Google+ Estórias Do Mundo: O Positivo

terça-feira, 21 de agosto de 2012

O Positivo

, em Natal - RN, Brasil




Não acredito em pensamento positivo. Acho tudo uma bobagem criada para vender livros de auto-ajuda e convencer a Xuxa. Até porque acreditar em qualquer coisa que a Xuxa também acredite é sempre perigoso.  Mas de qualquer forma eu explico sim porque eu não acredito. Em resumo, eu não acredito que seus pensamentos influenciem a sua vida de forma alguma. Imaginem que se eu acreditasse, por exemplo, que vou ficar milionário e manter minha bunda sentada no sofá da sala, nada vai me acontecer para me tornar milionário (apesar que eu poderia receber uma herança, mas quais são as possibilidades disto acontecer? mínimas, não é?), agora eu acredito nas ações das pessoas. Acredito que se uma pessoa quer namorar, outro exemplo, e se dedica a conhecer pessoas, sair com elas, a pessoa pode pensar o quanto quiser que não vai dar certo que, um dia, é possível que dê certo, fruto da insistência e do trabalho (no meu caso, especificamente, isso não funciona porque eu não quero mais me dar ao trabalho, cansei de tentar! Eu, sinceramente, não movo mais uma palha seca que seja para conhecer um outro cara). Mas, repito, tudo o que acontece é fruto de nossas ações. Ações em direção a algo são os tijolos que controem as vitórias de cada um de nós.
Dane-se se você não tem fé, continue seu trabalho mesmo assim que algum resultado vai sair disso. Ou desista. Mas ao desistir é necessário saber lidar com o sentimento de derrota. Desistir causa um processo de luto extremamente análogo ao da morte de uma pessoa. Afinal, algo morreu, uma parte de você morreu. Vejamos meu caso, novamente. Vocês conseguem imaginar a quantidade de energia que eu depositei neste sonho de namorar um dia? Quanto eu planejei uma vida que incluía um namorado? E meu investimento afetivo? Quando eu voltei para Natal, eu finalmente desisti deste sonho e eu passei por todas as fases do luto. Fases dolorosas. Inicialmente eu neguei com veemência que isso era impossível, então eu saia com pessoas e tentava namora-las; depois me isolei, que foi o período em que eu criei o personagem do Heitor; o terceiro estágio foi o da raiva, em que eu ataquei todos, inclusive os amigos; depois veio a fase da barganha, que me fez procurar um psicologo e sentar com ele para descobrir como lidar com essa dor, tentando lidar com ela de alguma forma; por fim o momento de depressão que, não por acaso, coincidiu com a minha chegada a Natal, e agora, vejo, começo a entrar na fase final da aceitação, porque começo a me sentir bem. Eu começo a fazer um distanciamento: aquela é minha vida, sim, ela é uma merda; este sou eu, vivendo esta vida de merda, mas me sentindo bem apesar de tudo isso.
Acho que estou em um começo, ou melhor, um recomeço. Uma fase nova que vem a envolver sobretudo a percepção que é possível que eu namorasse, apesar de todas as experiências negativas que eu tenho por aqui, porém como eu estou em Natal isto se torna impossível porque este meio ambiente não é favorável. Também envolve a percepção que, não obstante, eu ter mudado consideravelmente desde que juntei minhas coisas em duas malas e embarquei em um ônibus rumo a capital mineira, eu voltei para o exato mesmo ponto que eu estava quando tinha 27 anos, recebendo seiscentos reais de salário mensalmente e vivendo sob a tutela dos meus pais, sem amigos e sem namorado; eu mudei, de fato, porque agora sou capaz de aceitar o mundo que eu me julgava deslocado, hoje eu percebo que ele é o único em que eu posso viver.
Aviso que ainda dói,  mas apenas porque eu ainda estou muito machucado de todas as tentativas anteriores. Agora é só lamber as feridas e banha-las com unguentos já que não preciso mais caminhar. Finalmente algo de positivo.

50 comentários:

  1. Você me fez lembrar de umas músicas da Madonna que não foram lançadas oficialmente, mas que depois de um tempo vazaram.

    Little Girl (ou sua versão mais agitada, La petit jeune fille:

    http://www.youtube.com/watch?v=4yxmYJeaRYI&feature=related

    http://www.youtube.com/watch?v=_bL9VbXsE9g

    http://letras.mus.br/madonna/1747815/

    E também Keep the trance:

    http://www.youtube.com/watch?v=AqEdEHPEfPg

    http://letras.mus.br/madonna/1175297/traducao.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sinceramente, me emocionei...
      obrigado pelas palavras, ou melhor, pelas letras de música, vou baixar e ouvir ao acordar. =)

      Excluir
    2. A Madonna sempre tem algo a nos ensinar... Marcou muito minha vida.
      Já tinha ouvido as duas músicas, mas não conhecia a versão agitada de Little Girl.

      É Foxx, pense nisso:

      "Follow your heart and you'll be fine
      Follow your dreams and take all over time that you need"

      "Young girl, young boy
      Open up your heart
      That is what you're born for
      If you wanna change you've got to
      Keep the trance, keep the trance

      Hey you, old man
      Remember this
      None of this is real,
      Including how you feel that's why you
      Keep the trance, keep the trance, keep,keep, keep

      Hey you,
      Love yourself
      If you never can
      Love anybody else,
      You can keep the trance, yeah"

      Nunca tinha prestado atenção de verdade... Muito boas.

      Excluir
    3. pois é, obrigado por essas palavras.
      eu não posso mais seguir meus sonhos pq eles se desfizeram, então isso não dá pra fazer, mas dá sim pra abrir meu coração para o que eu nasci para, pq pra dizer a verdade meu grande sonho sempre foi fugir do lugar que nasci e onde TENHO que ficar, deste lugar solitário, desta vida que nasci para viver, agora só me resta desistir e aceitar este destino.

      Excluir
  2. Bom dia e muitos pensamentos positivos
    A nossa vida avança pela coragem que nos anima e que vivemos no nosso interior. É preciso acreditar e lutar sempre pelas coisas que desejamos para a nossa felicidade.

    Não acredito na lotaria mas acredito na luta, no trabalho e na persistência para ter mais alguma cosa para mim e a minha família e amigos.

    Nunca devemos partir derrotados mas acreditando que somos capazes e que se outros conseguiram também conseguiremos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. começo o texto dizendo q não acredito em pensamento positivo e vc me deseja pensamentos positivos? vc não sabe conquistar uma audiência hein? mas vamos lá...

      1) "é preciso acreditar e lutar sempre"? pq? pq eu não posso desistir? perder a fé? pq não?
      2) tb acredito na luta e no trabalho e na persistência, mas acredito PRINCIPALMENTE na inteligência, na inteligência de perceber que é uma perda de tempo e partir para outra.
      3) concordo, nunca devemos partir derrotados, mas se chegarmos a um ponto que estamos derrotados devemos reconhecer a derrota honrosamente e se retirar do campo de batalha.

      Excluir
  3. |Foxx, quem sou eu para discordar, afinal, vc se conhece mais do que nós, certo?

    ResponderExcluir
  4. Bom, acompanho seu blog sempre que posso e realmente gosto muito dele, está nos meus favoritos.
    As escolhas nunca são fácies, ainda mais com as renúncias e o sentimento depois de que se tivesse escolhido outro caminho seria diferente.
    Não concordo com você quando diz sobre o pensamento positivo. Acho que a questão não é viver numa falsa alegria e sim de forma boa. Aceitar você e as situações e partir daí. A vida vem de altos e baixos. E principalmente de escolhas. Acho que no caso do pensamento positivo é escolher viver bem, apesar de tudo. Você melhor do que ninguém sabe das ambiguidades da vida e por isso deveria ser capaz de olhar coisas construtivas em tudo ao redor e não só derrota. Também não gosto de fórmulas mágicas, mas acredito que existem duas formas de viver, ou bem ou mal. Você pode escolher, independentemente de sua situação. Este seria um tipo de conversa longa em alguma mesa de bar. No final é culpa nossa, de Hollywood, de comerciais de televisão, de TV a cabo e etc. Sempre buscando algo fora, seja na felicidade ou desgraça alheia, para tornar nossa vida miserável um pouco suportável. Mas fica uma dica, se tudo estiver errado, senta em um banquinho e espera que passa, não se esquecendo de olhar pela janela. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom, Rodrigo que vc gosta do meu blog. espero de verdade que vc volte sempre para ler e comentar.

      eu discordo que pensamento positivo é escolher viver bem. isso não quer dizer pensamento positivo. dou-lhe um exemplo: eu escolho viver bem, mas no meu caso escolher viver bem é exatamente desistir dos meus sonhos pq eles NÃO VÃO se realizar, se eu me mantivesse preso ao pensamento positivo, acreditando q eles vão se realizar e tentando realiza-los só sofreria muito mais. então, no meu caso, obviamente, viver bem e pensamento positivo são coisas completamente opostas.
      tb digo a vc que nem sempre as coisas passam. algumas coisas foram feitas para ficar, e muitas delas não são boas.

      Excluir
  5. São as ações que comandam o pensamento e não o contrário (esse o grande “erro” de Descartes). Lamber feridas é ótimo. Quanto a precisar caminhar, eu não fecharia questão... estar aberto me parece ser sempre a melhor escolha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. um sábio que concorda comigo, finaly! =)

      Excluir
    2. Eu tenho uma questão: essa sua afirmação “agora sou capaz de aceitar o mundo que eu me julgava deslocado, hoje eu percebo que ele é o ÚNICO em que eu posso viver”, a meu ver, não combina minimamente com essa do Lucas... “Quanto a precisar caminhar, eu não fecharia questão... estar aberto me parece ser sempre a melhor escolha”. O único, seja ele qual for, é incompatível com a existência de possibilidades, sem as quais não podemos ter a prerrogativa da escolha.

      Excluir
    3. sim, Cesinha, vc tem razão. e eu não concordaria com o Lucas se não soubesse que no discurso dele está pressuposto a possibilidade de escolha, mas quando este pressuposto não é aplicável, isto é, não há possibilidade de escolha, como afirmei que não há para mim, então não adianta caminhar. o fato do pressuposto dele não ser aplicável a mim não torna o argumento dele errado, eu concordo com o argumento, somente o torna não aplicável ao caso.
      entende?

      Excluir
  6. Nem sempre damos o mesmo nome à mesma coisa. Sou uma otimista incorrígivel. Talvez alguns chamem isso de "pensamento positivo", eu só não me conformo em passar por algo, por pior que seja, e não aprender como fazer melhor da próxima vez...então, acabo achando que as coisas vão melhorar. Ainda que por vezes tenham piorado...fazer o que?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, não, qrida, otimismo e pensamento positivo são coisas diferentes, acho lindo o otimista, coisa fofa que da vontade de apertar, pq até este vai reconhecer que algo deu errado e tentar observar o que aprender com isso. Aquele que acredita no maldito pensamento positivo nunca reconhece que algo deu errado, é ele que sempre pensa que precisa tentar mais, mas vc não concorda comigo que ÀS VEZES é necessário parar e dizer: "é, não deu!"?

      Excluir
  7. "Pensamento positivo" é um terminho desprezível mesmo... hehehe! E agora: "Até porque acreditar em qualquer coisa que a Xuxa também acredite é sempre perigoso" foi bálsamo pro's meus olhos... hahahahahahahaha! Foxx, tu é rei!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc que é, cheio de súditos que admiram vc de joelhos! e ainda concorda comigo! =)

      Excluir
  8. Pensamento é a força propulsora. Ação, a consequência.
    E a vida, a soma disso tudo com o desconhecido, que posso chamar de acaso. Enfim, um dia após o outro. E só! Uns dias bons, outros nem tanto.
    Acho que ficamos todos muito presos a padrões. Só posso ser feliz se for assim ou assado. Quem disse que uma pessoa não pode ser feliz sozinha (no sentido de não ter um parceiro) Tudo na vida é adaptação.
    Agora, se a pessoa não quer, e não precisa viver sozinha, é outra história. Mas só a própria pessoa pode saber disso. Até porque, mesmo que o meio diga outra coisa, se ela não acredita, não haverá pensamento propulsor, nem ação...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tai uma coisa q não entendo: "Uns dias bons, outros nem tanto.", pq vc não fala: "uns dias bons e outros ruins"?
      e eu discordo de que o pensamento seja sequer uma força, então nem da para argumentar com vc, é como se eu tentasse convencer um ateu que Deus age na vida dele. é exatamente o mesmo grau de distância, pra mim o "pensamento positivo" não passa de uma maneira enganadora de culpar alguém pelo seu próprio fracasso, "vc que não desejou o suficiente", "vc que não manteve seu pensamento positivo", é chantagem emocional.

      Excluir
    2. Eu pensei ter falado em pensamento, não em "pensamento positivo". Mas acho que nessa altura, isso é absolutamente irrelevante.

      Excluir
    3. sim, mas pensamento positivo ou negativo não gerariam forças positivas ou negativas? ou vc tá falando de outra coisa?

      Excluir
    4. Geram forças, que se convertidas em ação, podem resultar em coisas, boas ou não. Pensar positivamente, realisticamente, é uma coisa. Pensamento mágico é outra.

      Excluir
  9. Foxx... não imagina o quanto gostei do resultado desse post. "Algo positivo está acontecendo"..é seu resumo. Rapaz... dai pra frente muito mais coisas positivas podem acontecer. Depende de como vc falou (e agora com a plena consciência do caso) de seus atos...
    Uma hora dessas, a coisa do namoro da certo Foxx, pra vc e quem sabe...pra mim,....rsrrsr
    Beijos querido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, Margot, algo de positivo está acontecendo, mas somente porque eu abandonei minhas fantasias adolescentes de namoro e tal, preciso aprender que eu não tenho "direito" a isso e não adianta exigir do universo/Deus/sorte/destino algo que nunca me pertenceu. essa consciência que me permite ver algo de positivo no mundo.

      Excluir
  10. * PRIMEIRA PARTE DA MINHA RESPOSTA (que, na verdade, é a segunda parte): se vc encontrou um caminho de viver com menos agonia, isso deve ser bom...

    * SEGUNDA PARTE DA MINHA RESPOSTA (que, na verdade, é a primeira parte): http://soumundano.blogspot.com.br/2011/11/isso-nao-e-o-segredo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, eu acho q estou encontrando um caminho sim, Cara Comum. acho q sim.

      Excluir
  11. Como diria minha Mãe "Vai a luta dos seus sonhos, meu filho, que esperar não vai te dar futuro ou você quer ficar assim para sempre?". Simplesmente pensar positivo não dar vitória a ninguém, estamos numa luta difícil e temos que dar a cara a tapa para provar de tudo e assim compreender e ter o que de positivo na nossa vida.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, eu realmente faria isso há 5 anos atrás, mas hoje eu respondo pra vc com absoluta certeza, Luiz: eu já fui derrotado em todas as lutas, amigo, e agora eu sei que vou ficar assim para sempre.

      Excluir
  12. Considerando tudo que vimos, lemos e observamos aqui... Entender que o jeito é sobreviver no meio em que estamos, não importa qual seja é algo de grande valia...

    Ninguém vai a luta, sem antes entender sua atual posição... por pior que esta seja... entender que Natal + a casa de seus pais + suas ocupações são seu ambiente sua vida é o principal ponto aqui meu querido...

    Veremos os próximos capítulos... Sorrisos, tenho esperança de que algo ira mudar!

    Agora o senhor nos últimos dois posts anda cheio de galanteios a minha pessoa, to de olho... Hahaha

    E amei ver o Mika por aqui ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tá vendo, isso é um comentário atento ao q eu escrevo, nem concordou comigo, mas levou em consideração o que eu disse...

      e eu sempre galanteio o senhor
      pq o senhor é a coisa mais linda desta blogosfera.

      Excluir
  13. O meu preto... Sempre estou a ouvidos pra vc... pode não parecer.. rs.. Adoro seus galanteios mesmo não os entendendo.. hahaha

    E sim ja conversei durante a terapia... a Grande questão é... Eu quero estar com eles, mais não quero me acomodar! dificil demais não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então eu sugiro q vc espere um pouco, pq qndo vc estiver com vontade de sair, ai vc sai, sem pressa.

      Excluir
  14. Fox:

    Acho que é um conjunto de coisas: fé, sorte, trabalho, trabalho e mais trabalho. Dedicação total a tudo que se faz o resto vem de Deus.

    Abraços, querido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então não é só pensamento positivo né?

      Excluir
  15. Foxx,

    1. Parabéns atrasado. Não é relevante porque não o conhecia (?!) até hoje.
    2. Adorei sua forma de escrever. Sua descrença e tom melancólicos, sem pesar no sofrimento, são (aos meus olhos) interessantes e divertidos.
    3. Você é de Natal também?! Um absurdo da coincidência! Precisamos marcar uma margarita-vodka-cerveja qualquer dia desses.
    4. Continuarei lendo. Achei super pertinente sua visão de vida, pela visão da nossa cidade e por achar que mais alguém consegue ver o óbvio (que só é óbvio depois que vemos) das pessoas e relações daqui.
    5. 31 anos são legais. Já deu tempo de viver o luto pelos sonhos e esperanças projetados nos 30 ("a idade do sucesso"), e começamos a acreditar que os 40 são os novos 30, e fazemos NOVOS planos de uma vida feliz e frutífera no futuro...hahaha
    6. Falo demais. Mal de todo psicólogo, já que não podemos falar tanto enquanto trabalhamos.

    E só.

    Beijos do Alex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gente, qntos elogios. que ótimo saber que tow agradando assim.

      Excluir
  16. Devem ser bem bacanazzz os filmes, nzé? Súditos que me admiram de joelhos é boa... hahahaha! Djuuuuuura, né? Hugz!

    ResponderExcluir
  17. concordo que ficar parado esperando as coisas acontecerem é burrice, a gente tem que fazer por merecer. mas a questão do pensamento positivo é mais um lance de energia mesmo, de se cercar de pensamentos e coisas boas, pra atrair mais disso pra você. afinal, tudo que a gente faz para o outro, tudo que a gente deseja para o outro, volta pra gente, pode ter certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tudo o que a gente faz pro outro volta pra gente, fato, mas o que mais me incomoda nesse papo de pensamento positivo é exatamente esse papo que somente a Xuxa pode acreditar de energia, Railer, me desculpe, mas essas energias não existem, e não influenciam em nada o seu destino.

      Excluir
  18. Eu admiro aquelas pessoas que conseguem fazer positivo de (quase) tudo que é negativo. Então, se essas pessoas existem e elas podem ter essas ações, existe sim uma forma de pensamento positivo, mas é claro que o pensamento precisa de uma ação, para que o mesmo seja válido e não passe de um sonho/desejo.

    Acredito que gastamos tempo demais procurando um "amor" e esquecemos quem somos. E talvez por não sabermos exatamente "quem somos", não descobrimos (ou não conseguimos enxergar) tão fácil o tal "amor".

    Noto que você aos poucos "tenta" se disarmar (lembra? http://www.youtube.com/watch?v=d1acEVmnVhI), mas ainda não chegou lá... Só acontece quando você for feliz do jeito que é. Mas não exatamente aceitando a derrota, e sim, dando mais um passo em direção ao que poderia ser...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem, pra mim... ser feliz é me aceitar do jeito q sou sim e, neste caso, é aceitar a derrota sim, infelizmente, poq não existe mas nenhum passo a dar em direção de nada.

      Excluir
  19. saudades....bom ver esss visual novo..... bj

    ResponderExcluir
  20. Pensamento sem ação é sonho... Pensamento positivo na minha concepção é utopia, temos que pensar em como agir e para conquistarmos o que queremos e da forma que queremos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e ser racionais o suficiente pra qndo reconhecermos que algo não vai rolar saber o momento de desistir.

      Excluir
  21. Adoro essa música. Mika é muito bom!!!

    ResponderExcluir
  22. O "tio" é gaton mesmo, nzé? Boa quinta, raposa!

    ResponderExcluir
  23. Eu tenho pra mim que discutir qualquer assunto contigo deve ser uma experiência única... hehehe! Quando eu usar a FoxxTur vou querer mutchas argumentações... Hugz!

    ResponderExcluir
  24. Oi ... Nunca deixo de acreditar. Sempre será possível que dar certo porisso não deixo de tentar. Este é meu pensamento positivo. Abraços !!!

    ResponderExcluir
  25. >Foxx, definitivamente nao concordo com vc em nada deste post. Nada. Isto é difícil, ainda mais com a retórica que vc tem, mas quer saber, se vc desistiu vc fica sentando em casa, e para falar a verdade esperando que alguma coisa caia do céu e mude tudo. Isto sim é desistir. Até pq se vc nao ficar sentando no sofá com um pingo de esperança de mudança qlqr pessoa se mataria, pq nao dá para suportar uma vida de merda e sem nada e sem acreditar num remédio, que seja milagroso para isso.:

    E se vc tem o pensamento positivo, vc acaba além disso colocando a cara a tapa, fazendo as coisas funcionarem, com a simples mudança de atitude as coisas que antes, sentando no sofá, pareciam impossíveis chegarem fáci, fácil. Ou difícil, muito difícil até, mas com um caminho até gostoso de percorrer.

    E mais que isso, acho que vc nao desistiu coisa nenhuma, nao tem muito tempo vc passou a escrever de alguém (um blogueiro) se nao me engano... e vc parecia super feliz.. nao deu certo. Mas ficou claro que vc n desistiu. Vc está parado esperando pra gostar de alguém, isto nao é desistir. Qndo vem vc tenta!

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway