Google+ Estórias Do Mundo: EXTRA, EXTRA, EXTRA: 55

segunda-feira, 21 de julho de 2008

EXTRA, EXTRA, EXTRA: 55

"Que frio! Por que ninguém vem de casaco pra cá?". Ouvi atrás de mim. Um menino magro, com calça skinny e uma pólo Triton colada ao corpo reclamava enquanto esfregava os próprios braços. Eu acabara de chegar a fila da Bubu, após passar em uma lanchonete e comprar uma carteira de Carlton, procurava o Mike ou o Paulo. No caminho havia enviado-lhes uma mensagem: "P'ra me encontrar: estou de boné e um casaco escrito 55", havia marcado com ambos do lado de fora as 00:30h, porém não os encontrei. Resolvi então entrar assim mesmo. A fila na calçada impar da Rua dos Pinheiros estava grande, mas andava rapidamente, logo, na porta recebi uma ficha dourada, "Entregue no balcão", e entrei pagando R$ 50,00 de entrada que se convertiam em consumação. Aquele horário, a pista principal ainda estava fechada, no entanto, o lounge já estava apinhado de gente. Meninos que não pareciam ter mais de 15 anos, casais heteros posando de hype por frequentar a noite gay e meninas paqueradoras, bonitas e magérrimas.
Porém logo a pista principal abriu e rapidamente se encheu, ao comando de um DJ que, sob um letreiro luminoso em que as palavras fashion e passion se alternavam com art e sexy, tocava um house batido e maçante. Pensando em ficar mais visível e lembrando dos conselhos do Cara Imperfeito, subi para um dos mezzaninos que ladeavam a pista, me debruçando no parapeito. Minutos depois, enquanto eu observava distraído e beijava minha cerveja, um menino alto e com um sorriso caloroso me chama pelo nome: Mike. Ele me chama para descer, encontrar o Cuiabá e irmos juntos para outra pista. "Ah, não te reconheci pela roupa não, foi de tanto fuçar seu fotolog". Descemos, a caminho da pista, paramos no bar, eles pedem vodca com energético, eu continuo na cerveja que já bebo desde as 14h com o Dih. Dizem para não misturar. Atravessamos então o lounge e subimos para a outra pista que fica um lance de escadas mais alto que o mezzanino.
O DJ aqui toca eletro-pop. Britney, Beyoncé, Mariah Carey e Madonna disputam espaço no set junto com Olivia Newton-John e John Travolta em Grease e o chic-bum-bum da Gretchen. Muitos casais heteros e muitas meninas já aos beijos, disputam o espaço da pista. Homens bonitos de regata dançam em cima do queijo. Vejo então um homem alto, loiro e bonito aproximar-se de mim e perguntar se sou o Foxx: Paulo. "Eu vi o 55 lá de cima". "É, eu estou aqui fantasiado de placa de trânsito: KM 55". "Pois então aproveita e cobra pedágio". Risadas. Cervejas. Cigarros. Tequilas. Vodcas. Alguém passa a mão na minha bunda, reclamo com o Mike: "Eu não achei que você fosse tão cheio de pudores". Nem eu.
Mas a noite foi para enterrar a minha Sandy, de vez. Primeiro, um moreno, um pouco mais alto que eu. Não tão bonito. Cabelo espetado, lembro dele da fila. Olha-me, e sorri. Camisa apertada mostrando os parcos músculos. Eu sorri também, porém mais por educação, do que por interesse. Ele então passa a me olhar, sorri um sorriso de interesse e me lança um olhar sob as sobrancelhas, enquanto eu fico conversando ou com o Mike, ou com o Paulo. Ele, sinceramente, não me interessa mesmo. Em certo momento, vou ao banheiro, e para tanto devo passar ao lado do menino de cabelo espetado. Ele me segura pelo braço, delicadamente, e me pede um beijo. E como aprendi que beijo e água não se nega a ninguém. Beijei sim. Apenas por caridade. Minha religião ordena fazer caridade na balada de vez em quando. Apenas para que o universo saiba que estou disposto. Ele tem que saber que hoje a Britney está em modo ON. Apenas para entrar na lista. O número 1 da noite. Mas beijei.
No entanto, a noite me reservava mais. Eu, de costas para o vidro que dava para a pista principal, as luzes brancas me ofuscavam quando um outro moreno, corpo atlético, camisa aberta mostrando o peitoral definido, pernas grossas e bunda pequena e empinada, barba por fazer, fala no meu ouvido: "Eu ainda beijo essa sua boca hoje". Eu apenas viro o rosto, sorriu, e falo: "E porque vai esperar tanto?". Ele se encaixa nas minhas costas, e segurando minha cabeça para trás me dá o primeiro beijo. Depois me vira, me puxa pela cintura. Uma pegada forte. Minhas mãos deslizam pelas costas dele, musculosas, enquanto a barba dele arranha meu rosto. "Vou ficar todo vermelho, 'tô até vendo!", penso. Seguro-lhe a bunda. Aperto e ele me beija mais intensamente. "Olha vou procurar minha amiga, volto logo 'tá?". Risos. O dia que eu cair nessa dispensada, eu não me chamo mais Foxx.
Diante dos elogios ao menino feitos pelo Mike e pelo Paulo, recomeçamos a caçada. Passeios pela pista principal. O Paulo beija um, dois. Cervejas. Olhares. Gracejos. Dispensadas. "Como 'tô dando fora em feio hoje!". O Mike gargalha. "Quem mandou entrar no clube dos ex-gordos, é assim, muda tudo". Mais gargalhadas. Todo mundo desaparece. Procurando os meninos, me deparo com um negro, alto, com uma camiseta justa que mostrava os braços musculosos, ele passou por mim de mãos dadas com outro cara, mas segurou a minha mão, e apertou. Quando olhei, ele pediu que eu esperasse. Como não tinha muito mais o que fazer, paguei para ver. Ele voltou em segundos. Segurou-me a mão e me levou para o outro lado da pista. Recostou-se ao balcão e me segurou pela cintura junto a ele. "Quem era aquele cara que você estava?", perguntei. Ele me olhou seriamente com seus olhos verdes: "Você quer mesmo saber?", e sorriu um sorriso doce. Sabendo que aquele com certeza era o namorado dele, eu o beijei, e ficamos juntos por muito tempo. Até o segurança tocar o ombro dele e dizer: "Rapazes, essa pista já está fechando!". No mezzanino, ele me deu mais um beijo, e foi falar com as amigas e quando eu passei por ele, ele sorriu sem jeito, e se eu tinha alguma dúvida que ele estava traindo o namorado, seu comportamento diante das amigas desfez.
Resolvi descer. Já eram 6 da manhã, não obstante a falta de janelas daquele lugar impedir que alguém percebesse. Eu tinha duas opções: ir embora, ou continuar a caçada. Resolvi deixar o destino escolher, fiquei lá, diante do letreiro, diante do DJ, se ninguém me olhasse eu iria, se alguém se aproximasse eu ficaria. Apenas mais um: só porque não gosto de números ímpares: 4. Quatro seria um bom número para uma noite em São Paulo. Pois então, me deixei ficar, e não a toa: algumas pessoas me rondam, me secam, me comem com os olhos, mas as ignoro. Não me interessam. Afinal a escalada agora tem sido vertiginosa: o último tem que ser o melhor de todos. Apenas fico a sorrir. É quando sinto um par de olhos azuis sobre mim. Observo-o se aproximar dançando. Passa a mão no cabelo loiro, com uma franja longa e luzes sem retoque, e dança em torno de mim. Dança como meninos de rave: pernas marcadas, braços caídos, nenhum quadril. Eu só sei sorrir novamente, desta vez, com todo ar de aprovação, ele dança na minha frente eu me aproximo mais dele, é quando ele gira e para atrás de mim. Ele então se aproxima e beija minha nuca, esfregando-se na minha bunda. Eu me viro, seguro-o pelo rosto, o beijo. Ele dança, nós dançamos juntos enquanto nossas bocas não se desprendem. Beijamo-nos sem pressa da noite acabar. "Eu tenho que ir". Eu o beijo e vou pagar minha comanda. 50 reais exatos! Ele me acompanha. "Por que ele está atrás de mim?". Saímos, peço um taxi, o valete abre a porta do carro, dou-lhe um último beijo, entro e fecho a porta atrás de mim. "Jaguaré, por favor!". E ele ficou lá na porta, sem entender. "Ele achou que vinha comigo? Britney, querido, mas eu chego já já em Paris Hilton".

30 comentários:

  1. Primeiro! Primeiro, vou marcar o lugar de primeiro depois comento certinho

    ResponderExcluir
  2. Então, pelo menos sua noite foi beeeem melhor q a minha na bubu ¬¬ só tive decepção lá ahahahaha
    mas acho que o loirinho num eh o mesmo, pq ele tinha bunda ; )
    E vc passa o rodo mesmo heim, seu depravado!
    Só num entendi essas metaforas com britney e paris hilton no final....
    Bjs e vai para sampa num dia q eu estiver lá!

    ResponderExcluir
  3. gostei mais da tirada do último....rsrsrss

    ResponderExcluir
  4. "Mas eu chego já já em Paris Hilton"
    AEIUHEAIUOHAEIUOAEHIAEU
    ADOREI
    ADOREI MTO ESSE POST
    aliás, foxx, vc tá podendo, hein!?
    ;}
    uheuioeahieuaoheaoiu
    meo deos!
    gostei mto
    me lembra épocas passadas....
    ai, ai, tempo que não volta mais...
    :D

    bjo, querido!

    ResponderExcluir
  5. Gente...
    amigo...
    quer dizer que anda indo para sampa e nem pensa em passar pelo Rio? Ok
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Hei, aki eh o namorado do bily..
    Tô te mandando esse recado para te pedir desculpas pelo encontro desastroso que tivemos...
    Te tratei mal sem motivo nenhum e algumas vezes fikei imitando vc sem me dar conta...
    Saiba q vc eh um cara legal e seu meu namorado gosta de vc, eu tb gosto!!!

    Sucesso!
    bjus

    ResponderExcluir
  7. nossa adorei sua noite em sampa!!
    glamour!! juro que soltava a Paris Hilton, sem nenhuma culpa!!

    ResponderExcluir
  8. Gente, pra você ver eu prefiro ficar com um só a noite toda (e quem sabe outros dias) a ficar com 4 numa noite só! Do jeito que eu sou/estou já iria pedindo pra casar... HUFAHUSDHUUHASD

    Oposto de post, o seu e o meu!
    AHSDFHUASUHDUHASDUH

    ResponderExcluir
  9. Quirido! Arrazou! Paris Hilton que nada vc era a própria Marylin Monre.
    P.S.: Adorei a placa de trânsito.
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Essa sua noite em Sampa tá na história já! Vc arrasou!

    Eu já imagino a carinha de "pidão" do último carinha que vc ficou!

    A "Britney" arrasou!!! hehe.

    Abração pra vc e bom finde!!!

    OBS: Adorei a Placa de trânsito: "KM55". rs

    ResponderExcluir
  11. Ah, vá... nem estava tão hermético assim... mas se quiser eu traduzo o meu post: ontem jantei com ele e amanhã tenho que levar o carro pra manutenção. Viu? Foi fácil! :-)

    Beijo e bom fim-de-semana!

    ResponderExcluir
  12. ahahuhua
    cade a resenha desse livro?
    pq nao dividiu em capitulos?

    bjos
    17 dias e contando...

    ResponderExcluir
  13. Amigo! Gostei viu... é isso ai, você é melhor do que só isso ok
    Beijos!
    Agora sou eu quem digo: UAU!

    ResponderExcluir
  14. Sempre vejo seus comments super pertinentes no Blog do paulo e sempre tive vontade de vir até qui. Pois hj vim e me deparo com um texto picante e gostoso de ler.

    Vc é um delicioso contador de histórias. Pq sou destas que elogia mesmo.

    Um beijo.

    Passa no "Sou para-raio de doido" qdo der.

    ResponderExcluir
  15. Fala, meu querido!! É, essa baladinha foi demais!!! Próxima vez que passar por Sampa, dê um toque, caimos na noite novamente!!! ;-)

    Ah, e passa no blog da Bridget, é muito bom tb, altas risadas por lá!!


    beijão pra vc!!!

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Arrasou e abalou Bubu... simplesmente adorei....

    nada melhor que colher os resultados...hauhauhauh

    Abs:-)

    www.binhosampa.net

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Nossa! Adorei a leitura antes de dormir! UI!

    Vc se deu muito melhor que eu na Bubu, não sei, mas creio que aquela noite não era pra mim. E sabe o que creio!? Que estávamos lá na mesma noite!!!!! Só pode ser!
    Se foi no dia 19/07, foi! rs

    beijo!

    ResponderExcluir
  20. Fiquei sabendo da regulamentação da profissão de prostituta, depois do texto postado. Quanto a separação do sujeito e verbo com vígula: Acho que você se enganou. Mesmo assim obrigado.
    Abs

    ResponderExcluir
  21. Correção: Tinham algumas vírgulas no lugar errado. Algumas e não a maioria. kkk
    Escrever enquanto trabalho dá nisso. Acabei não revisando.
    Obrigado e bom fim de semana.
    Abs

    ResponderExcluir
  22. tow precisando ir a sao paulo...

    xx

    ResponderExcluir
  23. tow precisando ir a sao paulo...

    xx

    ResponderExcluir
  24. adorei....
    noitadas em sampa,, ainda vou ter uma...

    ResponderExcluir
  25. meu deuz, colocando a noite paulista abaixo!!!
    rs
    tem que se divertir mesmo! 55!

    ResponderExcluir
  26. "Beijei sim. Apenas por caridade"...

    " algumas pessoas me rondam, me secam, me comem com os olhos, mas as ignoro"...

    então tá né?
    kkk humildade disse adeus, obrigada...

    kkk
    adorooo

    arrasando hein?
    só não perdou pq vc não avisou q vinha!

    ResponderExcluir
  27. Foxxx.... Eu bem assisti há algumas cenas....hahahaha.....
    Nos divertimos muito! Qdo vier me avisa ok???
    Bjão!

    ResponderExcluir
  28. Resposta a sua pergunta, referente ao meu post: Tá na hora de trocá-lo ou instalar um exaustor. risos

    Abs, Foxx

    ResponderExcluir

" Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente."

Ernest Hemmingway