Google+ Estórias Do Mundo: Espelho, Espelho Meu

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Espelho, Espelho Meu

, em Natal - RN, Brasil
Postei as três fotos abaixo no meu perfil no Facebook. Fotos tiradas diante do espelho. Nenhuma superprodução, obviamente, nem com retoques via Photoshop. Somente fotos que gostei apesar de eu não estar nem um pouco magro. Mas então o Bê, logo após, abre o bate-papo e comenta:
- Vi suas fotos novas.
- Ah, foi? - respondi - Gostou?
- Gostei sim, vi aqui com o Marido do lado. Ele virou-se para mim e perguntou: "O que há de errado com o Foxx, hein? Ele é tão bonito! Tão sexy! Porque está sempre sem namorado? Se ele estivesse aqui na Alemanha ia chover homem em cima dele".
Eu não tinha nenhuma resposta, então o Bê continuou.
- E eu concordo viu? Você está bem mais bonito agora mais gordinho sim. Você não nasceu para barbie, viu? Você de ursinho fica muito mais bonito do que saradinho. 
- Mas, apesar disso, continuo solteiro...
- Por causa de Natal, Foxx, só pode ser isso... você precisa ir para São Paulo, para o Rio de Janeiro, locais que apreciam a sua beleza. É por isso que meu marido fala isso de você, como ele é alemão, ele sabe apreciar coisas que essa gente provinciana, de Natal, e de BH também, não sabe apreciar.
- Será?, perguntei.
- Tenho absoluta certeza.








56 comentários:

  1. Hoje a sua história me lembrou um pouco de mim.Queria muito uma namorada, mas todas tinham defeitos ou eu não conseguia aproximar-me delas.

    Por vezes escolhemos muito e acabamos sem nada. Quando duas pessoas se entendem podem fazer a construção ao seu modo. Os desejos e as alegrias serem colectivas e os erros ou diferenças serem ultrapassados.
    Não sou gay mas parece-me que o importante é aquilo que vivêmos como todos os casais.
    Não faças disso um drama e de certo encontrarás outros como tu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc nunca leu esse blog antes, né pessoa?

      Excluir
    2. sem mais nenhum comentário...

      Excluir
    3. Foxx, seguinte: você escreve um post super bacana, sincero, coisa e tal. Aí vem essa “pessoa”... que tem nome, que, você sabe, te acompanha por aqui (ou esqueceu? ou nunca percebeu?), de uma maneira amistosa, falando o que sente, enfim... e o que acontece? Leva uma baita paulada! Percebe o que você (atiçado!) fez? Você acha o que dessa atitude? Você acredita que o Luís foi agressivo com você? Pra pensar...

      Excluir
    4. Então, deixem-me explicar: Luís, se você se ofendeu com o comentário do Bê e minha chancela abaixo, me desculpe, realmente o Cesinha me fez perceber que eu não deveria ter agido assim... porém, eu preciso comentar algo: seu argumento foi um tanto quanto insensível com meu blog, e foi isso que o Bê tentou dizer, começar seu comentário afirmando que vc não se aproximava das suas namoradas pq elas não eram perfeitas é exatamente o contrário de todas as histórias que eu conto aqui. No texto anterior, inclusive, eu falo que esse argumento de que eu escolho demais não procede, pq simplesmente não existe ninguém para escolher.
      O Bê levantou-se em minha defesa pq vc me acusa de estar sozinho pq eu escolho demais. Desculpe-me por ele, porém eu estou sozinho pq ninguém me escolhe, é exatamente o contrário do que vc propõe.

      Excluir
  2. Enfim, o problema de BH é bem mais profundo. Natal é provinciana e homofóbica. BH nao, é uma cidade cosmopolita e gay-friendly. O problema de BH é que a cidade e seus moradores nao aceitam o que nao pertence a seu mainstream. Se voce quer ser aceito em BH, indiferente de sua cor, forma física ou opcao sexual, torne-se um belorizontino de nascenca. Fale com sotaque belorizontino, va a lugares tipicos de belorizontinos, goste de comidas tipicas belorizontinas... Essa ideia, em si, é bem idiota, porque BH tem pouco mais de 100 anos e praticamente todo mundo que mora la vem do interior de minas ou de outros lugares do brasil. Mas sim, existe este status: ser de BH. Assim, as pessoas que vem do interior de MG se diferenciam daqueles que la ficaram.

    Experiencia própria, em 1997 eu vim do interior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, as pessoas exigem homogeneidade... como eu nunca me encaixei nesse homogêneo que eles tentam impor eu sempre fui colocado a margem, infelizmente os lugares q eu morei eram ainda mais intensos ao tentar excluir os outros qndo eles não se encaixam perfeitamente no mainstream...

      Excluir
  3. Não acho que vc esteja gordinho Foxx. Vc está muito bem e é bonito. Como eu já disse antes.... siga em frente. Eles aparecerão ou estão esperando que vc apareça. Se por acaso sobrar um...mande pra mim...rsrrsr

    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Margot, eu estou gordinho sim, mas isso não impede q eu esteja bem e seja bonito. Ser gordo não é e não pode se tornar sinônimo de estar mal e ser feio. Não acha?

      Sobre eles aparecerem, vc lê meu blog há mais ou menos um ano, vc nunca vai desistir de repetir q um dia alguém vai aparecer? pq faz um ano q voltei pra Natal, ninguém se interessou por mim, mas vc fica repetindo q alguém vai aparecer... pq? o q te faz acreditar nisso?

      Excluir
    2. Foxx.... se vc acha que o comentário do Luiz foi "um tanto quanto insensível para com seu blog", penso que vc não se lembra muito do que comenta nos blogs de outras pessoas.

      Sim, leio seu blog a mais ou menos um ano, e durante esse pequeno tempo(porque um ano é nada em vista de seus amigos antigos), eu tentei trazer um pouco de positividade,que por sinal nunca é aceita! Então Foxx, respondendo à sua pergunta, ..... estou desistindo agora. Se vc não quer ser acalentado, estimulado..se vc não quer que eu fique na torcida para que vc encontre alguém, assim seja.
      Vou concordar com vc de agora em diante....
      Abraços

      Excluir
    3. gente do céu! o que foi q eu disse? eu só fiz uma pergunta. eu perguntei o que te faz pensar desse jeito pq talvez eu não estivesse visto algo. mas desculpe, novamente, vai ver eu realmente ofendo muito as pessoas... sobre meus comentários nos outros blog, não vejo problema se eles são duros, mas a questão q eu falei que ele foi "insensível" é pq pareceu que o Luís não leu absolutamente nada do q eu escrevo aqui para levantar aquela teoria absurda...
      mas tudo bem, Margot, vc será sempre bem vinda, mesmo se decidir ser apenas condescendente de agora em diante.

      Excluir
  4. Já disse que se o problema fosse físico ng chegava perto.. Seu problema n tah na atração, mas na permanência.. Mas se tiver oportunidade de ir pra Alemanha tentar a sorte, super-te-apoio... O gringo curtiu as fotos gatinho do orkut e a gente sabe q "As Nanas que aqui Gouveiam não Gouveiam como lá"....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkk
      as nanas foi ótimo. kkkkkkkk
      não sei se teria coragem de tentar novamente em qualquer lugar que fosse...

      Excluir
  5. Concordo com o Bê! Se manda cara!Vai ser bom para vc ...

    bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkk
      ah se fosse assim... se fosse simples assim...

      Excluir
  6. Fox, o seu problema, assim como o meu em parte do tempo de descoberta do HIV é acreditar na solidão. Você (assim como eu fazia) apostava nela e vivia em função da espera do príncipe.
    Hoje levo ao pé da letra a música do Milton que tantas vezes em tantas versões já postei:

    "Vou seguindo pela vida, me esquecendo de você;
    Já não quero mais a morte, tenho muito o que viver
    Vou querer amar de novo, e se não der não vou sofrer;
    Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver."

    Se for pra Alemanha me leva. Eu me lembro que fui lá na tentativa de esquecer da contaminação (com três meses de diagnóstico). Como eu era chique e não sabia. Hoje tá difícil ir pro interior do estado. hehehe Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, amigo, é exatamente isso, concordo plenamente, qria conseguir largar mão disso, parar de sonhar com o fim dessa situação e viver sem a existência dela. mas como se faz isso?

      Excluir
  7. Ora, se olhar grandes estados como SP e RJ, de fato as chances de ser encontrado (já que você desistiu de encontrar) são muito maiores do que aí em Natal... A questão é que não é tão simples assim começar uma "vida nova" num lugar novo...

    Agora, não é a primeira vez que ouço seu amigo falar que na Alemanha você faria sucesso. Então, o que ele tá esperando pra te convidar pra passar uns dias lá com ele? Ótima oportunidade pra fazer a experiência, não acha?

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe, gosto do Peter pq ele é sempre muito comedido. Ele levanta sempre o ponto certo do problema, não dá pra simplesmente juntar minhas coisas nas costas e ir embora em busca de namorado não é? pq seria isso, eu iria pra outra cidade, largar tudo q tenho, em busca de um namorado, e eu já fiz isso e agora sei que foi o maior erro da minha vida.
      Sobre a Alemanha, ele já me convidou, mas me falta, obviamente, dinheiro.

      Excluir
    2. Pois então... minha ex-professora de alemão (que morou anos em Berlim) costumava dizer que quando alguém faz um convite por lá, todos os gastos são de quem convidou. Seja um jantar num restaurante, ou um lanche na rua. Será que isso não pode ser generalizado? Fica a dica, hahahahaha!

      Excluir
    3. kkkkkkkkkkkkk, vale também a passagem de avião? kkkk

      Excluir
  8. nada a ver essas opiniões sobre BH... nasci aqui, preencho esses requisitos mencionados acima. não é esse o "x" da questão. o problema aqui é que é uma roça, pessoas com cabeça de roça, jeito de roça, tudo de roça. com um arzinho sofisticado. mas é só mais uma roça. não é muito diferente do resto do brasil. o problema é cultural do país, não da cidade. tem lugar que é até pior. o problema tá no brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não acredito q seja um problema do brasileiro, Moiselle, concordo q é um problema cultural, mas não vejo ele acontecendo em SP. eu concordo com vc q o problema de BH é pq é uma roça sim, pq é tudo e todos muito provincianos... exatamente como Natal, e muitas outras cidades do Brasil, com certeza, mas... eu imagino... não todas, o problema é que eu não vou ficar caçando homem mudando de cidade em cidade né?

      Excluir
    2. digamos que, de certa forma, estejamos no mesmo barco. aqui tem um problema que esqueci de mencionar: muita mulher. não estou falando isso por falar. tem mesmo. e as mulheres são bonitas, pelo menos produzidas. um monte de mulher, pouco homem. a competição é acirrada, pra mim, pra vc... olha, sobre çaçar homem mudando de cidade, isso depende. se ter alguém é uma coisa a mais que vc quer na sua vida, concordo. mas se for "a coisa", algo que vc quer acima de tudo, talvez deva procurar um local mais propício sim...

      Excluir
    3. bem, era sim "a coisa", algo q eu qria acima de tudo, mas agora não acredito que seja possível conseguir. eu mudei para BH porque isso era mais importante do que qlqr outra coisa, hoje não é mais, então eu não mudaria de cidade novamente em busca de alguém capaz de me amar.

      Excluir
    4. entendo... bom, se quiser uma dica, o pessoal da região da pampulha é mais gente boa...rs... eu moro em lourdes, pela proximidade das coisas e comodidade. e por gostar da impessoalidade do bairro... mas não é o melhor lugar pra se enturmar.. se bem que não é bom generalizar nada nessa vida... boa sorte. bjs!

      Excluir
    5. ah, e se precisar de alguma coisa de uma "belorizontina de nascença", dá um toque! rs

      Excluir
    6. eu morei 4 anos em BH, sempre na região da Pampulha, Moiselle, só por alguns meses que morei no Santo Antônio, mas, infelizmente, eu nunca conheci alguém disposto a ficar comigo...

      Excluir
  9. Tu estás muito bem! Só precisas mesmo de mudar de ares, se aí não sabem apreciar, tem muito sítio onde vão gostar! ^^

    Abreijos :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas é um fofo mesmo! obrigado qrido.

      Excluir
  10. Entendo você. Estou sozinho já há dez anos - sem um relacionamento fixo. Da mesma forma que você, também não sou escolhido. Seria insegurança minha, no sentido de dar um ok quando vejo que um carinha tá a fim? E olha que até procuro.Não tenho essa resposta. Também não creio que seja a cidade. Acompanho blogs de caras do Rio e São Paulo, a reclamação é a mesma. São caras extremamente inteligentes, bonitos, bem sucedidos e... sozinhos. Boa sorte prá nós, amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, vc não notou q vc entrou em contradição? Se existem os casos em q vc precisaria dar um ok quando um carinha tá afim e vc fica inseguro, isto significa que as pessoas te escolhem sim. Comigo não acontece o mesmo, nunca fica na minha mão escolher se quero uma pessoa, eu demonstro o meu interesse e eles escolhem outra pessoa.
      E, neste caso, se vc se sente inseguro, como posso te ajudar pra isso não acontecer mais? Se eu puder fazer algo, me avise.

      Excluir
    2. Deixa eu ver se consigo explicar melhor. Comigo vinha acontecendo assim: conhecia um cara, conversávamos, eu demonstrava que tava a fim. O problema é que não recebia a contrapartida, ou seja, o mesmo interesse por parte dele. Isso se dava de várias maneiras: eu ligava e o celular não atendia – quando eu ligava de um celular diferente, imediatamente atendia; ou através de alguma desculpa estapafúrdia. Lembro de uma vez que conheci um cara (na época eu tinha 40 ele 30), e o gozado é que foi ele deu em cima de mim, rolou uns beijinho e tals. Conversamos muito e vi que tínhamos as mesmas aspirações, em matéria de relacionamento. Aí combinamos de sair para um chop e uma pizza no dia seguinte. Ele deu bolo. Quando liguei, acredite, ele falou que os 4 ( os quatro!!!) pneus do carro dele tinham furado e não foi possível ir. A mensagem tava clara. Me senti um lixo, no sentido de não entender o porquê de tanta sacanagem. Algum tempo depois esse cara começou a namorar com um amigo meu. Pela internet, desisti, depois de encontrar, dentre outras figuras estranhas, um psicótico suicida (havia tentado se matar 3 vezes tomando veneno de rato, por não se aceitar homo) e um ser muito parecido com a Lacraia, lembra dela? Decididamente vi que não é pra mim. Não foi uma nem duas vezes que isso aconteceu, foram várias. Foxx, não sou feio, sou um cara bem sucedido, independente e desencanado com muita coisa nessa vida. Aos poucos comecei a observar que o problema não estava em mim, mas nas pessoas mesmo. Essas experiências me fizeram ir com mais cuidado, quando a questão é relacionamento amoroso. A insegurança no meu caso surge em relação ao outro, e nunca em mim mesmo porque sei muito bem o que quero de uma relação. Por isso que falei que passo por algo parecido com o que você passa na questão de não ser escolhido; claro, com algumas variações. Você é um fofo me oferecendo ajuda e sou grato por isso. Só o fato de poder compartilhar essas experiências com você e seus leitores já representa muito. Desculpa o texto muito longo. Abs.

      Excluir
    3. não desculpo o texto longo não, não desculpo pq eu adorei. obrigado por compartilhar tanto. então, verdade, agora q vc deixou mais claro, realmente, temos muito em comum, as pessoas aparecem e se interessam, mas magicamente desistem, comigo é igualzinho, e acho que a insegurança q vc sente eu tb sinto, ou sinto uma imensa segurança de que vai dar errado, acho que é a melhor opção se eu puder escolher. kkkkk
      realmente temos muita coisa em comum. eu vou montar um clube. =)

      Excluir
    4. e sobre ajuda: o que precisar, estamos aqui.

      Excluir
  11. Photoshop para quê???
    Como já dizia minha avó: "umpedaçodeBOMcaminho!"
    Gordo ou magro, ruivo ou moreno . . . você fica bem de qualquer maneira!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ô, Renato, seu lindo, obrigado por tudo mesmo!!!

      Excluir
  12. Ctza que vc vindo pra cá tenho, pelo menos dois amigos (que vc sabe quem e já pegou) que não perderiam a oportunidade ahahahahaha

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. hummm... não sei se o problema é o local. e sim as pessoas. elas são problemáticas em qualquer lugar do mundo!

    ResponderExcluir
  14. Engraçado, pq eu sempre fico imaginado como são os blogueiros, sempre imagino e quando conheço são bem diferentes do que imaginei, e vc é bem como eu imaginei que fosse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. agora fica a dúvida: isso é bom ou ruim? kkkkk

      Excluir
  15. Só (re)digo uma coisa: bundoquinha detector!!!!
    Arrochaaaaaaaaaaaaaaaaaaa... ahahahah! Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é "inha" mesmo, Fred, hehehe, mas é ótima tb. kkkk

      Excluir
  16. Mas olhem quem eu não tinha conhecido ainda. =O

    FOXX o senhor tá muito bem viu... olha que tenho amigos que se te vissem iam cair em cima matando, mas de aperto.

    eu to com o Serginho e não abro, o problema são as pessoas daí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi anônimo, muito prazer. hehehe
      obrigado pelos elogios, qrido, e tá vendo como eu tenho motivos pra estranhar estar sozinho. sou bonito demais pra ninguém me querer. as pessoas daqui são realmente doentes!

      Excluir
  17. Oi ... Quem lhe disse que esta gordo precisa urgente de óculos. Você está ótimo, charmoso. Agora, não elimine a hipótese de outros "ares". Podem lhe fazer muito bem. Abraços Foxx !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amigo, eu estou 20 kg acima do meu peso, eu estou gordo. isso não qr dizer q eu esteja feio ou não esteja saudável, mas gordo eu estou sim. e a hipótese de outros ares já está eliminada, meu caro, eu não teria coragem de tentar a vida em outro lugar nunca mais na minha vida.

      Excluir
  18. Apenas: fiu-fiu....rs

    Sem mais.

    Abraços e linda semana.

    ResponderExcluir
  19. Ai meu bom Jesus, que Gatinho!
    Eu sei que é meio cliché mas ainda assim:
    "Delicia, assim você me mata! Ai se eu te pego, ai ai..."

    Vem para Portugal e tu vai ver só!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Repito: kd que aqui em Natal alguém acha a mesma coisa? Ô inferno!

      Excluir
  20. mandou bem nas fotos, hein!
    quanto ao lugar, seja no rio, sp, natal, não importa, as pessoas são todas igual. por aqui mesmo as pessoas não estão muito interessadas em relacionamentos sérios, tanto que os meus últimos namoros foram todos com gente fora do rio.
    mas é isso aí, você precisa se gostar e se curtir muito em primeiro lugar. as pessoas sentem quando a gente está bem e nada melhor do que ter alguém assim do lado!
    abraços!

    ResponderExcluir
  21. eu já nem entendi o começo... vc nao está magro? isso é o que?
    Vc nao está esqueletico, aquelas bichinas que parecem que vao desmontar, isso nao tá mesmo, mas tá magro sim!!!

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway