Google+ Estórias Do Mundo: Elegia Para Um Príncipe Encantado

domingo, 10 de maio de 2015

Elegia Para Um Príncipe Encantado

, em Natal - RN, Brasil
Eu conheci teus cabelos de trigo num baile de carnaval
Nossos corpos se atraiam como imã naquelas ruas de paralelepípedo
Me apaixonei pelos teus olhos vedes na casa de um amigo
Gozei com você num colchão no chão
Sonhei com teu amor em minha cama agarrando o travesseiro
Você segurou minha mão naquela peça rodrigueana
Me beijou esperando teu ônibus e eu voltei sonhando
Disse-me que se morássemos perto namoraríamos
Estourou de ciúmes mesmo longe
Mas amou outros, também amei
Mas agora você nos deixou, você me deixou, deixou todos nós
Tua doença te levou
E eu fiquei para trás, triste,
Sem nunca mais poder esperar dar 4 horas.



Adeus, Dan, eu te amei profundamente.

12 comentários:

  1. Respostas
    1. sim, um pedaço do meu coração se foi com ele...

      Excluir
  2. Respostas
    1. queria ter estado no lado dele, mas foi tão surpreendente...

      =(

      Excluir
  3. Que triste, meu bem! Sinto muito pela sua dor e estou aqui para apoiá-lo no que puder!

    ResponderExcluir
  4. linda estoria, linda, emocionante, saudade de quem se gosta é muito bom ás vezes... abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi uma das histórias de amor mais lindas que já vivi, HHP, e infelizmente ele morreu, mas nunca no meu coração.

      Excluir
  5. Muito triste isso, meu amigo! Acredito que, mais do que muitos, eu entendo perfeitamente o que você sente. Força!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, Adriano, morreu meu príncipe.
      ='(

      Excluir
  6. Lindo e triste. As dores e perdas de amores são sempre doloridas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ter que se despedir dele assim, de repente, é que doeu de verdade.

      Excluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway