Google+ Estórias Do Mundo: A Vítima Ou O Gostoso?

terça-feira, 23 de agosto de 2011

A Vítima Ou O Gostoso?

, em Belo Horizonte - MG, Brasil
Sempre sou criticado, no MSN, no Facebook, no Twitter, aqui no blog, em suma, no meio virtual, como alguém que sempre oscila entre ser o coitadinho, que está sempre sozinho, que nunca encontra ninguém para namorar, e o gostoso que vai lá e mostra a bunda e as pernas, que sai e na boate pega três, que beija quinze em um dia de carnaval. A crítica, me parece, que existe porque um, necessariamente, cancelaria o outro. Porque se eu sou o homem que aparece nessas fotos, eu nunca seria o pobre coitado que não faz sexo. Ledo engano, meu caros! Eu não faço sexo! Fiz sexo uma única vez este ano! Eu não tenho vida sexual! Não tenho! Sou gay que não faz sexo, ou melhor, sou um gostoso que não faz sexo (pronto, morreu uma fada agora?). E sim, mais uma coisa, eu não tenho o menor problema de auto-estima: eu me acho bonito, gostoso, inteligente e interessante, acho!, mas tenho a percepção, graças a minha inteligência, que a visão que eu tenho de mim não corresponde a que as outras pessoas têm, dado ao fato que eu sempre estou solteiro. Desculpem-me todos aqueles que acreditam que basta você se amar e se valorizar que alguém vai ver isso em você. Mentira! Balela!
Um problema que os meus leitores, as pessoas que convivem comigo virtualmente, não entendem é que, por causa desse filtro da tela do computador, eu não sou responsável por vocês criarem uma imagem de vítima ou de gostoso de mim. O responsável por isso são vocês mesmos! Quando vocês leem um post em que eu pego tantos em uma boate e criam uma imagem de gostoso-pegador, a responsabilidade é unicamente de vocês, é sua interpretação do texto; quando eu mostro que apesar disso eu também sinto solidão, no post seguinte, e vocês apagam/esquecem o post mais antigo para substituir a imagem por um novo FOXX coitadinho, esse processo é de responsabilidade apenas de vocês como leitores. Não cabe a mim, aqui neste blog, prever a chave-de-leitura que vocês vão criar. Não pretendo aqui criar um personagem. Eu não sou nem A vítima, nem sou O gostoso. Não sou um ou outro. Não sou tão simples, tão estático. Eu sou os dois, ao mesmo tempo, porque sou vivo, complexo e, sobretudo, verdadeiro em cada palavra que coloco aqui. Novamente não cabe a mim decidir se você vai gostar do que lerá no Estórias do Mundo, cabe unicamente a você, meu caríssimo leitor.

34 comentários:

  1. Meu pitaco? Acho que o que "pega" é que seus escritos - única fonte que temos a quem você é - variam fortemente entre o 8 e o 80. Onde estão esses outros 72? Veeez em quando pinta o Historiador e dá um show! Portanto, se a imagem que fazemos é errônea a responsabilidade é pelo menos 50% sua sim. Porque é o que você nos apresenta (os outros 50% é porque cabe a nós questionarmos, procurarmos, descobrirmos). Mas o blog é seu e os assuntos que você quer escrever aqui são seus, exclusivamente, e você tem todo o direito de mandar nesta bagaça como bem entender! :-)

    Minha opinião.

    ResponderExcluir
  2. qdo escrevemos algo estamos sim, quer queiramos ou não, nos mostrando sim ... somos o q escrevemos ... o leitor capta aquilo q queremos q ele capte ... e isto é o nosso EU ... com todas as nossa complexidades ... vc é gostoso sim, vc é bonito sim, vc é inteligente sim, vc é charmoso sim, vc é culto sim, vc é pegador sim ... mas vc gosta de complicar, e muito, a sua vida tb ... pronto falei outra vez ... e não adianta ficar com raiva de mim ... rs

    ResponderExcluir
  3. Não sei onde termina o personagem, onde começa o autor. Pouco importa. O que vejo, aqui, é realmente ambos: gostoso solitário, e solitário gostoso. Nada incompatível. Aliás, muito previsível.

    Encontrar alguém é difícil. Conviver, depois de encontrar, mais ainda.

    Dificilmente, a imagem que temos de nós mesmos é igual àquela que constroem a nosso respeito. Poucos conhecerão a verdadeira.

    O fato é que, ao contrário do que se pensa, um gostoso que pensa pode assustar, gerar insegurança. Daí, talvez, a solidão.

    De qualquer forma, se a solidão é algo que nos incomoda, sempre cabe nos questionar até que ponto nós mesmos estamos contribuindo para esse resultado. E mudar o que pudermos. E conviver e viver com o que não podemos...

    ResponderExcluir
  4. P.S. Ah, claro, se as pessoas leem, e voltam, é pq gostam, claro!

    ResponderExcluir
  5. Ah seu fofo... eu nunca fiz imagem nenhuma de você. Gosto até do jeito que nos conhecemos, do nada, do improviso, do imprevisto. Melhor assim. E realmente, você não tem o controle do que as pessoas pensam e nunca terá. Deixa estar e não se importe.

    -> Até o próximo post, meu lindo. Não seja vítima ou O gostoso. Seja o DONO DA HISTÓRIA ;)

    ResponderExcluir
  6. Eu sinceramente não entendo mais o que vc quer dizer. Bv embananou tudo e me confundiu mais ainda. Eua chava que vc era o que eu lia, mas agora já não sei mais. Mas se eu sempre volto aqui é porque eu gosto de lê-lo. E só isso! As vezes é vc que s ecomplica.

    ResponderExcluir
  7. eu te vejo de um jeito, mas não como um ou outro. Todos nós podemos ser vários.
    E vc pra mim pode ser e ter o que quiser. Só querer!
    e além disso, te vejo como um cara interessante, não pela aparência que por aqui temos poucas dicas de como seja, mas pelo que fala, pensa e escreve.

    ResponderExcluir
  8. Eu te vejo como um cara monossilábico, que escreve textos ótimos.

    ResponderExcluir
  9. A gente não ter controle sobre como o leitor lê é uma coisa. Mas é claro que o leitor lê a partir do que a gente escreve. Se o leitor vai gostar, cabe a ele. Mas a gente tem responsabilidade sim, porque a gente oferece a matéria-prima.

    E um leitor isolado nunca é um termômetro, mas se um coletivo aponta numa direção, então, é porque tem alguma coisa aí.

    ResponderExcluir
  10. e não é todo mundo que tem um pouco de vítima e de gostoso? e de um monte de outras coisas q estão por aí.

    talvez o que as pessoas acham é q vc se coloca numa posição de o único que passa por tudo isso.

    eu tb não faço sexo. acontece, ora bolas. um monte de gte por aí tb não deve fazer.

    acontece. não deve ser o fim do mundo.

    ResponderExcluir
  11. Sem entrar no mérito de julgar quem vc realmente é - até porque eu às vezes posso beber na fonte original fora do mundo virtual e esquecer os textos que leio - sempre acreditei que essa coisa da criação da imagem é uma colaboração entre autor e leitor.

    Não quero definir o que eu acho que vc é, porque seria a MINHA impressão. E o que importa mesmo, de verdade, é quem vc acha que vc é e o que vai fazer com esse seu achar... Por isso, eis um trabalho que cabe a vc e eu não vou fazer a indelicadeza de me intrometer na sua própria definição.

    É claro que, na intenção de ajudar, a gente sempre dá uns pitacos e sugestões, mas eu tento ir só até o limite que não te violente.

    E sobre a tal aparente contradição entre ser gostoso e solitário, eu acho que, na verdade, talvez um seja causador do outro. Porque o gostoso é o cara que desperta na gente a vontade do sexo, né??? O desejo da companhia está ligado a outras coisas além do sexo. Não que vc não tenha qualidades que despertem o desejo da companhia, mas como é muito mais óbvio e fácil perceber o atrativo meramente sexual, talvez vc apenas atraia mais interessados em algo de momento em relação à proporção das pessoas que vc atraia com intenções mais duradouras.

    Daí, o que impede as pessoas que se interessam por vc de consumarem tal desejo é outra história...

    Abraços, meu querido homem 8 ou 80!!!!

    ResponderExcluir
  12. Dear, vc não tem obrigação de ser lógico, coerente ou constante. Um blog exprime idéias, e nem sempre fatos.
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  13. Do pouco tempo que eu acompanho o blog, só conheço a vítima.
    Me apresente o gostoso. ;)

    ResponderExcluir
  14. Pra mim você é coerente, Foxx. Nunca vi contradição entre você mostrar a bunda e ficar chateado porque não tá com alguém. Uma coisa tem tudo a ver com a outra. Mas, sabe, nunca levei suas declarações de vítima muito a sério. Não que eu não acredite que você fique mal com isso, mas por uma dificuldade que eu tenho de entender essa situação. Talvez eu seja frio, sei lá. Por mais que você fale, não tenho ideia do que é isso que você está passando. É um tanto difícil de eu entender. Me surpreende que te critiquem tanto assim. Acho que os outros se metem demais na vida da gente. Mas, claro, blog contribui pra isso e imagino que você não se incomode tanto com os outros comentando uma vez que você é o personagem principal dos seus posts.
    Atchim!

    ResponderExcluir
  15. Bom dia amigo
    Fez um retrato de cada um de nós.
    Escrever leva-nos um pouco da alma e dos sentimentos do momento.
    Existem pessoas muito hábeis que conseguem pintar-se nas mais variadas formas e cores. Uns dias de felicidade e outros de amargura desmedida.
    Os leitores são arrastados. Comentam pelo que lêem e atribuem tudo a quem escreveu...
    Ilusões ...

    Peço desculpa por ter apagado os comentários anteriores.
    Deve-se ao facto do que agora aqui esclarecemos.
    Ser-se arrastado por um texto e considerá-lo pessoal.

    ResponderExcluir
  16. é difícil sermos uma coisa ou outra como vc mesmo disse, somos complexos, somos momentâneos. se um dia as pessoas te consideram gostoso e no outro o coitadinho é porque os momentos são diferentes, os sentimentos são outros.
    mas as críticas sempre estarão aí porque cada um possui seu ponto de vista, que pode ser coerente ou não...

    abraço!
    logo mais mandarei um e-mail para vc!

    ResponderExcluir
  17. Frequento o blog não tem muito tempo e só conheço ainda a vítima... Só vou saber se é gostoso se provar... beijos, Danadinho.

    ResponderExcluir
  18. Somente eu te enxergo como um ser egocêntrico e com um humor cáustico?
    ______________________
    Eu havia preparado um pequeno roteiro pra gente curtir uma tarde na centro do Rio na terça e, quando recebi o seu torpedo, achei melhor não comentar para não estragar os seus planos com os seus amigos. Fica pra próxima.
    Bjaum

    ResponderExcluir
  19. Olha eu te entendo, ficar com alguém não quer dizer que vc está com alguém.
    Bom se serve de consolo a unica imagem que eu fiz de vc é de uma pessoa com um vasto conhecimento.

    quanto a sua pergunta no meu post, eu acabei de responder ela, e vou postar na terça :)

    ResponderExcluir
  20. como assim? terminou no final ... rs ... apenas um momento de sonho dentro de um outro sonho ...

    ResponderExcluir
  21. Meu querido amigo!!! Que Layout mais renovado é esse, hein?? Apesar de eu preferir o antigo, gostei da novidade!! É sempre bom dar um upgrade, né??

    Olha só: já é a segunda vez que acontece de aparecer nas minhas atualizações de quem eu sigo um link para uma postagem do seu blog (no caso da última foi um link para uma postagem chamada "ESPECIAL RIO DE JANEIRO: Quatro Atos"). Acontece que, quando vou clicar no link, o blogger informa que a página não foi encontrada. e quando eu entro no seu blog normalmente, não encontro o bendito post. Por acaso, vc apagou tal post? Ele está oculto pra mim? Sou só eu que tenho esse problema?

    Obrigado pela atenção!! Qual o número do protocolo mesmo??? rsrs

    Grande abraço, rapozitta!!

    ResponderExcluir
  22. Você vítima??????
    Hahahahahahahahahahaha!
    Só ser for piada... vc é majestade, fio... e sabe disso!

    Adorei o novo visú do blog!Que logo MARAVILHOSO Foxx, PARABÉNS! Hahahahahahahahahah!!!!

    ResponderExcluir
  23. Está perfeito. Achei lindo. Inclusive a fonte.
    já estive nesta situação sobre você. Exatamente como você se auto-descreveu... e por algum tempo fui taxado de vilão. Agora você me entende. É óbvio que você não tem obrigação nenhuma de ser ou deixar ser alguma coisa para agradar alguém. Esta era apenas a maneira que eu lhe via. Sempre no papel de vítima... já que as estórias de pegação eu já sabia que eram "estórias". Nunca lhe desejei mal algum... apenas fui mal-interpretado. E a internet adora fazer isso com a gente... nos fazer mal-interpretados. Ossos do ofício.

    ResponderExcluir
  24. Vim conhecer teu espaço e gostei do texto. Geralmente os leitores faz uma imagem da pessoa que esta atrás da tela pela forma que ele lê, e entende o texto. Tem pessoas que entende tudo errado, lê tudo errado. Fazer o que! Cada um se expressa de uma forma rs.Gostei muito do teu blog e estou a te se seguir. Te convido a conhecer meu blog e fazer parte dos membro se gostares. Um Abraço!

    Smareis

    ResponderExcluir
  25. Eiitaaa..
    Acho impossível ser fielmente definido por isso ou aquilo.
    Não se resume dezenas de características em "algo" único...
    Bjoo!

    ResponderExcluir
  26. Continue do jeito que é, Foxx.

    Sem rótulos. Nem rolha.

    ResponderExcluir
  27. Gay é muito carente e tem baixa-estima, isso explica a troca excessiva de parceiros, depressão e infelicidade. O meio gay parece um palco, muitos holofotes, muito glitter, muito verniz, muito carão, mas os gays sempre na procura em reverter a tristeza e a melancolia criando mais ilusão, somos cachorros estafados e sem perspectiva, correndo atrás do próprio rabo, mesmo que sentados no arco-iris

    ResponderExcluir
  28. Você gosta do jeito que vive?
    Isso tem a ver com você e não com os outros!
    Muito bom o Blog guri!! Parabéns!! Engraçado perceber como todos vocês, dos blogs, se conhecem!!
    Hugs... (Kiko)

    ResponderExcluir
  29. Já pensei na pena que pode ser sentida pelo 'gostoso' que precisa ser amado na webcam.

    ResponderExcluir
  30. não liga não. eu posso bem ser mal entendido nas minhas explicações infinitas.

    ResponderExcluir
  31. E quem fala assim não é gago!

    :)

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway