Google+ Estórias Do Mundo: Fidelio

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Fidelio

, em Natal - RN, Brasil

Ato I

Conversando no MSN com um menino loiro e de sorriso encantador que conheci através do Manhunt.
- Você é de Natal?
- Sou. 
Respondo.
- Mas já morou fora?
- Sim, passei cinco anos morando em Belo Horizonte. 
Eu confirmo.
- Pois então você vai me entender. Eu não sou de Natal, e eu me surpreendo: o que acontece nessa cidade nenhum cara aqui quer namorar? Eles só pensam em sexo e depois do sexo... desaparecem. É impressionante. Quando você nota eles já sumiram e não tem como você voltar a ter contato com eles. Parece mágica.
Eu gargalho.
- É, eu também noto isso. Aqui as pessoas estão preocupadas com milhares de outras coisas... roupas, corpos musculosos, status... não tem espaço em suas agendas lotadas para se relacionar com alguém.
- É exatamente o que eu sinto. Que bom encontrar alguém que pensa como eu.
- E também alguém que não pensa como eles.
Concluo. Ele sorri do outro lado da câmera.


Ato II

- Foxx... eu preciso ser sincero com você. 
Diz ele depois que aviso que não tenho mais celular porque fui roubado e que por isso não poderíamos nos comunicar como de costume.
- Pois fale, meu querido.
- Você tem sido um fofo desde que nos conhecemos. Sempre atencioso e carinhoso ao telefone e aqui pela net. Mas...
- Mas?
- É que eu não estou preparado para um relacionamento com ninguém agora.
- Oi?
Fico sinceramente surpreso, afinal, eu o conhecera reclamando que ninguém nesta cidade estava disposto a namorar.
- É, cara, não consigo corresponder a forma carinhosa que você me trata, porque eu não estou preparado para me envolver com alguém de novo.
- Você não se sente preparado? 
Repito, mas na verdade queria dizer que ele provavelmente nunca tinha sido tratado daquela forma e por isso se sentia tão incomodado.
- É, fui muito machucado em outros relacionamentos, então não consigo permitir que você entre. Não consigo. É um bloqueio meu. 
- Entendo. Não gosto, mas entendo... 
Demoro muito tempo neste momento pensando o que vou responder. Até que em um rompante:
- Mas eu também tenho meus bloqueios, sabe? Fica difícil continuar investindo em alguém que afirma categoricamente que não vai me dar nunca nenhum retorno...
- Eu sei. 
Responde ele. 
- Sendo assim, acho que encerramos por aqui. 
Falo, e soa para mim um tanto quanto ríspido. Ele não responde, eu concluo:
- Boa sorte então para você, moço.
- Boa sorte.
E ele já estava on-line de novo no Manhunt.

26 comentários:

  1. Se conclui q foi só papo dele né? ele quer mesmo é ROSETAR ... [putz como este termo é velho ... rs] ...

    ResponderExcluir
  2. Fico com a frase de uma das músicas de Vinicius: "eu francamente já não quero nem saber, de quem não vai porque tem medo de sofrer..."
    Bjux

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondendo tanto o Paulo como o Elian, o fato é que é tudo conversa pra boi dormir. Queria somente sexo, mas não queria ser visto como objeto, apesar dele mesmo enxergar o sexo apenas como algo carnal/corporal.

      Excluir
  3. Ah... as "boas" e velhas desculpas esfarrapadas que os homens contam desde que o mundo é mundo... hehehe! Bjs!

    ResponderExcluir
  4. eu prefiro dizer que não curti, ser mais direto, do que ficar com desculpas.

    outra coisa, as pessoas podem estar a fim de namorar, mas precisam encontrar alguém que mexa com elas. se não foi o caso dele nem o seu, siga em frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem, Railer, sobre isso de encontrar alguém que mexa com elas, é preciso, antes de tudo, estar aberto para conhecer alguém que mexa com vc, e em segundo lugar é ter a maturidade para saber que se vc viu a pessoa uma vez e ela não mexeu com vc não quer dizer que com convivência ela não possa vir a mexer, não concorda?

      Excluir
  5. Vou morrer sem entender essa dificuldade, o que pretendem esses que fingem uma coisa que não querem.

    Gostei muito, e concordo, com seu comentário acima, (14/12, 15:28). Esperam um milagre em que não acreditam, e se esquecem que toda relação humana, ao lado do imponderável, sempre envolverá uma construção a dois. Príncipes, princesas, fadas e gnomos podem até existir. Nos contos de fadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que as pessoas entendem contos de fadas mto literalmente, por ex: para transformar o sapo em príncipe vc não tem que beijar o fulano? mas ninguém disse que era pra beijar somente uma vez, vc tem que beijar o sapo até ele virar um principe pra vc. hehehe
      em resumo, tem que haver investimento para que alguém se torne interessante a vc, tanto da pessoa em vc, quanto sua na pessoa, o problema é que ninguém quer se dar a esse trabalho, quer um namoro prêt-à-porter.

      Excluir
  6. Perfeito, Foxx, é isso mesmo.
    Somos educados -- melhor seria dizer deseducados -- a pensar que o amor existe por si, quando na verdade é uma construção. Nos ensinam que haverá sempre um amor mcdonald's, pronto e barato, quando um grande amor nunca deixará de exigir dedicação, persistência, construção. A dois.
    Felizmente, nem todos se iludem com mcdonald's...
    Há quem saiba que comer uma boa refeição exige semeadura, tratos culturais, colheita, preparo, e finalmente a refeição, e no dia seguinte começar tudo de novo, cada dia melhor, o mesmo plantio, com os dois renovados ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, vemos casamentos que duraram 40, 50, 60 anos e quando se pergunta a essas pessoas como elas conseguem é exatamente isso: dedicação, persistência, construção. Nenhum casamento, namoro, relacionamento suporta essa vida de fast food, em que tudo é rápido, barato e facilmente descartável, é necessário, sobretudo, saber consertar aquilo que temos e não jogar fora e fazer um novo. E, no caso, de conhecer alguém novo é dar espaço para que aquela pessoa te surpreenda.

      Excluir
  7. Tem gente que assim né? Enumera um monte de bloqueios para evitar uma relação mais séria, com medo de se envolver e sofrer, mas libera geral pra pegação sem afeto e vazia,sofrendo do mesmo jeito. O que acho estranho é ver que, atualmente, as pessoas estão dando pouco ou nenhum espaço para a ocorrência de uma relação afetiva de verdade, negando-se a oportunidade de enriquecer suas vidas com algo mais profundo que alguns centímetros. Parece que há dificuldade em aceitar o fato que, para se ter uma relação de verdade é preciso esforço, paciência, aceitação...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, eu sempre achei isso tb, que para haver um relacionamento nada cai no colo, é preciso correr atrás e se esforçar para manter um relacionamento, as pessoas foram iludidas com a ideia da paixão a primeira vista. Tem tudo a ver com essa sociedade de consumo rápido e descartável em que vivemos hoje.

      Excluir
  8. Difícil Foxx... Será que as pessoas estão mesmo buscando algo sério? Porque muitas vezes o que se vê é exatamente isso, alguém falando que quer namorar, mas sempre que surge alguma oportunidade a pessoa se esquiva.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O bom com essas pessoas é esfregar na cara dela como ela se esquiva.

      Excluir
  9. Já anotei as teus pedidos na lista de presentes... agora é só repassar ao bom velhinho. Mas a pergunta é: fostes um bom menino em 2012, Foxx??????? Hahahahahahah!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oui, mon cher Fred, j'ai été un bon garçon.

      Excluir
  10. A mesma desculpa de sempre "não estou preparado para outro relacionamento porque sofri no anterior". Sinceramente, estou cansado de pessoas dissimuladas. rs

    Beijo!

    ResponderExcluir
  11. Foxx:

    As pessoas estão promíscuas e vazias..quem foge a regra, se lascaaaa...rs

    Abraços meu querido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então é por isso que tow tão fudido, Edilson?

      Excluir
    2. Fudido não, FOXX. Você tá pagando o preço de ser você mesmo. O mundo não gosta de pessoas assim, que destoam da maioria.

      Excluir
    3. ah, isso é verdade mesmo, Anônimo...

      Excluir
  12. Foxx em francês?!? #asminapira!!!! Hahahaha! E como que o senhor ia faltar na TPMspectiva?!? #numpode, nzé? Hehehe! Gracias pela companhia neste 2012, Raposudo! Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Ah.. eu entendi que o cara não estava afim e estava sendo educado...

    Acontece, não? Ele não é nenhum mostro que só quer sexo, etc etc por ter feito isso, pelo menos não dá pra saber isso pelo que foi dito no post/comentários.

    Boas Festas!

    ResponderExcluir
  14. Bem, falei sobre isso esses dias... Give your heart a break. Mas enfim, se ele gastou um certo tempo e não desconectou na hora a rejeição não foi só "boa educação", mas sim MEDO. Acredito que ele tenha ficado com medo de toda sua (exagerada) gentileza. Cá entre nós, isso realmente assusta. "Conhecimento de causa". Tente relaxar da próxima vez, seja educado, mas não exagere na prestatividade (um exercício que vc terá de fazer a si mesmo), isso assusta a super maioria das pessoas.

    ResponderExcluir
  15. As vezes acho mais fácil ser eu! Nao tenho espectativa, nao quero casar, não quero nada, mas se por acaso alguma hora aparecer vai ser muito bem vindo e vamos ver aonda é que vai dar.. coisa complicada... esses viados...

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway