Google+ Estórias Do Mundo: PRESENTE: FDP

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

PRESENTE: FDP

, em Belo Horizonte - MG, Brasil
- Ah, Brunno... lembrei de uma coisa. Disse eu deitando no sofá.
- Oi? Falou Brunno, meu colega de apartamento, sem nem virar-me o rosto em minha direção.
- Quando você pretender, novamente, me humilhar na frente dos seus amigos, por favor, pense duas vezes, certo?
Ele passou um segundo sem respirar, notei, seu corpo se encolheu na cadeira, como acontece toda vez que ele percebe que cometeu um erro, somente então ele juntou forças para balbuciar alguma coisa.
- O-o quê? Eu te humilhei?
- Sim! Na sua festa, lembra? Na frente dos seus amigos?
Ele permanecia em silêncio. E se encolhia na cadeira, ainda de costas para mim.
- Quando o Rafa falou que os amigos dele achavam que nós dois namoramos e você disse para ele bater na madeira três vezes?
- Ah, eu falei só p'ra você! Tentou ele argumentar.
- Só p'ra mim? Eu estava na sala, você dentro do seu quarto, acha mesmo que só eu ouvi. Sinceramente, fiquei ofendido e magoado! Por favor, que algo deste tipo não se repita.
Ficamos em silêncio, novamente. Foi quando ele tomou a palavra.
- Olha, se eu soubesse que tinha te magoado, eu teria pedido desculpas.
- Pois é, pois foi isso que você fez. Não se fala isso na frente de todas as pessoas. De pessoas que eu não conheço. Que não me conhecem!
Tentando tomar o controle da conversa, Brunno fala:
- Mas eu falei somente para você.
- Mas todo mundo ouviu.
- Também você saiu espalhando, não foi?
O tom era de acusação, ele tentava me acusar, mas mantinha-se ainda de costas para mim.
- Então quer dizer que contaram a você que eu não tinha gostado da brincadeira e você, mesmo sabendo disso, não se dignou até agora a pedir desculpas?
Ele silenciou novamente, ele sabia que só havia um caminho naquele instante, pedir desculpas. Porém o Brunno não pede desculpas, a ninguém, por motivo algum. Ele não aprendeu a fazer isso em nenhuma fase do seu desenvolvimento. O silêncio se instalou entre nós, novamente.
- Pois bem, Brunno, eu só quero que você perceba uma coisa! - sentenciei - Quando você falou estes absurdos para mim, coisa que não se fala de um amigo, eu poderia ter respondido na frente do seu namorado que você ficou com o Vinicius, lá em casa e durante o ENUDS, porque eu vi! Eu poderia ter soltado isso, mas você sabe porque eu não fiz?
Ele continuava neste momento se encolhendo dentro da cadeira, e mantinha-se de costas para mim. Eu então fiz uma pausa dramática longa, esperava uma resposta que não veio e aproveitava para curtir como ele parecia pequeno naquele momento.
- Eu não fiz, Brunno, porque eu era seu amigo. Preste atenção no tempo verbal, era. Da próxima vez eu não terei esse pudor, então, tome mais cuidado da próxima vez, ok, garoto? Mais cuidado!

22 comentários:

  1. Como eu sempre digo, a língua é o chicote da bunda. ;D

    ResponderExcluir
  2. Eita que eu tenho é medo desse homi!

    O_O

    ResponderExcluir
  3. Foxx, releva, na boa... não vale a pena esquentar a cabeça com picuinha... o cara te humilhou, dá risada da cara dele e boa... saber que ele tá na sua mão mais do que você na mão dele devia servir para você sacar como o cara é, completamente, NADA A VER COM NADA... e vai por mim, os outros sabem que ele é cretinão também...

    beijos querido...

    ResponderExcluir
  4. OI FOXXI

    NOSSA, QUE CLASSUDO, SE FOSSE COMIGO E VOCÊ ME CONHECE ESSA BEXINHA, JÁ TINHA COMIDO O PÃO QUE O DIABO JOGOU NO LAGO DE ENCHOFRE, CASTIGO É POUCO PRA BEXINHAS FEITO ESSA, DEIXA ELA UM DIA SÓ COMIGO TE ENTREGO ELA UMA DAMA INGLESA .. KKKK

    BEIJOS
    KINHO

    ResponderExcluir
  5. uhauhauhauha
    quando o povo pergunta se leon e eu somos namorados nós dizemos: "eu xana, ele mana, não cama!"

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho alguns "amigos" que são assim... lembro q uma vez comentei q tinha ficado babando por um garoto... dai sempre q meu namorado estava perto ele ficava dando indiretas... ódiooo disso.


    Mas tenta relevar... isso claro, se for a primeira vez q acontece

    abs

    ResponderExcluir
  7. arrasouu!!!
    e ele se passou..
    ô amigo esse hein!?!
    ¬¬

    ResponderExcluir
  8. Pessoas como essas devem ser ignoradas. Bola pra frente Foxx! Vc é mais q td isso! Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Fox! não conheço este seu amigo, mas senti tanta raiva lendo este seu relato ... q sujeito safado ...

    faço minhas as palavras do Mike aí em cima ... é isto querido ...

    estou em Sampa e com dificuldades para comentar nos blogs amigos, por conta da conexão de péssima qualidade disponibilizada pelo hotel ... assim na quarta feira próxima qdo chegar em casa ponho minhas visitas e comentários em dia...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  10. Ahmmmm

    Sinceramente, fica difícil saber se você não exagerou porque ninguém sabe o tom com que foi falada a frase que causou tudo isso.

    Já passei por situação parecida e um amigo, quando perguntaram por que nunca havíamos namorado, soltou um "Credo! Você me odeia?" para a pessoa. Não me senti ofendido porque eu teria dito a mesma coisa: incompatibilidade maior não existia. E também já falei para amigos que não gostaria nunca de namorá-los. Não acho que haja ofensa - é a percepção que se tem da compatibilidade ou interesse, muitas vezes.

    Por isso fica difícil saber. Se o Brunno falou com maldade, ok. Mas se foi algo que soou maldoso porque não acompanhou uma legenda... A sua reação deu mais peso do que merecia...

    =)
    (Você sabe que eu sempre faço o advogado do diabo...)

    ResponderExcluir
  11. Oi amigo,
    Cara com esse amigo ai de apartamento, vc estava bem mesmo ein?? Bem se vê q nunca se sabe com quem se está ao lado. Me lembrei do nome de um filme: Dormindo com o inimigo<< releva vai! Cretino mesmo!
    Enfim amigo brigadão pelo carinho... to voltando aos poucos, mais ainda preciso de mais tempo.
    Bju

    ResponderExcluir
  12. Leandro K. [2]

    Não tiro uma vírgula hahehe

    Só voce sabe como foi e como se sentiu, então se fez o que fez, fez porque parecia o mais sensato.

    E por enquanto continua sendo...

    hehehe =D

    Verdade que o que vc conta aqui não passa nas tres peneiras, mas as tres peneiras só servem pra ciencia, pro conhecimento cientifico, para o pensar filosófico etc.

    Não serve muito pra vida em geral (666)

    E o que tem aqui além de vida pura?

    ResponderExcluir
  13. já disseram a cima o que eu ia dizer...

    ResponderExcluir
  14. E ai rapaz blz?? Pois é, faltou uma foto dele na matéria mesmo. Acontece que o texto foi produzido durante uma aula, e por isso não foi possível postar a foto.

    Mas você já pode passar lá no blog novamente e conhecer o Alexandre Souza e também um pouco do trabalho dele (postei algumas fotos).

    Abraço

    ResponderExcluir
  15. Voltei e voltei pontocom.
    hehehehe
    Então,estou atualizando minhas visitas e matando a saudade dos amigos!
    Reapareça no novo Confissões a Esmo.
    Beijão,
    Autor
    www.confissoesaesmo.com

    ResponderExcluir
  16. concordo com o leandro k. parece q houve certo exagero ae

    ResponderExcluir
  17. amigo é amigo
    filho da puta é filho da puta

    e tenho dito!

    ResponderExcluir
  18. Olha, eu já estava preparado pra fazer um discurso, falando q achava q vc tinha exagerado, mas o Leandro já disse tudo q queria dizer.

    Já passei por situação parecida, mas na pele do amigo q nega qualquer relacionamento com o outro. Não soltei um "bate na madeira", mas foi quase isso. E a minha intensão não era magoar. Era só afirmar que, por mais q fôssemos amigos, havia ali uma incompatibilidade pra um namoro.

    Portanto, analise melhor. tente entender qual foi o real motivo da afirmação dele!

    ResponderExcluir
  19. Olha, eu já estava preparado pra fazer um discurso, falando q achava q vc tinha exagerado, mas o Leandro já disse tudo q queria dizer.

    Já passei por situação parecida, mas na pele do amigo q nega qualquer relacionamento com o outro. Não soltei um "bate na madeira", mas foi quase isso. E a minha intensão não era magoar. Era só afirmar que, por mais q fôssemos amigos, havia ali uma incompatibilidade pra um namoro.

    Portanto, analise melhor. tente entender qual foi o real motivo da afirmação dele!

    ResponderExcluir
  20. Hey ! mt obrigado pela visita viu ?! vlw mesmo pelo comentario,agora estou com um pouco de pressa mas prometo voltar aqui em breve e ler o que escreve.

    ResponderExcluir
  21. atÓOOOOOOOOOOOOOOron...

    Amay sua atitude... é assim que se faz quando alguém se mete a besta com a gente...

    Da próxima vez ele pensa duas vezes antes de abrir a boca...

    ***

    E que história é essa de que vc tem um filme pornô do Felipe Lira?... me conta essa história direito...

    ***

    umBeijo!

    ResponderExcluir
  22. Essa converssa tá mais parecida com a época em que eu dividia AP com um (ex) amigo meu...

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway