, a maioria deles, por motivos e em decorrência de forças que nada tinham a ver com sua natureza. Ou seja, admitido isso, seriam vítimas de um sistema que nem sempre lhes deixava opção de ser ou não ser. É isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei, Alex, que eles estavam nessas condições vítimas de um sistema, acho q sim. Eles eram vendidos muito jovens ou eram castrados por seus pais muito cedo também. Era uma decisão que estava além deles com certeza, mas não sei se podemos considera-los escravos. Eles eram vendidos, ok!, mas somente isso não os torna escravos, vejamos por exemplo a situação da mulher/esposa, ela também era comprada pelo marido que deixava com o pai da menina uma soma considerável, porém ela não podia ser vendida novamente como se fosse uma mercadoria, caracteristica mais importante do escravismo. A minha dúvida em relação aos eunucos é essa: não vi documentação falando sobre a revenda desses homens, muito pelo contrário, eles permanecem ao lado dos seus mestres até suas mortes e muitas vezes eram enterrados com estes como as esposas. Não existe prova alguma, mas eu acho que o status deles era muito mais próximo ao de uma esposa/mulher do que de um escravo.

      Excluir
  4. Muito interessante, posso pedir um tema para um post futuro?
    queria saber mais da messalina, sempre simpatizei com ela eheheehhe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas claro que pode pedir... seu desejo é uma ordem!

      Excluir
  5. Tipo... teu texto redondinho como de costume, claro. Agora essa parte de "seu desejo é uma ordem" se estende a todos os Fredericos?!?? Hahahahahahahaha! Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Uia! Não sabia que os Fredericos estavam com essa bola toda... hehehe... vou pensar num desejo bem desejoso pra fazer... hehehe! Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Oi menino
    Fiquei feliz por ainda constar de sua lista de blogs.
    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, Elian, vai que um dia vc resolve voltar.

      =)

      Excluir
  8. Desde quando seu ridículo eu disse a você que eu sou hétero? Mal-amado! Amargo! Infeliz! Isso é o que você é! Um infeliz, mal resolvido! Se eu soubesse que haveria a possibilidade de você comentar a minha postagem no blog do Junior eu nem teria enviado... Você é muito baixo cara, muito baixo.

    ResponderExcluir
  9. gente do céu! o que foi isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NUNCA CONVERSEI com você pelo msn. A única vez que trocamos algumas palavras foi quando você me perguntou a respeito da minha tatuagem e foi pelo chat do facebook... você tá viajando FOXX e muito! Fale com propriedade! Você comentava então as postagens do meu blog sem ler? É isso mesmo? Cara, que horrível! Parace que quanto mais a gente fuça, mais coisas ruins a seu respeito eu descubro. E sim, você é idiota pois age como tal, tentando diminuir os outros... Use a sua inteligência, porque você sabe que é muito inteligente e crie coisas construtivas, não esse tipo de farofa que você se acostumou. "Ai meu Deus, sou mal-amado, sou infeliz, ninguém me quer, blá blá blá... " Não desconte isso nos outros meu caro, você não ganha NADA com isso, absolutamente nada! A sua ironia me dá nojo! Assim como suas mentiras!

      Excluir
  10. Engula as suas mentiras FOXX!
    http://dslblog.blogspot.com.br/2011/10/algumas-verdades-sobre-os-gays-parte-um.html

    Leia os seus comentários e pare de fingir surpresa com algo que você sempre soube!

    ResponderExcluir
  11. Eu aceito todo o tipo de comentários. O problema é que você sempre foi a única pessoa que me tratou mal... só isso. Me incomodava e tem mais, eu não tenho você no msn... Quem me passou o seu facebook, foi o Mariposo, que te marcou em uma antiga postagem minha dizendo "O Foxx também tem facebook, o dele é Lenin Campos"... admita que está mentindo Foxx com intuito de me prejudicar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Fernando, eu estou mentindo apenas pra te prejudicar. De fato! Porque eu ganho MUITO te prejudicando! Pq eu falar que vc é hetero, q eu pensava q vc é hétero, prejudicaria vc de uma forma terrível. Com certeza! É exatamente isso e vc me descobriu.

      (isso é ser irônico viu? caso vc não saiba)

      Excluir
  12. http://i1184.photobucket.com/albums/z334/Fernando_Munhoz/MentiraFoxx.png

    Não, querido. Me chamar de hétero não me prejudicaria. Me fazer passar por mentiroso sim... veja o link que eu te mandei e tenha um pouco de hombridade... Será que você consegue? (Isso é ironia darling!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, senhor, a sua "prova" só diz que eu confundi MSN com bate papo do Facebook. E daí?

      Excluir
    2. Mas não foi papo do facebook... eu tentei te marcar numa postagem... porque uma época eu achei que você seria um grande parceiro de blog... e o Mariposo me falou qual era o seu face... Foxx, o fato de você achar que eu sou hétero, de confusão... nem me irrita... o que não suporto é passar por mentiroso. Simplesmente odeio que digam fiz coisas que eu não fiz, ou que disse coisas que eu não disse. Acho melhor ambos deixarmos de infantilidade e parar de uma vez por todas com isso. Pense melhor, apenas antes de apontar o dedo e ser irônico com as pessoas. Infelizmente, nem todo mundo é igual, nem todo mundo tolera certas coisas e eu sou assim mesmo, não gosto de desaforos, não gosto de tratar mal as pessoas, pois, não trato mal nem os meus cachorros. Na mesma proporção que sei brigar, sei pedir desculpas também, por isso, te peço desculpas pelas duras palavras e por favor esqueçamos um do outro, definitivamente. Gosto de agregar pessoas e não repelir, mas somos duas pessoas de opiniões muito fortes e nunca, jamais nos entenderemos. Então o melhor é fingir que um não conhece o outro. Fica com Deus.

      Excluir
    3. ok, Fernando, se é assim que vc deseja. Adeus.

      Excluir
    4. Nunca desejei assim, mas são as circunstâncias Foxx. Adeus.

      Excluir
  13. de qquer modo quanto mais liberdade sobre si mesmo, no sentido de ser respeitado, ser validado , melhor, acho que deve ser mega difícil passar pela experiencia de ser eunuco.maior desrespeito a pessoa, eu hem..

    ResponderExcluir
  14. Que maravilha de história. Houve um Bagoas! Jovens, belos e femininos eunucos chineses e persas 'enlouqueceram' imperadores e nobres. Bagoas sobreviveu a Alexandre sendo protegido pelo rei Ptolomeu na Alexandria até sua morte. Famoso eunuco foi também An te hai, íntimo, fiel à imperatriz Tzu Hsi na Cidade Proibida, século dezenove. Parabés!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou, Soraya, veja os outros textos também.

      Excluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway