Google+ Estórias Do Mundo: Texto Que Me Envergonha

sábado, 15 de setembro de 2012

Texto Que Me Envergonha

, em Natal - RN, Brasil
Não me sinto bem escrevendo sobre isto aqui. Porque prevejo as reações que virão por causa dele. Posso ver as pessoas que vão dizer que eu estou enganado, posso ver as pessoas dizendo que eu não tenho motivos para dizer o que digo. Vão inclusive apontar minhas últimas postagens dizendo que as coisas estão melhorando. Sei que alguém vai comentar que eu não consigo ver o que realmente acontece ao meu redor e tem também aquele que vai dizer que tudo vai melhorar, que eu só preciso dar tempo ao tempo. Sinto-me mal porque sei que boa parte dessas pessoas estão corretas (menos aqueles que dizem que tudo um dia vai melhorar) e que eu não devia mais estar sentindo o que sinto. Afinal, se eu tenho tanta certeza que minha vida não vai ficar melhor do que já está, com um emprego que me permite ter o mínimo que preciso, sendo parcialmente dependente dos meus pais, com poucos amigos que se mantém sempre fisicamente distantes (a situação é: eu tenho amigos, mas nunca tenho a oportunidade de estar com eles), sem considerar que é impossível alguém gostar de mim, ou melhor, minimamente se interessar por algo que não seja somente sexo, se eu tenho essa certeza porque sofrer, não é? Basta aceitar tudo exatamente do jeito que é. 
A Segunda Nobre Verdade do Budismo conta que o sofrimento é o que acontece quando lutamos contra aquilo que a vida nos oferece, em fez de aceitarmos as nossas experiências e de nos abrirmos a elas, com sabedoria e compaixão. Siddharta Gautama, o Buda, dizia que os desejos sempre levam ao desapontamento e este sentir-se desapontado, como estou agora, é a causa de todo sofrimento humano. Buda pregava que se um ser humano fosse capaz de matar o desejo, ele estaria livre da influência do bem e do mal, e com isso ele seria feliz. E alcançaria o Nirvana, uma doce aniquilação de todos os seus sonhos. Trocando em miúdos, o que eu deveria repetir o tempo todo é: "Bem, isso não é o que eu quero, mas é o que eu tenho; então, tudo bem!", me envergonha, no entanto, ter esta consciência e, mesmo assim, deitar a cabeça no travesseiro e fazer sempre a mesma oração: "Senhor, tem misericórdia de mim e, por favor, encerra minha vida, esta minha merda de vida, esta noite. Permite, te peço, por compaixão, que eu não acorde quando o sol novamente nascer". 
Eu não devia agir assim. Eu devia agradecer por simplesmente ter os bons amigos que tenho, mesmo eles morando longe ou pouco fazendo questão da minha presença; eu devia agradecer por ter este emprego, que não paga o suficiente para que eu possa sair da casa dos meus pais e nem a altura do quanto eu estudei em minha vida; eu devia aceitar o sexo sem sentimento com pessoas que não desejam nem saber o meu nome. Devia aceitar tudo isso porque a única coisa que tenho e que posso ter, mas não consigo e esta é a causa de todo o meu vergonhoso sofrimento.

53 comentários:

  1. Eu não vou comentar nada mesmo não ...

    Mas te desejo o bem ... só o bem ...

    bjão

    ResponderExcluir
  2. Faço as palavras do Btratz, as minhas.

    ResponderExcluir
  3. eu fico tanto tempo sem vir aqui
    e quando venho é o mesmo mimimi de sempre
    afff viado, vê se cresce...

    ResponderExcluir
  4. Line, não fica assim rapaz, força,é apenas o que posso dizer no momentos,eu tb tenho essa fase.. mas passa...

    ResponderExcluir
  5. Foxx:

    Posso ser bem sincero? Acho que você acaba tornando-se seu pior inimigo agindo desta forma porque dificilmente você enxerga as coisas com a generosidade que deveria. Não, nada é perfeito mesmo, querido, não o ser humano não é maravilhoso em sua integralidade, mas por quê não encontra mecanismos de ser feliz e abandona tanto pessimismo e esta péssima mania de dizer que niguém jamais amará você, além de sexo? Você precisa trabalhar isto no seu íntimo.

    Abraço grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então Edilson, claro que vc pode e deve ser sincero, me faz um imenso favor sendo. Eu realmente tenho este problema, eu devia era agradecer pelo pouco que tenho porque como vc mesmo disse eu estou recebendo muita generosidade do universo, porém o problema é que eu queria mais, preciso realmente aprender que é isso que posso ter e aprender a ser feliz com isso. concordo plenamente. preciso descobrir esses mecanismos para ser feliz com o que tenho.
      agora, sobre alguém me amar. isso não é pessimismo, Edilson, é apenas a verdade. Eu realmente preciso trabalhar isto, trabalhar para que isso não doa mais e eu possa viver sem nenhum sofrimento.
      outro grande abraço.

      Excluir
  6. Melhoras Foxx..... melhoras!
    abraços

    ResponderExcluir
  7. Quantas vezes quero estar do seu lado e não posso :(

    Amigo, você começou a escrever o texto se desculpando. Para com isso!, o blog é seu, você escreve o que VOCÊ quiser. Só está desabafando mais uma vez, oras.

    Beijo, meu lindo! Te amo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, comecei o texto me desculpando pq tenho vergonha de escreve-lo, tenho vergonha de sentir o que estou sentindo agora, tenho vergonha de estar como estou agora...

      e eu sei q vc gostaria de estar mais perto, eu tb gostaria, mas é somente impossível...

      Excluir
    2. é impossível porque somos pobres.
      mas saiba que: em todas as minhas alucinações alcoólicas vc tá do meu lado :D


      não se desculpe pelo que sente, até porque vc tá expondo, então... lê quem quer

      Excluir
    3. sim, a impossibilidade é obviamente financeira... claro que sim.

      pois é, você entende que lê quem quer, mas sempre tem os anônimos que aparecem nesses momentos pra chutar cachorro morto...

      Excluir
  8. Quando vi o título pensei que tinha desistido de tudo mesmo e caído numa orgia bareback, mas foi mais tranquilo que isso, hehehe ^^

    Bom, vou com o Braccini, desejando o melhor, ou então o menos pior

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk
      e pq eu me envergonharia disso, Ma?
      nunca! eu talvez me arrependesse, mas não me envergonharia.

      Excluir
  9. Hum... você fala da Segunda Nobre Verdade. Mas, pelo formato do seu texto, me parece que você já está exercendo a Quarta Nobre Verdade. Estou equivocado? Acho que não... sei que você está no caminho certo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Quarta Nobre Verdade é: "Esta é a nobre verdade do caminho que conduz à cessação do sofrimento: é este Nobre Caminho Óctuplo: entendimento correto, pensamento correto, linguagem correta, ação correta, modo de vida correto, esforço correto, atenção plena correta, concentração correta.", eu não sei se estou no caminho correto, sinceramente eu não sei.

      Excluir
  10. amigo deixo aqui meu abraço apertado. A distância é mera fisicalidade. bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado pelo carinho, meu querido.

      Excluir
  11. Este é seu espaço e realmente você posta o que quiser, aliás se muitos te acompanham e postam comentários é porque seus textos os interessam ao contrário não haveria visitas aqui.
    Vou dizer o que já sabias deste texto. A vida melhora e muitas vezes com o crescimento íntimo, vai melhorar!
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ¬¬"
      minha duvida é: serei eu o iludido ou vc, Luiz?

      Excluir
    2. Para algumas dúvidas a resposta pode iludir mais sobre a verdade inteira Foxx.
      Sabe se lá quem está iludido realmente.

      Excluir
  12. FOXX, VC É DEMAIS.FICO IMPRESSIONADO COM SINTONIA QUE TENHO COM SEUS TEXTOS TÃO SENSÍVEIS.lEMBRESE-SE
    "E no meio de um inverno eu finalmente
    aprendi que havia dentro de mim
    um verão invencível."
    Albert Camus
    ATT,
    PAULO CÉSAR FERNANDES DE CUIABÁ MATO GROSSO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado, Paulo César, obrigado por seu comentário. É bom saber que tem quem goste do que eu escrevo aqui, muito obrigado pelo seu primeiro comentário, volte sempre.

      Excluir
  13. Eu já li em várias fontes diferentes que a sensação de que nada vai melhorar e de que nunca sairemos da situação em que estamos é um clássico sintoma de depressão.Porém para sairmos da depressão é preciso buscar ajuda e para fazer isso precisamos acreditar, pelo menos um pouco, que possamos melhorar...(que sacanagem).

    Você, se não me falha a memória, já disse uma vez que não gostaria de ir a um psicólogo por algum motivo que não me lembro ao certo, mas parece que foi a única coisa que você ainda não tentou.Se não o ajudar a melhorar, pelo menos será uma nova experiência.

    PS.: Só não falo que não custa nada porque custa$ rsrs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem, Anônimo, eu já fui a psicólogos sim, fiquei o ano passado todo em terapia, o que não adiantou de nada, nada mesmo. Porém, se uma coisa é certa, eu não sofro de depressão. No meu caso não é uma percepção minha de que as coisas não vão mudar, de que nada vai melhorar, isso só configuraria depressão se eu tivesse exatamente tudo que eu qro, se eu tivesse todos os elementos para ser feliz e não conseguisse. Um exemplo para ser mais claro: se eu tivesse o emprego q quero, tivesse meus amigos visitando minha casa e um namorado do meu lado e eu ainda achasse que minha vida está uma merda, ai sim eu teria uma doença; reconhecer que eu estou insatisfeito com coisas bem específicas da minha vida e não ver saída para resolve-las não é uma doença causada por problemas nos neurotransmissores do meu cérebro.
      Contudo, eu sei que eu preciso encontrar meios de viver a minha vida do jeito que ela é, e não sofrer por causa disso, por isso ao retornar para Natal eu abandonei as terapias convencionais, estou há 8 meses me tratando com musicoterapia, reiki e acumpultura, tentando melhorar.

      Excluir
    2. Seguindo por essa lógica eu devo ter outra coisa que não seja depressão, pois minha vida está bem longe de adequada principalmente no que se refere a relações inter-pessoais, meus neurotransmissores estão funcionando direitinho ao captar os estímulos externos...hehe.Pelo visto eu estava como uma ideia (odeio idéia sem acento) equivocada do que é depressão.

      Eu tenho uma noção muito vaga sobre o que é musicoterapia devido ao uma matéria na televisão.Mas acho que seria uma boa, música é a única coisa que me faz sentir algo mais intenso.

      Excluir
    3. Então, Anônimo, depressão é uma desequilíbrio químico no cérebro, se seus neurotransmissores conseguem absorver bem dopamina, serotonina e norepinefrina, por exemplo, vc não tem depressão. Esse desequilíbrio é tratado com remédios que repõem esses hormônios no seu organismo ou que ajudam o seu organismo a absorvê-los melhor.
      Uma tristeza porque sua vida tá ruim não é uma doença neurológica, é uma tristeza real baseada nos seus problemas, na sua vida, estes problemas existem e ou vc os resolve ou aprende a conviver com eles, a última opção é o que tenho tentado já que esgotei todas as minhas cartas na manga para resolvê-los.

      Excluir
    4. Quase que eu concordo com vc. Mas não se trata de depressão ser apenas uma "tristeza sem motivo real", sendo apenas orgânica... O diagnóstico de depressão envolve outros fatores (sintomas) e, dependendo da intensidade do quadro, a situação não se resolve apenas por terapia pela fala. Às vezes, para se alcançar um bom resultado em um prazo razoável (coisa de um ano e meio ou mais) é preciso a combinação psicoterapia + medicamentos.

      Enfim, depressão é algo que deve ser olhado com mais atenção, amigo... Cuidado!

      Excluir
  14. Bom, mesmo você achando que estou errado, vou bater na mesma tecla: dias melhores SEMPRE vêm. E caindo um pouco no mundo da religião, você já se perguntou porque Deus não atendeu (ou atende) suas orações? De fato, você deveria agradecer o que conquistou até então (tirando o último ítem, é claro)...

    Enfim, estamos aqui torcendo por ti.

    Abraços!
    PS: já apresentou sua tese de doutorado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, Peter, se falarmos de Deus, acho, que ele não atende minhas orações porque ele me quer sozinho e sofrendo, que todas as minhas tentativas de melhorar de vida foram sempre derrubadas por ele porque ele me quer exatamente no lugar que estou agora e sem mudar nada. Eu não concordo que eu deveria agradecer o que conquistei, mas que eu deveria aceitar o que eu tenho, inclusive o último item, o certo seria fazer isso, aceitar minha vida como ela é.

      apresento minha tese dia 15/10.

      Excluir
  15. Vc não deveria se envergonhar, eu acho. Vc sabe exatamente (eu acho rsrsr) onde está e no que gostaria de mudar sua vida (emprego, relação amorosa e financeira?).
    Poucos enfrentam a realidade com essa objetividade, e não creio que isso seja ruim. Se a situação te envergonha, saber o que não gosta nela deveria te orgulhar^^
    não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc não entendeu, Cris! Não é a situação que me envergonha, o que me envergonha é me sentir mal com essa situação. Eu devia era abraça-la e estar feliz por ter o que tenho, já que não vejo saída para mudar nada (nem emprego, nem relação amorosa, nem situação financeira) entende? Eu devia ser feliz porque muita gente está bem pior que eu, eu devia ser feliz porque tenho pouco, mas tenho alguma coisa sim. Me envergonha exatamente saber que, sendo incapaz de mudar a minha vida, não gosto dela.

      Excluir
  16. Olá Foxx!

    Nossa... Que complicado comentar esse texto. Eu concordo com quem diz aí em cima que você não precisa ter vergonha. Se é o que você sente, fale, permita-se, ao menos.
    Também vi que comentaram sobre depressão... Não sei, não te conheço bem pra chegar a essa conclusão, porém acho que o que você sente está mais próximo da melancolia, de uma dor menos "explicável", de existir...
    Eu não vou me atrever a dizer que tudo irá melhorar, já que você não concorda com isso, mas me deu muita vontade de te oferecer um abraço que seja ou então um ouvido atento à escuta.
    Tento me por no seu lugar e tentar ver um motivo para uma visão tão negativa, mas só você sabe bem o que sente e o por quê sente assim.
    Te desejo melhoras. De coração, cara.

    Se cuide e tente resistir. Pode ser que não venham dias melhores, mas quem sabe a dor seja amena com o passar do tempo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Freddie, como vai?
      Fico feliz que você se preocupe comigo. Sobre depressão, a doença, eu não tenho, agora minha terapeuta realmente me diagnosticou com melancolia. Foi exatamente esta palavra que ela usou quando me diagnosticou.
      Bem, sobre você não conseguir se colocar no meu lugar para entender o porque de eu pensar assim, então eu não tow conseguindo me expressar muito bem nesse blog, não tow conseguindo fazer você entender como eu me sinto. Mas de qualquer forma agradeço o abraço ou ouvido. E os desejos de melhoras! E de qualquer forma o que eu espero é mesmo que a dor fique mais amena com o passar do tempo.

      Excluir
  17. Não vejo motivos para te envergonhar. Vergonha mesmo é nego se sentir de um jeito e escrever de outro. Ser coerente é uma das tuas maiores virtudes, caríssimo!

    E tipo assim... a FoxxTur contempla em seu roteiro a "degustação" desse cafuçu típico que tem por aí?!? Hahaha! Hugz, fio e fooooooorça na peruca.

    ResponderExcluir
  18. Também não vejo motivos pra você sentir vergonha de nada.
    Te admiro sempre pela coragem com que escreve sobre suas dores.
    Não me cabe julgar. Apenas lembrar sempre de você com carinho, certo de que sua inteligência e seu espírito são e serão sempre maiores do que todos os problemas.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  19. agradecer pelas coisas é um primeiro passo. o segundo, caso queira mudanças, é trabalhar para que elas aconteçam.

    pense que, se algo está de um jeito que incomoda, o que pode ser feito para melhorar? na maioria das vezes a gente sabe e tem a resposta mas o custo de implementá-la dá preguiça ou é cansativo... daí resta reclamar ou então levantar a cabeça e seguir em frente.

    mãos à obra, rapaz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem, amigo, esse meu texto é exatamente falando que eu sinto vergonha de estar triste pq como eu não encontrei nenhuma forma para resolver meus problemas, e não quero ficar reclamando, eu tento levantar a cabeça e ir em frente, mas não consigo porque ainda dói pra caralho! minha vergonha é exatamente de tentar ir em frente e não conseguir...

      Excluir
  20. Eita!Porque denunciou o blog homofobianaoexiste ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. porque o considerei homofóbico por sustentar a ideia de que os homossexuais não sofrem ataques somente por sua condição sexual, ataques que eu mesmo já sofri.

      Excluir
  21. é um texto bem intimo, e não cabe a mim julgar ou comentar sobre a tua vida.
    Mesmo a gente não se conhecendo nem sendo amigos, te desejo felicidades e sorte na vida!!

    ResponderExcluir
  22. Oi ... Pois é, conhecer nossa realidade não é motivo de vergonha. Continuo me sensibilizando com seus textos. Somente gostaria de lhe pedir uma coisa ... Não pede para partir antes da hora mas também não aceite a situação. Faça o possível para mudá-la. Vai ... Tenta. E não será a distância que vai me impedir de lhe dar meu carinho. Não fica assim. Abraços !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu qrido... não tem como mudar esta situação, simplesmente não tem, a única coisa a fazer, que tem me doído muito fazer, é aceitar tudo o que tem acontecido.

      Excluir
  23. uai, se vc não vai ser vc mesmo aqui, então será onde? Melhoras.

    ResponderExcluir
  24. Meu caro... o dia em que tu for "burrinho" eu serei um protozoário nessa cadeia alimentar do intelecto... hhehe! Mas sim, a pessoa mencionada no texto está com um familiar no processo inicial do Alzheimer.

    Pode ter certeza que tu é uma das pessoas para quem confio "meus lados" para além do simplesmente divertido. Gostei muito mesmo do teu comment. Me senti "acarinhado" pela raposa... hehe! Gracias, querido!

    ResponderExcluir
  25. É, realmente é difícil mudar o comentário quando o discurso é o mesmo.
    Vc é bem estudado e sabe que na verdade se a gente não deseja nada e está feliz as coisas chegam pra gente com uma facilidade muito maior e foi neste sentido que Buda pode ter dito, não no sentido do que vc disse que deveria ser seu discurso.

    Agora alguém falar que deveria aceitar o que não quer e não gosta, por favor né... Se não gosta corre atrás de mudanças, se acha que tá ruim tenta outra coisa, se não deu certo tente outra...

    E sério, eu acho que vc deveria procurar uma psicóloga destas que a gente tem prazer em sentar e conversar, em contar as coisas, achando que aquela pessoa pode ajudar e está alí para isso. Acho que já perguntei, mas vou perguntar outra vez... vc já procurou?


    By: Otávio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Otávio, como vai?
      respondendo sua pergunta: sim, eu já procurei psicologos, e não adiantou de nada, porque ao contrário do que vc acredita não é possível mudar nada que eu não gosto... por exemplo, falemos do meu salário: eu gostaria de ter um emprego que pagasse melhor, por causa do meu doutorado as escolas particulares não se interessam em me contratar, então me resta um emprego público que paga menos do que eu recebo atualmente e como eu não tenho nenhuma outra formação além de professor não posso exigir nada mais do que um emprego para ensino médio. você poderia dizer que eu poderia fazer um outro curso, concordo, e tenho pensado nesta possibilidade, contudo isso vai requerer pelo menos mais 2 anos de estudo se for um curso técnico, o que é muito tempo, convenhamos, o que me deixa pelo menos preso por 2 anos.
      e mesmo assim as possibilidades não são tão infinitas assim que eu possa tentar, primeiro porque não sou tão jovem e segundo porque eu não tenho mais sonhos, sinceramente acho que me acostumar com o que eu tenho, mesmo não estando satisfeito é a melhor opção sim. Não é a opção que vai me fazer feliz, mas é a mais racional, já segui meu coração demais e só fui levado ao erro por causa disso.

      Excluir
  26. Me sinto como um desses amigos, porém distantes!
    Adoro você Foxx!

    ResponderExcluir
  27. http://www.youtube.com/watch?v=cn0S56WPkjQ&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  28. Mais músicas nos difíceis tempos é o que estou a recomendar, meu caro: http://www.youtube.com/watch?v=p-YhJopRwwY

    ResponderExcluir
  29. Nossa cara q bad!! A vida as vezes eh uma merda mesmo, e não vou escrever nada animador pois pelo menos eu - que sou infeliz a maior parte do tempo - detesto coisas do tipo "vai melhorar", "poderia ser pior", "enxergue o copo meio cheio", blablabla.. Porra!! Todos nós temos o direito de ficar depressivos e infelizes.. Sim, quero muito ser feliz, e espero conseguir um dia ser no mínimo 51%.. Agora, que me deixa impressionado o fato de pessoas totalmente sem recursos, sem instrução e sem esperanças de mudar de vida, serem muito mais felizes que eu, isso não posso negar. Chego a ficar com raiva de mim. Mas enfim, só lhe desejo forças p superar sua infelicidade e mantenha viva a esperança de que um dia será feliz. flws temais..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que vc me entenda, Bruno, muitas das vezes aqui nesse blog as pessoas não tem muita empatia pelo que passo e acabam não se colocando no meu lugar. obrigado pelas palavras e os votos.

      Excluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway