Google+ Estórias Do Mundo: "A Ordem das Árvores Não Altera O Passarinho"

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

"A Ordem das Árvores Não Altera O Passarinho"

, em Natal - RN, Brasil


Estava saindo do ensaio do coral quando o Tutz me manda uma mensagem no celular. "Você vai ao show de Tulipa Ruiz no largo do Teatro Alberto Maranhão?". Eu respondi que não sabia de show algum, e ele me explicou que se tratava do Agosto da Alegria, que comemora o mês do folclore na cidade, e seria gratuito. "Vamos comigo?", ele convidou e eu aceitei. Acabamos pegando o ônibus juntos e fomos conversando, comentando que "todas as hipsters da cidade" estariam neste show. Eu contava piadas sobre hipsters, sobre o mainstream e as bandas desconhecidas, sobre bigodes, gadgets e óculos wayfarer, até que chegamos a Ribeira e descemos do ônibus e demos de cara com um grupo de meninos vestidos exatamente como eu. Camiseta, bermuda um dedo acima do joelho, sapatilhas nos pés e bolsa carteiro. "Pois é", riu o Tutz de mim, "eu quero é ver você me chamando de indie, seu hipster!"

*

"Ah, eu não sou puta nada!", negou o Tutz, "Eu só estou curtindo minha solteirice por enquanto". Eu continuava dizendo que quem pega tanto quanto ele tem pego atualmente já estava bem próximo a puta sim, e ria, era apenas uma piada obviamente, quando passou um menino extremamente bonito do nosso lado e meus olhos o acompanharam, quando voltei a olhar para o Tutz, ele estava rindo: "Depois eu que sou a puta né?", e gargalhou. Eu contra-argumentei: "Ah, querido, mas eu não quero pegar! Eu olho por pura admiração estética, como quem admira uma obra de arte em um museu!". Ele riu: "Admiração estética? Sei!". E gargalhamos juntos.

*

Era um sábado cuja chuva deu um tempo apenas para o show de Alceu Valença no largo do teatro regado a cerveja por apenas R$ 2,00. Estávamos já no ônibus, indo em direção ao Parque das Dunas porque eu dormiria na casa nova do Miguel, que eu ainda não conhecia. Era uma visita que eu estava devendo. Íamos eu e ele, além do menino que ele estava pegando. Um dos vários pretendentes que Miguel tem. Vários! "Pois é, nós nos conhecemos há seis anos, Foxx", ele falava meio arrastado já por efeito do álcool, "e por isso me sinto no direito de falar o que penso a você". Eu concordei que ele realmente tinha aquele direito. "Pois a Taís achou que eu fui grosso com você quando falei que realmente você nunca vai ter um namorado aqui em Natal porque você não tem o biotipo que agrada o público natalense". Eu me interessei e vi que o ficante do Miguel estava um pouco constrangido, ele apenas continuou. "Você usa barba, tem pêlos, não é magro e nem sarado. Eu entendo e concordo que você deve ser do jeito que você se sente bem! Para você mesmo! Se você gosta do seu visual no espelho você 'tá certíssimo em, por exemplo, cultivar a sua barba. Mas que isso afasta as pessoas, afasta p'ra caralho!". Eu concordava com a cabeça e ele continuava: "É claro que é possível que nesse mundo de Deus haja alguém que curta o seu biotipo, porém nesta cidade em que vivemos é praticamente impossível!". Eu sorri, ele também. "Não que eu te ache feio, claro que não! Mas você não agrada a todo mundo e isso faz diferença porque reduz consideravelmente as suas possibilidades".

*

Eu saía da casa do Miguel ao meio-dia já para ir ao ensaio do coral, quando ele e o ficante resolvem ir me deixar no ponto de ônibus. Caminhamos na avenida pouco, e adiante vemos um homem por volta de 40 anos, carregando inúmeras sacolas, e resmungando alto. Ele nos olhava com óbvia reprovação, e quando passa por nós fala alto. "Antes nesse Parque das Dunas era só eu de viado, agora 'tá infestado!". Nós três nos olhamos, o tom de raiva do homem era claro. Nós então gargalhamos. "Isso tudo é inveja porque somos lindas!", comento.

38 comentários:

  1. Rs ! Tem coisa melhor que ter amigos ??
    Bom finde pra ti !!

    ResponderExcluir
  2. E você só se divertindo....rsrs... isso é bom Foxx.
    Beijos linda..rsr

    ResponderExcluir
  3. LindAAAAs... hahahahaha! Adorei Miami, Foxxito! Mega-findi pra ti, Raposudo!

    ResponderExcluir
  4. Bom final de semana para ti!
    Sai com amigos sempre pode ser engraçado ou agradável só por está com eles diante dos comentários entre amigos que sempre são aplicados e que se tem liberdade de falar.
    Bjus linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é o melhor de ter amigos não é, Luiz?

      Excluir
    2. Sim, esses preenchem lacunas da melhora forma

      Excluir
  5. Margot disse bem, se você se divertiu, é o que vale! Na parte do amigo 'bebado', de certa forma ele está certo mas não restrito a sua terra, né? Existe o tal padrão globalmente, mas há grandes exceções. No final, o que realmente importa - como ele mesmo disse - é você se sentir bem do seu jeito.

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, Peter, eu concordo. e o pior que ele está muito certo, e não pense que me considero feio, nem um pouco. me acho gostoso pra caralho, mas eu vejo que eu não faço o mesmo sucesso que eu fazia quando aos 21 anos eu era saradinho, sabe? aos 21 eu saia pra balada e pegava geral, hoje fico sozinho largado num canto. o que não me incomoda na verdade, é até melhor assim.

      Excluir
  6. E a Tulipa?
    Quanto a padrão estético, esquece. Geralmente quem não se fixa num só padrão tem mais a oferecer, em todos os sentidos. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, Wair, concordo. por isso que eu considero que as pessoas de Natal não tem muito o que oferecer, pq eles se fixam somente num padrão estético e só namoram por causa do padrão estético.

      Excluir
    2. PS: e a Tulipa é ótima!

      Excluir
  7. Nossa, gente.. Nego vai tentar consertar a gafe só se caga mesmo PUTA QUE O PARIU...

    Acho uma bobagem essa ideia de que vc não está num padrão de beleza "x" e daí vc nunca vai namorar. Ainda que isso seja de fato muito forte no meio gay, eu sempre fui gordinho (ou seja, fora deste padrão) e nunca deixei de namorar... Se seu biotipo fosse de fato um grande empecilho n receberia as flertadas que recebe.. O seu problema não está na atração e sim na manutenção... Nota 0 pra análise rasa do seu amigo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, ele sempre faz isso. hehehe
      mas a analise dele não é tão rasa assim, Gato, pq tem um outro elemento que ele levou em consideração mas não é citado aqui. Tudo bem que um cara olha pra mim e flerta, que ele queira me levar pra cama e tudo, mas ele não vai querer me namorar pq namorar tb inclui ele me apresentar aos amigos dele como namorado. E ai ele enfrentaria o julgamento dos amigos.
      Por mais que ele goste de um gordinho, por ex, de um careca, barbudo e gordinho, para ser mais exato, os amigos dele vão critica-lo pq eu não sou o kra sarado, porque eu não sou o tipo de namorado troféu. E isso é extremamente importante para Natal: é uma cidade que vive para e pela opinião dos outros.
      O que faz o fato de eu me sentir bem comigo mesmo e sair cagando pra todas essas convenções mais chocantes para todos eles.

      Excluir
    2. Engraçado... Só gente sarada namora??? Só gente sarada casa???? E essas pessoas são a maioria ai.... Não tem sentido...

      Excluir
    3. não, claro q não é só gente sarada q namora, mas aqui em Natal as pessoas preferem ficar sozinhas a não ter um trófeu para exibir. FATO!

      Excluir
  8. Gosto dessa habilidade de transformar os fragmentos e percepções do dia-a-dia em literatura. Esses seus textos de hoje, inclusive, estão mais leves.

    Infelizmente, Natal é como o mundo. As pessoas morrem de medo de conhecer aquilo que não é previamente aprovado pela maioria. E a maioria, infelizmente, não é pela essência. Alguns, muitos até chegarão lá, mas num momento em que não poderão rever muita coisa. Inclusive conhecer pessoas interessantes que rejeitaram, simplesmente por não se enquadrarem num padrão definido por alguns e adotado coletivamente.

    Ah, também adoro olhar por puro deleite visual.

    Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Alex, na verdade eu também já fui assim, afinal eu vivi em Natal e fui criado para ser assim também. Graças a meus méritos, no entanto, deixando a modéstia de lado, eu fui capaz de reconhecer que isso era errado e mudei, mas exigir o mesmo das pessoas é infantil, temos que aceita-los porque é assim que eles são.

      Excluir
  9. (1) Boua! Tutz
    (2) Boua! Foxxx. Admiração estética é tendência de academia. Já eu me derreto na padaria. Caralindodemorrer, hoje de manhã - sabe.
    (3) Pobre Miguel, mal sabe ele que você é tendência em Berlim? Era Berlim mesmo, o post de outro dia... Infelizmente não posso tirar a razão dele, sobre o gosto das pessoas... Torneado-malhado-sarado-gato
    (4) KKKKKKKKKKKKK, inveja das novas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Sou hipster! hauahauahua
      2) Entendo vc... hehe
      3) Pois é, tendência em Berlim, mas não em Natal. É um fato.
      4) Somos lyndas!

      Excluir
  10. Quando eu leio esse tipo de post é que eu percebo o quanto eu sou careta. Eu não consigo "me ver" em nenhuma dessas situações. Doidice isso, né?! Quanto a essa coisa de "padrão estético" acho de uma idiotice impar! Só quem não tem nada na cabeça se preocupa com isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, eu concordo, qm se preocupa com aparência não tem nada na cabeça. por isso mesmo que não tenho nenhum problema de auto-estima qndo digo q ninguém me acha interessante, elas q têm graves problemas por não notarem o qnto eu poderia ser um bom namorado.

      Excluir
    2. Sério que você acha que quem se preocupa com a aparência não tem nada na cabeça?Não esperava essa.

      Excluir
    3. anônimo, acho q vc não entendeu: alguém que procura pessoas APENAS pela aparência não tem nada na cabeça, entende? uma pessoa q escolhe quem se relaciona somente pela aparência externa não tem nada na cabeça. não acha?

      Excluir
  11. Ri mto com "Antes nesse Parque das Dunas era só eu de viado, agora 'tá infestado!"!!! Muito bom! rsrsrs... Quanto a sua barba, eu não ligo... rsrsrs... Brincadeira! Beijo, sua linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. brigado por gostar da minha barba, seu lindo!

      Excluir
  12. é os novos tempos trazem para fora do armário cada dia mais gays eheheh

    ResponderExcluir
  13. Hahahah, o melhor de todos foi a mona mais velha irada por ter perdido o ponto pros viados mais novos.. adorei...

    ResponderExcluir
  14. Oi ... Esterótipos. Eta coisa chata, idiota. Mas amigos são para nos dizer o que pensam, sem rodeios. De cara limpa. E fico alegre por você estar se divertindo. Tem que procurar isso mesmo. Agora, cá entre nós, nem sempre é legal chegar na balada e ser beijado igual a "anél de bispo". Abraços, como você mesmo disse, sua "linda" !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não entendi, qrido, "anel de bispo"?

      Excluir
    2. Oi ... Aqui para nós "ser beijado igual a anél de bispo" significa ser beijado muito, por qualquer um, atoa, por beijar. Consegui explicar? Abraço para você.

      Excluir
  15. Menino... sabe que aquele beijinho do JustinxAustin é tão bonitinho que me faz sorrir. De graça. P(h)ode? Hahahaha! Bjonas Foxx!

    ResponderExcluir
  16. Só não entendi a conexão do título com cada parte...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. simples: é uma música da Tulipa, e esses eventos não aconteceram nessa ordem, nem eu lembro a ordem que aconteceram.

      Excluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway