Google+ Estórias Do Mundo: PRESENTE: O mal de Fausto

terça-feira, 5 de dezembro de 2006

PRESENTE: O mal de Fausto

Sou obrigado a concordar com Fausto, eu também não queria sofrer, ou melhor, sejamos diretos: eu queria amar sem sentir dor. Mas Goethe explicou muito bem quando molhou sua pena no sangue de Desdêmona qual o mau disso: Tédio.
Sofremos muito para viver. Muito. Contudo é na esperança do sofrimento não acontecer que nos arriscamos, e arriscar é a graça da vida. Dormir, acordar e dormir é muito simples. Não dói e garante uma vida sem dor por toda a vida. Mas te afasta do desejo. Da apreensão de não conseguir, coroada pelo sorriso da vitória, ou mesmo a lágrima da derrota.
Afinal nosso coração é um músculo. E músculos precisam ser exercitados. Dores ou alegrias (por mais inconsequentes que estas sejam) dão sabor a vida. Morro de medo da dor. Morro! Mas não consigo deixar de me arriscar. De vez em quando abro meu peito e espero o dardo. Às vezes sou atingido. Às vezes, surpreendentemente, não. O meu atual namoro, por exemplo, é um risco constante. Todos os namoros são. Afinal estamos lidando com outros, outras pessoas, que por mais que gostem da gente, não podem evitar de nos magoar. Mas, durante muito tempo vivi numa bolha de plástico que me afastava das lágrimas e os sorrisos, agora a bolha estourou e dores me invadiram, mas alegrias vieram juntos. Quem sabe agora, com a experiência, eu sabia me proteger de um e de outro.
Mas se eu soubesse um jeito de não sentir dor... bem que eu queria... adoraria.

AH, APROVEITE TAMBÉM E CONHEÇAM PSEUDEA, MEU BLOG DE FICÇÃO.

WWW . PSEUDEA . BLOGSPOT . COM

14 comentários:

  1. Nossa, q texot melancolico...

    E lenin, fiz uma citação a vc, para recompensar akele outro perdido, passa lá!

    E q fotos hein... Se BBlove visse, acho q ele sairia dessa castidade na hora!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. adorei seu blog!!!

    adorei o texto!

    bjaum

    mike

    ResponderExcluir
  3. Você só tem que começar a avaliar se o seu namoro te traz mais sorrisos ou mais lágrimas =)
    Mas, no geral, você está certo. A vida é isso ai - e mais outras coisinhas que eu, por mais novo que seja, desconheço e conheço, cada dia mais.

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. não e por nada não...
    mas que postagem mais tediosa.
    bom.. ver se dar uma reajida cara...
    a vida não e assim.
    abração

    ResponderExcluir
  5. Amigooooooooooooooo! Tudo bem? Olha, amar e não sentir dor, nenhumazinha.... dificil, hein? quando a gente ama forte, acaba sentindo uma dorzinha, sim.... Nem qeu seja naqueles curtos instantes, que nos passam pela cabeça, o medo de perder quem a gente ama!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. obrigado pela dica! rs... o 'ne' sai taum natural! hahaha

    abracaum!

    mike

    ResponderExcluir
  7. Menino... como também diz aquele frase, será o teu remédio a tudo comida e a tua comida o teu remédio, pode-se dizer então que, será a tua dor o teu prazer e o teu prazer, a tua dor...

    Tudo a ver com a bipolaridade da vida...

    BEijão!

    ResponderExcluir
  8. Hum... seu nome é Renato???

    Hehehehehe!

    Abração!

    ResponderExcluir
  9. Será?! Seria muito legal. O nome da minha amiga é Camila Abyfaraj, se vc conhece alguém com esse nome então temos alguma coisa a ver.

    ResponderExcluir
  10. Olá Fox! rs

    Olha... primeira vez que passo por aqui! Muito legal o que escreves!

    Ainda não conheço seus outros blogs, mas assim que puder passarei por eles!

    Ei... quanto a consertar o estrago que eu causei... sei não, nem tenho idéia de como. Vc tem alguma? Se tiver... me ajuda! rs

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Esse texto é muito bacana.
    Porque de uma forma ou de outra, de tanto sofrer a gente tenta criar uma blha isolante, que isola o ruim e o bom - isola a vida.

    :*

    ResponderExcluir
  12. Fala meu amigo Foxx, cara tu disse coisas foda, e é verdade, sempre estamos namorando com medodas coisas, e isso é gostoso, nos deixa com um arrepio bom saca? se cuida ae lek.

    bço

    ResponderExcluir
  13. Acho que sofremos porque não aceitamos a realidade, somos ansiosos..e ainda estamos longe da perfeição. Bjs pra ti...

    ResponderExcluir
  14. Hummm....

    Amar sem sentir dor??? Quando descobrir me passa a fórmula, tá??? Hehehe!!!

    Belo post!

    E no mais? Tudo me paz?


    Abraços!!!

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway