Google+ Estórias Do Mundo: "De Cada Amor Tu Herdarás Só O Cinismo"

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

"De Cada Amor Tu Herdarás Só O Cinismo"

, em Av. Afonso Pena, 603 - Centro, Belo Horizonte - MG, 30130-002, Brasil


Tenho sido muito injusto ultimamente! Tenho sido muito injusto comigo. Reclamo e sofro tanto por estar sozinho. Procuro em todo lugar uma saída para esta situação como se tudo isso fosse minha responsabilidade. Como se eu fosse o causador desta solidão intensa que me encontro. Como se eu a houvesse escolhido. E, repito, injustamente me acuso, me ataco, me culpo. Acho que é por isso que sofro tanto. Acho que é por isso que essa dor me é tão querida, porque eu me castigo com ela. E, no fim, apesar de racionalmente eu saber que não sou culpado de nada, nas brumas do meu subconsciente, eu me responsabilizo por ter atraído essa solidão para mim. 
Egoisticamente (se essa palavra existe) eu queria ser o responsável por minha vida, mas não sou. Na verdade, sou totalmente incapaz de gerenciar sozinho minha própria vida. Todos nós somos. Essa ilusão de independência, esse castelo de cartas de autonomia, essa miragem de isolamento, nós dependemos o tempo todo de outras pessoas, direta e indiretamente. Do motorista de ônibus que não atrasou o trânsito e você conseguiu chegar mais cedo em casa, ao seu irmão que emprestou parte do dinheiro para comprar seu primeiro apartamento. Nós dependemos de pequenos gestos dos outros, sempre. Mas eu, egocêntrico como minha estrela anuncia, achava que o único culpado, implicado, fiador, responsável, só poderia ser eu. Tolices de um orgulhoso leonino. 
Todavia, eu não sou o culpado de nada. São os outros. Estes seres estranhos que não desejam a minha companhia. Os outros são os únicos responsáveis por não estarem na minha vida. Escolha deles. Somente deles. E, neste caso, meu sofrimento então não viria da minha solidão, mas o que realmente doeria seria o orgulho ferido de não conseguir controlar algo que considero tão importante para minha própria vida. Porque é sim importante, pelo menos para mim. Sofro porque não tenho controle algum e me culpo, me torturando, para conseguir acreditar que eu tenho algum controle sobre isso. Perco meu tempo na terapia tentando parar de sofrer só para construir uma nova ilusão de controle. Porque eu iria poder controlar minha dor, tomar as rédeas deste carro desgovernado acreditando que se eu puxá-las com força os cavalos hão de parar. Mas eles não vão.
Essas pessoas que nunca se interessarão por mim (porque de fato nenhum homem é capaz disso) sempre existirão. Essa dor, portanto, sempre existirá. Essa porrada sempre vai me derrubar, só me resta, sem culpar a mim mesmo, sorrir e me levantar. Claro, talvez, dê para evitar os golpes - evitando ao máximo me envolver com alguém, por exemplo -, mas de vez em quando talvez eu não consiga evitar. Sendo assim, qual o novo caminho? Acredito que agora eu devo tentar encarar tudo com um sorriso irônico, como se tudo não passasse de uma comédia romântica dirigida pelo Zé do Caixão. Uma comédia mórbida com um senso de humor negro, mas no fundo tudo não deve passar de uma grande piada. Só me restou esta opção, então, está na hora de adotar o cinismo. 

27 comentários:

  1. Se é uma decisão tua e não se trata de impulso apenas, acho válido experimentar...pra te dar conta que também não vale a pena. Ser irônico em relação a um assunto tão importante pra ti (importante pra todos nós, na verdade, todo mundo pensa nisso e se questiona a respeito, todo mundo, seja qual for o status sentimental) também é uma forma de tortura, penso.

    Mas pode ser um estágio anterior à leveza. Em um extremo a negação, em outro a tentativa de indiferença...Depois disso só vai restar a alternativa do centro, o meio do caminho, o equilíbrio entre uma coisa e outra.

    Na minha opinião, esse é o ponto "certo".

    ;)

    ResponderExcluir
  2. de certa forma assim como nem sempre conseguimos gerenciar nossa vida também não temos controle dela, pois muito do nosso futuro não depende de nos, mas sim de diversos fatores que estão ao nosso redor. Frases como o futuro está em suas mãos ou a felicidade só depende de você, pode ser facilmente contestado, visto que o mundo não funciona da forma que eu desejo, e a minha vida por consequência é em grande medida regrada por esse mundo

    ResponderExcluir
  3. Carlos Stangerlin29 outubro, 2011 14:05

    Estou assim, vivo assim nessa solidão, nesse desejo do outro, suas palavras dizem tudo o qu estou vivendo...
    Adoro seu blog...

    ResponderExcluir
  4. Solidão as vezes é estressante, e poucos admitem esse momento, essa fase da vida, muitos mentem para si mesmo...
    Impossível ser independente, de alguma maneira um depende do outro, um necessita do outro em todos sentidos...
    Relaxa, logo logo tu irá ter contato com seu ex aluno, e ae é só curtir... rs
    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  5. eu me interessei pelo texto só pelo título.

    isso de ser cínico... antigamente eu confundia com ser experiente.

    hoje nem tenho tnt certeza se era mesmo confusão minha.

    não precisa que a gte tenha certeza de que NENHUM homem vai ter interesse na gte pra ficar cínico.

    a cada dia, a cada pessoa... é tudo cinismo mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Como diz uma famosa música do Leoni: "Os outros são os outros e só"

    ResponderExcluir
  7. Quando se trata de ações dos outros, melhor jeito mesmo é cuidar de si para recebê-las.

    Boa sorte, Foxx.

    ResponderExcluir
  8. Compartilho da mesma pergunta de Bratzlene: Será?
    A vida é uma caixa de surpresas.
    Abraçao,menino.

    ResponderExcluir
  9. Então... tudo meio confuso, kkk...

    Acho que o primeiro passo é entender como "funcionamos"... alguns de nós cai na tentação de tentar se igualar "a média"... contudo, nosso mundo roda em uma velocidade diferente...

    Há mais coisas envolvidas nessas questões... acho importante entender que a felicidade não está no outro e que ele vem apenas para complementar... Mas o caminho é longo... e muitas são as lições até lá...

    Abração!

    ResponderExcluir
  10. Sinceramente estou perplexo com o que acabei de ler. Não sei como, as coincidências ocorrem, mas elas ocorrem. Estava comentando um texto sobre entre linhas e dizendo que eu precisava achar a minha, no momento em que me encontro. Não achei. Mas acabei de ler, traduzido em palavras, o que realmente penso e estou passando. E o pior, não foi escrito por mim. Talvez essa seja a água mais clara do rio. Não há a poluição dos meus sentimentos estragando a reflexão necessária.

    Parabéns pelo texto e pelo blog. Aviso que já estou seguindo.
    E muito obrigado pelo seu comentário. O respondi assim que li.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  11. Oi Foxx! Já leio seu blog a algum tempo, e hoje decidi comentar. Eu não te conheço pessoalmente, mas por ler seu blog com uma certa frequência é como se de alguma forma eu te conhecesse, e sinceramente te acho um cara bacana. Sabe, eu também não tenho muita sorte em relacionamentos amorosos, mas mesmo assim, e apesar de tudo, continuo acreditando que um dia, por mais que demore, vou encontrar alguém pra me acompanhar na jornada louca da vida. Acredito que o mesmo acontecerá com você, é só não desistir! Um abração!

    ResponderExcluir
  12. Sorrir é sempre o melhor remédio. E o melhor disfarce. Mas precisa de treino.

    E cara de pau.

    ResponderExcluir
  13. Que riqueza isso:

    "Quando se trata de ações dos outros, melhor jeito mesmo é cuidar de si para recebê-las."

    do SG aí em cima.

    ResponderExcluir
  14. Eu sempre te achei um homem interessantíssimo, mas lendo todas essas coisas... O cara que se dispor a quebrar esse ciclo vai ter junto consigo uma responsabilidade tão grande que não há como não ter medo...

    E acredito piamente que amor é escolha.. Existe um momento em que ainda é reversível.. Que da pra parar a engrenagem antes q tudo se torne inevitável... Se nesse momento o cara conseguir enxergar o qto tah depositado nele acho que dificilmente acharia que valeria a pena....

    O pensamento é meio que como: Ele é bom demais, mas isso tudo que vou ter de erguer é tão pesado que é melhor parar por aqui... Pelo menos eu acho que pensaria assim..

    ResponderExcluir
  15. Hummmmmmm... estamos um tanto céticos, hein? Hehehe! E que post que tu ficou em dúvida de fazer ou não?!? Mecontaaaaaaaaaaaaa! Hugz, Foxx!

    ResponderExcluir
  16. Ai esses leoninos,rsrs.(sempre complicados mas adoráveis)

    Foxx já te linkei lá também!

    Abração e virei muito mais vezes aqui, estou de olho.

    FUI!

    ResponderExcluir
  17. Queridão, eu acho que quando queremos muito algo, elas automaticamente nos são afastadas.

    ResponderExcluir
  18. eh complicado...mas tudo se resolve!! mais cedo ou mais tarde!

    ResponderExcluir
  19. Ah, Foxx... tu melhor que ninguém sabe que bruxa, fada, foda... dá tudo no mesmo!!!! Hahahaha!

    ResponderExcluir
  20. Não.. Vc tah enganado.. Eu n disse que se nego iria se afastar por tudo que vc viveu.. Acredite, conheço muita historia de vida pauleira e o sujeito ainda sim casa, constitui família e tals... Vc poderia ter passado por tudo isso e não achar que haveria um homem salvador.... E é disso que falo... Da ideia de que eu vivo um sofrimento sem fim, uma solidão crônica e esse ciclo só pode ser quebrado por um homem que vai chegar pra finalmente me fazer feliz... To falando da responsabilidade grande envolvida no "vai me fazer feliz"... Pk a ideia é essa.. Seu pensamento atual é o que vc faz a tua parte, o mundo que é injusto e cruel e não faz a dele... Logo as coisas só terão solução qdo O CARA chegar...

    Daí nego pra se relacionar com vc n chega como um simples namorado e sim como a solução dos seus problemas...

    Ah tah, mas vc n conta sobre isso... Mas ai eu teria de levar muito tempo explicando o por que acredito que ainda sim influencia... Sendo sucinto vou dizer que acredito numa parada meio freudiana do tipo... De forma inconsciente vou deixando claro determinados sinais.. E vc é tão claro e objetivo nas suas colocações que acredito que mesmo conscientemente deve soltar uma coisa ou outra muito naturalmente... Aristóteles dizia que uma dos motivos que temos pra ser pessoas boas é pk atraímos iguais.. Logo se somos bons, atiremos pessoas boas pra perto de nós.... Super-concordo... Se sou carente, pessimista e vivo um movimento de autopiedade vou tender a atrair iguais tb....

    Acho que dificilmente alguém saudável disposto a ter uma relação saudável, ao perceber tudo que vem junto nela vai ter a intenção de se manter...

    Freud falava muito em repetição e a repetição da sua solidão me faz lembrar muito a repetição de mulheres que sempre entram em relação onde são agredidas... Elas são vítimas de um mundo cruel pk só atraem espancadores?? Não acredito nisso... Elas só se relacionam com espancadores pk esses homens de alguma forma sinalizam suas agressividades e elas vão tender a se interessar somente por quem tem esse perfil, pk em algum momento da vida delas elas viram nesse perfil de homem um estereotipo de virilidade e proteção...

    Da mesma forma que o Foxx acaba afastando as pessoas dele, talvez por que, na tentativa de fazer do homem um amuleto para espantar a solidão ele acaba é espantando o homem mesmo... Afinal as pessoas buscam as outras pra se relacionarem e não pra fazer terapia com elas...

    ResponderExcluir
  21. "...pessoas que nunca se interessarão por mim sempre existirão..."
    Adorei essa parte. Isso acontece com todo mundo e em todas as áreas.
    Bjaum.
    [acabei de chorar de rir com o seu comentário no Intercine Gay).

    ResponderExcluir
  22. a mlehor forma de estar bem com alguém é estando bem consigo mesmo... pra que dividir alguma coisa se você pode somar? Improve yourself!

    http://deblacktie.wordpress.com

    ResponderExcluir
  23. muita gente procura a felicidade do lado de fora ao invés de olhar pra dentro. por exemplo, se você vai a algum lugar pra se divertir, as pessoas percebem isso. do mesmo modo se você vai a algum lugar para 'arrumar alguém' ou 'ter que ficar com alguém'. no segundo caso, isso não atrai as pessoas, mas no primeiro sim. se você está se divertindo, se está bem, as pessoas percebem e vão se sintonizar com isso. é por isso que muita gente reclama que, quando está com alguém, um monte de gente dá em cima. se dão em cima é porque percebem que você está bem.
    então, sinta-se bem e tente se divertir mais sem preocupações, sem ansiedade. isso será notado e quando menos perceber, vai ver pessoas interessadas em você, nessa pessoa de bem com tudo e que se mostra segura, mesmo sozinha.

    espero ter ajudado um pouquinho.

    abraços,
    raileronline

    ResponderExcluir
  24. foxx, o que eu quis dizer é que a ansiedade atrapalha nossa vida em qualquer momento em que ela se manifeste. e quanto mais você se cobrar por estar sozinho, pode ser ruim.
    divertir é algo que nós mineiros fazemos bem e não tenho dúvidas que você sabe se divertir.

    ResponderExcluir
  25. Gente, quanto poder de síntese esse do Gato! Não na própria elaboração do raciocínio, mas porque ele conseguiu sintetizar metade do que eu iria comentar numa frase: "Afinal as pessoas buscam as outras pra se relacionarem e não pra fazer terapia com elas..."

    Vc não tem controle sobre os outros MAS vc pode ter sim controle sobre vc. Ou melhor, controle não, mas tentar encontrar uma harmonia nisso daí...

    Como argumentei, sua crença leva a escolhas, que levam a resultados... O que os outros vão fazer com vc é uma coisa. O que vc vai fazer com isso é outra... Pense nisso!

    Abraços!!

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway