Google+ Estórias Do Mundo: Le Garçon Blond (pendre deux)

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Le Garçon Blond (pendre deux)

, em Natal - RN, Brasil
Sabendo que ele tinha namorado, continuei conversando com ele. Ele sempre me dizia coisas como que queria encontrar alguém para namorar, que era um rapaz sério e eu fingia que acreditava nele. Dava corda apenas. E ele falava, notei que este era o jogo dele. Ele gostava de me fazer sonhar com ele, gostava de me fazer acreditar que ele era o cara perfeito. Ele conversava sempre comigo no fim da noite, aparecia sempre domingo, ou seja, era nos momentos que ele estava carente por algum motivo que ele queria ouvir que eu estava interessado nele, que o desejava, que o achava bonito. Mas o problema destes cafajestinhos é que eles acham-se inteligentes demais e acabam por cometer pequenos erros. E, um dia, eu recebo uma mensagem pelo Whatsapp: "Ei, você é um antigo namorado do Garçon? Pois saiba que nós agora estamos namorado, eu pediria que você deixasse de mandar mensagens para ele". Eu gargalhei sozinho, ao ler. Recortei nossas mensagens mais antigas, na qual ele fala que era solteiro. E enviei para o tal namorado. Enfatizando a data e dizendo: "O que ele me contou é que era solteiro". Ele respondeu dizendo que não acreditava. Sou muito paciente, para dizer a verdade, e escrevi: "Olha, meu amigo, você tem todo o direito de não acreditar, mas quem está sendo traído aqui não sou eu, ok?". E mandei mensagem para ele. "Seu namorado acabou de mandar uma mensagem reclamando de eu escrever mensagens para você. Você achou mesmo que poderia nos enganar? kkkkkk". Ele, obviamente, não teve coragem de responder.
Pelo menos não por duas semanas. No Facebook, pelo menos, o namoro havia acabado. Foi a primeira coisa que eu olhei antes de sequer responder sua mensagem pelo WhatsApp. "Menino, o que foi aquilo do seu namorado?". Ele começou a mentir. "Ele não era meu namorado, é um maluco que acho que gosta de mim, ele pediu me celular emprestado e viu nossas mensagens e ligou para você". Eu, simplesmente, não acreditava que ele estava mentindo com tanta cara de pau. Ele demorou duas semanas para inventar essa desculpa? Não falei sobre a rede social, era uma excelente fonte de informações, que ele poderia controlar se eu comentasse. Eu imaginei que ele deveria estar solteiro agora, mas seu comportamento não mudava em nada. Continuava falando sobre ser um homem sério, que estava procurando um relacionamento para casar, e me convidou para sair. Na verdade, sabendo que eu morava sozinho, convidou-se para fazer-me uma visita em um sábado a tarde. Disse-lhe então: "É sério que você não tem namorado? Eu não fico com caras que tem namorados, entende?". Ele jurou. "Cara, sou solteiro sim. Não tenho namorado!". Eu sabia que era mentira, mas resolvi aceitar. "Tá, aparece ai, que horas você quer vir?".

17 comentários:

  1. Respostas
    1. 'xeu te contar que você ainda vai rir muito dessa estória
      =)

      Excluir
  2. Quer dizer que cafajestinhos não tem chance com a Raposa?!?! #XATIADO agora! Hehehe! E cafajestão?!? Rola?!? Bom finde, Foxxito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, Fred, apenas eles não conseguem me enganar. Tive meus anos de cafajeste também para saber todos os truques. É como aluno que tenta colar, sabe? Como se o professor também não tivesse sido aluno também um dia e não consegui conhecesse os truques. E vc, de fato, é o cafajeste mor da blogosfera né?

      Excluir
    2. Eu?!? 'Magina, Foxxito! São teus olhos! Mas agradeço pelo elogio... hahahaha! Xêros!

      Excluir
  3. Respostas
    1. yap! estou de volta sim, Antônio, até abusar de novo e ficar mais um ano em celibato.

      Excluir
  4. E eu acho que o senhor, vai acabar caindo na dele, seja por vontade própria ou por se julgar mais esperto que ele... 😌

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem chance, querido. Não tem a menor chance mesmo. Porque eu ia me envolver com alguém que engana várias pessoas ao mesmo tempo e se acha esperto fazendo isso? Tem muita coisa errada no comportamento deste menino. Muita! Não tem a menor possibilidade de eu me envolver com ele.

      Excluir
  5. Curioso para saber no que vai dar essa estória.
    Bjux

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. prometo que você vai rir bastante, Elian.

      Excluir
  6. Tô amando sua atitude! Seria exatamente o que eu faria!!! Hahahahahaha

    ResponderExcluir
  7. O Final foi Ilário.... Parabéns pela página....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ficar ainda mais engraçado, Luan.
      Volte para acompanhar.

      Excluir
  8. Nossa, se parece tanto com algo que aconteceu comigo que quero logo saber o final! Como ainda tenho contado com o fulano quem sabe eu até me inspiro em vc hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkk
      pois se prepare para grandes reviravoltas,
      kkkkkkkkkkkk

      Excluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway